Formação

A vida de São Nicolau

Conheça a história do grande santo da Igreja Católica que deu origem à famosa figura do Papai Noel: São Nicolau.

A vida de São Nicolau
Formação

A vida de São Nicolau

Conheça a história do grande santo da Igreja Católica que deu origem à famosa figura do Papai Noel: São Nicolau.

Data da Publicação: 07/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 07/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

Uma barba longa e branca e uma alma generosa são as características que unem o bispo de Mira, São Nicolau, e o famoso Papai Noel, figura tão propagada no mundo todo durante o período natalino.

Neste artigo, você terá a oportunidade de conhecer mais sobre a vida de São Nicolau, o santo que está por trás da figura do Papai Noel, um homem cheio de determinação em seu apostolado, que buscou honrar Jesus Cristo através de uma vida de caridade e da defesa constante da fé católica.

Quem foi São Nicolau?

São Nicolau foi um bispo muito generoso e famoso por seus milagres, que viveu entre os anos de 275 e 343 na região da Turquia meridional. Foi um homem que, diferente de como é visto hoje, um velhinho gorducho que distribui presentes na época de Natal, morreu para si doando a sua vida pelos necessitados e, mais do que isso, defendeu a fé cristã rigorosamente dos ataques que recebia. Por isso, foi e ainda é muito venerado, tanto pelos católicos quanto pelos ortodoxos que se referem a ele como “São Nicolau, o Taumaturgo”, ou seja, aquele que opera milagres.

Um resumo da vida de São Nicolau

Nascimento e infância

Nicolau nasceu no ano de 275 em Patara, uma pequena cidade marítima da Lícia, localizada na Turquia. Os pais de São Nicolau eram ricos e possuíam muitos bens. Por isso, ao ficar órfão, ainda na infância, o santo se recordou da parábola do jovem rico e passou a compartilhar toda a herança que recebeu dos pais com aqueles que necessitavam de ajuda.

Episcopado

A fama da caridade de São Nicolau já tinha percorrido toda a região onde ele morava, ele era conhecido por ajudar as pessoas que precisavam, por amenizar a dor e o sofrimento alheio. São Nicolau foi nomeado Bispo da diocese de Mira e tal fato fez com que ele pudesse intensificar a sua caridade e seu apostolado na defesa da fé cristã e conversão dos pagãos.

Amor aos pobres

São Nicolau era conhecido por sempre tentar solucionar os problemas e as dores dos mais fracos e necessitados, tanto que existem vários episódios em que ele providencia alimento, dinheiro e bens para aqueles que buscavam o seu auxílio. O mais incrível é que Nicolau sempre tentava ser discreto na hora de oferecer ajuda, pois não queria honras para si, seu único desejo era imitar Jesus e ser um servo fiel.

Morte

No ano de 343, na cidade de Mira, São Nicolau foi ao encontro d’Aquele a quem serviu com fidelidade nesta terra, Jesus Cristo. Em pouco tempo a sua fama de santidade se espalhou e muitos devotos passaram a visitar o seu túmulo e as relíquias. Tais relíquias foram transportadas, no ano de 1087, para Bari, no sul da Itália, que se tornou um local de peregrinação já que muitos ansiavam tocar e levar um pouco do óleo perfumado que emanava dos restos mortais de São Nicolau. Esse óleo ficou conhecido como “maná de São Nicolau”.

imagem interna da Basílica de São Nicolau, em Bari, na Itália.
Basílica de São Nicolau, em Bari, na Itália, onde estão os restos mortais do santo. Crédito da imagem: Vatican News.

Milagres que acompanharam a vida de São Nicolau

Antes de se tornar o Bispo de Mira, São Nicolau já tinha fama de ser generoso e distribuir bens aos necessitados. Um dos casos mais famosos foi o que cremos ter dado origem à figura do Papai Noel que visita os lares na madrugada para oferecer presentes. 

O vizinho de São Nicolau tinha três filhas jovens na idade de se casar, no entanto, ele era muito pobre e não tinha dinheiro para oferecer um dote, como era o costume da época. A família da noiva sempre providenciava um dote, uma quantia para ajudar nas despesas do casamento e da construção da nova família que o casal iria começar.

Eles não tinham nem o que comer e, por isso, o pai estava prestes a fazer das filhas prostitutas. Para evitar esse terrível mal, São Nicolau intervém deixando, durante a noite, um saco contendo ouro suficiente para que eles se alimentassem e o pai conseguisse casar uma das filhas. São Nicolau volta à casa do homem mais duas vezes, oferecendo mais dois sacos contendo um valor suficiente para o dote das outras duas filhas.

