Liturgia diária

Liturgia Diária | 20/05/24

Acompanhe a liturgia do dia 20 de maio de 2024, com texto e comentários patrísticos da Bíblia da Minha Biblioteca Católica.

Liturgia Diária | 20/05/24
Liturgia diária

Liturgia Diária | 20/05/24

Acompanhe a liturgia do dia 20 de maio de 2024, com texto e comentários patrísticos da Bíblia da Minha Biblioteca Católica.

Data da Publicação: 19/05/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica
Data da Publicação: 19/05/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica

Segunda-feira, memória da Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe da Igreja.

Oração da manhã

“Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo aquilo que fizermos. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.” 1

Primeira leitura

Leitura do Livro do Gênesis 
3,9-15.20

9 E o Senhor Deus chamou por Adão e lhe disse: “Onde estás?”. 

10 E ele respondeu: “Ouvi a tua voz no paraíso e tive medo, porque estava nu, e escondi-me”. 

11 Disse-lhe Deus: “Mas quem te fez conhecer que estavas nu, senão o ter comido da árvore de que eu te tinha ordenado que não comesses?”. 

12 Adão disse: “A mulher que me deste por companheira deu-me [do fruto] da árvore, e comi”. 

13 E o Senhor Deus disse para a mulher: “Por que fizeste tu isto?”. Ela respondeu: “A serpente enganou-me, e comi”.

14 E o Senhor Deus disse à serpente: “Pois que fizeste isto, és maldita entre todos os animais e bestas da terra: rastejarás sobre o teu peito e comerás terra todos os dias da tua vida. 

15 Porei inimizades entre ti e a mulher e entre a tua descendência e a descendência dela. Ela te pisará a cabeça, e tu armarás traições ao seu calcanhar”.

20 E Adão pôs à sua mulher o nome de Eva, porque ela era a mãe de todos os viventes.

Salmo

86,1-2.3 e 5.6-7 (R. 3)

R: Diz-se coisas gloriosas da cidade de Deus!

1 Os seus fundamentos estão sobre os montes santos.
2 O Senhor ama as portas de Sião mais que todos os tabernáculos de Jacó. R.

3 Coisas gloriosas se têm dito de ti, ó cidade de Deus!
5 Porventura não se dirá a Sião: “Um grande número de homens nasceu nela, e o próprio Altíssimo a fundou?”. R.

6 [Só] o Senhor poderá contar, no registro dos povos e dos príncipes, o número daqueles que nela estiveram.
7 Estão todos cheios de alegria [ó Sião] os que dentro de ti habitam. R.

Evangelho

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 
19,25-34

25 Entretanto estavam de pé junto à cruz de Jesus sua Mãe, e a irmã de sua Mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena.

26 Jesus, ao ver sua Mãe e o discípulo que ele amava, o qual estava presente, disse à sua Mãe: “Mulher, eis aí o teu filho”. 

27 Depois disse ao discípulo: “Eis aí a tua Mãe”. E, daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.

28 Depois, sabendo Jesus que tudo estava consumado, para se cumprir a Escritura,e disse: “Tenho sede”. 

29 Tinha sido ali posto um vaso cheio de vinagre, e [os soldados], ensopando no vinagre uma esponja e atando-a a um hissopo, chegaram-lhe à boca. 

30 Então Jesus, depois de tomar o vinagre, disse: “Tudo está consumado”. E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito.

31 Ora, os judeus, visto que era a Parasceve, não admitindo que ficassem os corpos na cruz no sábado, porque aquele dia de sábado era de grande solenidade, rogaram a Pilatos que lhes quebrassem as pernas, e fossem tirados.

32 Foram os soldados e quebraram as pernas ao primeiro e ao outro com quem ele fora crucificado. 

33 Mas, quando chegaram a Jesus, ao verem que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; 

34 no entanto, um dos soldados abriu-lhe um lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água.

Comentário patrístico

19,25–27. Ambrósio: Maria, Mãe do Senhor, estava diante da cruz do filho. Quem me ensinou isto foi São João, o Evangelista, e mais ninguém. Os outros escreveram como o mundo foi sacudido na paixão do Senhor, como o céu se cobriu de trevas, como o sol recuou entre as sombras, como o ladrão, não sem antes confessar-se piamente, foi recebido no Paraíso. João ensina o que os outros não ensinam: com que palavras o Senhor, colocado na cruz, se dirigiu à Mãe. Teve em mais alta conta a piedade filial que Jesus, triunfante dos suplícios, exibiu à Mãe, do que a dádiva do reino e da vida eterna que fez ao ladrão. Pois se foi piedoso dar a vida ao ladrão, muito mais rico em piedade foi o Filho honrar a Mãe com tamanho afeto: “Eis aí”, diz ele, “o teu filho”; “eis aí a tua Mãe”. Do alto da cruz Cristo deixava em testamento e repartia entre a Mãe e o discípulo a sua piedade.

Santo do dia

São Bernardino de Siena
20 de maio

Em certo dia do ano de 1408, São Vicente Ferrer repentinamente interrompeu seu sermão para declarar que havia, entre seus espectadores, um jovem franciscano que no futuro seria um pregador maior e mais comemorado pela Igreja do que ele. Este desconhecido frade era Bernardino. Devido a um problema na fala, seu sucesso como pregador no início parecia duvidoso, mas, ao recorrer a Nossa Senhora, tal obstáculo foi miraculosamente removido, e Bernardino iniciou um apostolado que duraria 38 anos. Faleceu na véspera do dia da Ascensão, em 1444, enquanto seus irmãos cantavam a antífona “Pai, manifestei Teu nome aos homens”. 2

Outros santos do dia: Beata Columba de Rieti, Santo Austregésilo, São Baudélio e Santo Astério e seus companheiros.