Um episódio famoso da vida São Nicolau: o embate com Ário

Um clássico episódio da vida de São Nicolau é quando, durante o primeiro Concílio da Igreja, o Concílio de Nicéia, no ano 325, ele dá um tapa no rosto de Ário, um homem que estava praticando e fomentando uma heresia que não considerava a divindade de Jesus Cristo.

Quando os bispos que estavam presentes no Concílio ouviram as palavras e os escritos de Ário, “os erros mostraram-se tão patentes que uma onda de indignação sacudiu todos aqueles homens fervorosos” 1. São Nicolau, diante dos ataques de Ário a Jesus e à Virgem Maria, irou-se rapidamente e esbofeteou-lhe a boca na presença de todos.

São Nicolau acabou sendo punido pelos Bispos que consideraram sua reação exagerada. Ele ficou preso e teve seu pálio e a cópia dos Evangelhos confiscados. No entanto, poucos dias depois, o próprio Senhor Jesus e a Virgem Maria visitaram São Nicolau e devolveram-lhe seu pálio e os Evangelhos. Como diz São Tomás de Aquino, é preciso “suportar com magnanimidade as ofensas dirigidas a nós, mas não tolerar sequer ouvir as injúrias feitas a Deus”.

imagem do embate entre são nicolau e ario

Não deixe de rezar a Novena de Natal 2023

São Nicolau e o Papai Noel

O Papai Noel que é visto como um simples velhinho que distribui presentes no Natal foi inspirado num santo simplesmente incrível da Igreja Católica, cuja generosidade não dependia de si mesmo, mas nascia de uma relação profunda e íntima com o próprio Deus.

Certamente São Nicolau não aprovaria a visão materialista que atribuímos ao Papai Noel, e muito menos aprovaria que as pessoas fizessem filas para tirar fotografias com o Papai Noel, mas não fossem para a fila da confissão e da comunhão. Que possamos olhar para São Nicolau e ter a sua vida como modelo de quem viveu e morreu na defesa da fé em Jesus Cristo.

imagem do Papai Noel e do santo católico no qual foi inspirado, São Nicolau.

Padroeiro dos marinheiros

A vida de São Nicolau é também inspiração para os marinheiros, já que, certa vez, durante a viagem que ele fez para a Terra Santa, ele acalmou a tempestade através da sua oração. O milagre ficou conhecido e foi difundido entre os marinheiros que passaram a pedir sua intercessão.

Referências

  1. Daniel-Rops[]

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação MBC

    Garanta seu box

    Uma barba longa e branca e uma alma generosa são as características que unem o bispo de Mira, São Nicolau, e o famoso Papai Noel, figura tão propagada no mundo todo durante o período natalino.

    Neste artigo, você terá a oportunidade de conhecer mais sobre a vida de São Nicolau, o santo que está por trás da figura do Papai Noel, um homem cheio de determinação em seu apostolado, que buscou honrar Jesus Cristo através de uma vida de caridade e da defesa constante da fé católica.

    Quem foi São Nicolau?

    São Nicolau foi um bispo muito generoso e famoso por seus milagres, que viveu entre os anos de 275 e 343 na região da Turquia meridional. Foi um homem que, diferente de como é visto hoje, um velhinho gorducho que distribui presentes na época de Natal, morreu para si doando a sua vida pelos necessitados e, mais do que isso, defendeu a fé cristã rigorosamente dos ataques que recebia. Por isso, foi e ainda é muito venerado, tanto pelos católicos quanto pelos ortodoxos que se referem a ele como “São Nicolau, o Taumaturgo”, ou seja, aquele que opera milagres.

    Um resumo da vida de São Nicolau

    Nascimento e infância

    Nicolau nasceu no ano de 275 em Patara, uma pequena cidade marítima da Lícia, localizada na Turquia. Os pais de São Nicolau eram ricos e possuíam muitos bens. Por isso, ao ficar órfão, ainda na infância, o santo se recordou da parábola do jovem rico e passou a compartilhar toda a herança que recebeu dos pais com aqueles que necessitavam de ajuda.

    Episcopado

    A fama da caridade de São Nicolau já tinha percorrido toda a região onde ele morava, ele era conhecido por ajudar as pessoas que precisavam, por amenizar a dor e o sofrimento alheio. São Nicolau foi nomeado Bispo da diocese de Mira e tal fato fez com que ele pudesse intensificar a sua caridade e seu apostolado na defesa da fé cristã e conversão dos pagãos.

    Amor aos pobres

    São Nicolau era conhecido por sempre tentar solucionar os problemas e as dores dos mais fracos e necessitados, tanto que existem vários episódios em que ele providencia alimento, dinheiro e bens para aqueles que buscavam o seu auxílio. O mais incrível é que Nicolau sempre tentava ser discreto na hora de oferecer ajuda, pois não queria honras para si, seu único desejo era imitar Jesus e ser um servo fiel.

    Morte

    No ano de 343, na cidade de Mira, São Nicolau foi ao encontro d’Aquele a quem serviu com fidelidade nesta terra, Jesus Cristo. Em pouco tempo a sua fama de santidade se espalhou e muitos devotos passaram a visitar o seu túmulo e as relíquias. Tais relíquias foram transportadas, no ano de 1087, para Bari, no sul da Itália, que se tornou um local de peregrinação já que muitos ansiavam tocar e levar um pouco do óleo perfumado que emanava dos restos mortais de São Nicolau. Esse óleo ficou conhecido como “maná de São Nicolau”.

    imagem interna da Basílica de São Nicolau, em Bari, na Itália.
    Basílica de São Nicolau, em Bari, na Itália, onde estão os restos mortais do santo. Crédito da imagem: Vatican News.

    Milagres que acompanharam a vida de São Nicolau

    Antes de se tornar o Bispo de Mira, São Nicolau já tinha fama de ser generoso e distribuir bens aos necessitados. Um dos casos mais famosos foi o que cremos ter dado origem à figura do Papai Noel que visita os lares na madrugada para oferecer presentes. 

    O vizinho de São Nicolau tinha três filhas jovens na idade de se casar, no entanto, ele era muito pobre e não tinha dinheiro para oferecer um dote, como era o costume da época. A família da noiva sempre providenciava um dote, uma quantia para ajudar nas despesas do casamento e da construção da nova família que o casal iria começar.

    Eles não tinham nem o que comer e, por isso, o pai estava prestes a fazer das filhas prostitutas. Para evitar esse terrível mal, São Nicolau intervém deixando, durante a noite, um saco contendo ouro suficiente para que eles se alimentassem e o pai conseguisse casar uma das filhas. São Nicolau volta à casa do homem mais duas vezes, oferecendo mais dois sacos contendo um valor suficiente para o dote das outras duas filhas.

    Um episódio famoso da vida São Nicolau: o embate com Ário

    Um clássico episódio da vida de São Nicolau é quando, durante o primeiro Concílio da Igreja, o Concílio de Nicéia, no ano 325, ele dá um tapa no rosto de Ário, um homem que estava praticando e fomentando uma heresia que não considerava a divindade de Jesus Cristo.

    Quando os bispos que estavam presentes no Concílio ouviram as palavras e os escritos de Ário, “os erros mostraram-se tão patentes que uma onda de indignação sacudiu todos aqueles homens fervorosos” 1. São Nicolau, diante dos ataques de Ário a Jesus e à Virgem Maria, irou-se rapidamente e esbofeteou-lhe a boca na presença de todos.

    São Nicolau acabou sendo punido pelos Bispos que consideraram sua reação exagerada. Ele ficou preso e teve seu pálio e a cópia dos Evangelhos confiscados. No entanto, poucos dias depois, o próprio Senhor Jesus e a Virgem Maria visitaram São Nicolau e devolveram-lhe seu pálio e os Evangelhos. Como diz São Tomás de Aquino, é preciso “suportar com magnanimidade as ofensas dirigidas a nós, mas não tolerar sequer ouvir as injúrias feitas a Deus”.

    imagem do embate entre são nicolau e ario

    Não deixe de rezar a Novena de Natal 2023

    São Nicolau e o Papai Noel

    O Papai Noel que é visto como um simples velhinho que distribui presentes no Natal foi inspirado num santo simplesmente incrível da Igreja Católica, cuja generosidade não dependia de si mesmo, mas nascia de uma relação profunda e íntima com o próprio Deus.

    Certamente São Nicolau não aprovaria a visão materialista que atribuímos ao Papai Noel, e muito menos aprovaria que as pessoas fizessem filas para tirar fotografias com o Papai Noel, mas não fossem para a fila da confissão e da comunhão. Que possamos olhar para São Nicolau e ter a sua vida como modelo de quem viveu e morreu na defesa da fé em Jesus Cristo.

    imagem do Papai Noel e do santo católico no qual foi inspirado, São Nicolau.

    Padroeiro dos marinheiros

    A vida de São Nicolau é também inspiração para os marinheiros, já que, certa vez, durante a viagem que ele fez para a Terra Santa, ele acalmou a tempestade através da sua oração. O milagre ficou conhecido e foi difundido entre os marinheiros que passaram a pedir sua intercessão.

    Referências

    1. Daniel-Rops[]

    Redação MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.