Referências

  1. Devocionário a São José, página 33.[]
  2. Butler, Alban. Vida dos Santos, 2021, p. 223-224.[]

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação Minha Biblioteca Católica

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    Garanta seu box

    Segunda-feira, memória da Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe da Igreja.

    Oração da manhã

    “Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo aquilo que fizermos. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.” 1

    Primeira leitura

    Leitura do Livro do Gênesis 
    3,9-15.20

    9 E o Senhor Deus chamou por Adão e lhe disse: “Onde estás?”. 

    10 E ele respondeu: “Ouvi a tua voz no paraíso e tive medo, porque estava nu, e escondi-me”. 

    11 Disse-lhe Deus: “Mas quem te fez conhecer que estavas nu, senão o ter comido da árvore de que eu te tinha ordenado que não comesses?”. 

    12 Adão disse: “A mulher que me deste por companheira deu-me [do fruto] da árvore, e comi”. 

    13 E o Senhor Deus disse para a mulher: “Por que fizeste tu isto?”. Ela respondeu: “A serpente enganou-me, e comi”.

    14 E o Senhor Deus disse à serpente: “Pois que fizeste isto, és maldita entre todos os animais e bestas da terra: rastejarás sobre o teu peito e comerás terra todos os dias da tua vida. 

    15 Porei inimizades entre ti e a mulher e entre a tua descendência e a descendência dela. Ela te pisará a cabeça, e tu armarás traições ao seu calcanhar”.

    20 E Adão pôs à sua mulher o nome de Eva, porque ela era a mãe de todos os viventes.

    Salmo

    86,1-2.3 e 5.6-7 (R. 3)

    R: Diz-se coisas gloriosas da cidade de Deus!

    1 Os seus fundamentos estão sobre os montes santos.
    2 O Senhor ama as portas de Sião mais que todos os tabernáculos de Jacó. R.

    3 Coisas gloriosas se têm dito de ti, ó cidade de Deus!
    5 Porventura não se dirá a Sião: “Um grande número de homens nasceu nela, e o próprio Altíssimo a fundou?”. R.

    6 [Só] o Senhor poderá contar, no registro dos povos e dos príncipes, o número daqueles que nela estiveram.
    7 Estão todos cheios de alegria [ó Sião] os que dentro de ti habitam. R.

    Evangelho

    Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 
    19,25-34

    25 Entretanto estavam de pé junto à cruz de Jesus sua Mãe, e a irmã de sua Mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena.

    26 Jesus, ao ver sua Mãe e o discípulo que ele amava, o qual estava presente, disse à sua Mãe: “Mulher, eis aí o teu filho”. 

    27 Depois disse ao discípulo: “Eis aí a tua Mãe”. E, daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.

    28 Depois, sabendo Jesus que tudo estava consumado, para se cumprir a Escritura,e disse: “Tenho sede”. 

    29 Tinha sido ali posto um vaso cheio de vinagre, e [os soldados], ensopando no vinagre uma esponja e atando-a a um hissopo, chegaram-lhe à boca. 

    30 Então Jesus, depois de tomar o vinagre, disse: “Tudo está consumado”. E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito.

    31 Ora, os judeus, visto que era a Parasceve, não admitindo que ficassem os corpos na cruz no sábado, porque aquele dia de sábado era de grande solenidade, rogaram a Pilatos que lhes quebrassem as pernas, e fossem tirados.

    32 Foram os soldados e quebraram as pernas ao primeiro e ao outro com quem ele fora crucificado. 

    33 Mas, quando chegaram a Jesus, ao verem que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; 

    34 no entanto, um dos soldados abriu-lhe um lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água.

    Comentário patrístico

    19,25–27. Ambrósio: Maria, Mãe do Senhor, estava diante da cruz do filho. Quem me ensinou isto foi São João, o Evangelista, e mais ninguém. Os outros escreveram como o mundo foi sacudido na paixão do Senhor, como o céu se cobriu de trevas, como o sol recuou entre as sombras, como o ladrão, não sem antes confessar-se piamente, foi recebido no Paraíso. João ensina o que os outros não ensinam: com que palavras o Senhor, colocado na cruz, se dirigiu à Mãe. Teve em mais alta conta a piedade filial que Jesus, triunfante dos suplícios, exibiu à Mãe, do que a dádiva do reino e da vida eterna que fez ao ladrão. Pois se foi piedoso dar a vida ao ladrão, muito mais rico em piedade foi o Filho honrar a Mãe com tamanho afeto: “Eis aí”, diz ele, “o teu filho”; “eis aí a tua Mãe”. Do alto da cruz Cristo deixava em testamento e repartia entre a Mãe e o discípulo a sua piedade.

    Santo do dia

    São Bernardino de Siena
    20 de maio

    Em certo dia do ano de 1408, São Vicente Ferrer repentinamente interrompeu seu sermão para declarar que havia, entre seus espectadores, um jovem franciscano que no futuro seria um pregador maior e mais comemorado pela Igreja do que ele. Este desconhecido frade era Bernardino. Devido a um problema na fala, seu sucesso como pregador no início parecia duvidoso, mas, ao recorrer a Nossa Senhora, tal obstáculo foi miraculosamente removido, e Bernardino iniciou um apostolado que duraria 38 anos. Faleceu na véspera do dia da Ascensão, em 1444, enquanto seus irmãos cantavam a antífona “Pai, manifestei Teu nome aos homens”. 2

    Outros santos do dia: Beata Columba de Rieti, Santo Austregésilo, São Baudélio e Santo Astério e seus companheiros.


    Referências

    1. Devocionário a São José, página 33.[]
    2. Butler, Alban. Vida dos Santos, 2021, p. 223-224.[]

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.