Devoção, Novenas

Santa Catarina de Alexandria: oração e novena

Conheça a história inspiradora de Santa Catarina de Alexandria, virgem e mártir, pela oração de sua novena.

Santa Catarina de Alexandria: oração e novena
Devoção, Novenas

Santa Catarina de Alexandria: oração e novena

Conheça a história inspiradora de Santa Catarina de Alexandria, virgem e mártir, pela oração de sua novena.

Data da Publicação: 27/10/2022
Tempo de leitura:
Autor: MBC
Data da Publicação: 27/10/2022
Tempo de leitura:
Autor: MBC

Conheça a história inspiradora de Santa Catarina de Alexandria. Virgem e Mártir da Igreja, ela é um grande exemplo, sobretudo de humildade, coragem e vida de oração.

Quem foi Santa Catarina de Alexandria?


Desde tempos imemoriais que Santa Catarina era venerada no mosteiro do Monte Sinai, quando, no século XV, os monges descobriram o seu corpo. A lenda dizia que ela era uma jovem cristã de Alexandria que recusou as propostas do Imperador Maximiano Daia e confundiu um grupo de sábios reunidos para a levar a renegar a fé. Seu corpo teria sido transportado para Monte Sinai pelos anjos.

Ela é padroeira do Estado de Santa Catarina, da apologética, dos teólogos, dos arquivistas, dos bibliotecários e das bibliotecas, dos educadores, dos estudantes, dos acadêmicos, dos filósofos, dos escribas.

Data de início e fim da novena: 16 a 24 de novembro.

Conheça também os Mártires do Sagrado Coração

Oração preparatória


Reza-se no início de todos os dias da novena, antes da meditação.

Altíssimo e soberano Senhor, sempre admirável em Vossos santos, e que podeis fazer das pedras filhos de Abraão, e de instrumentos fracos e de nenhuma consideração perante os homens, Vos servis para efeitos estupendos continuando até agora a Vossa obra, que já assim começastes com os Vossos Apóstolos, homens de nenhuma consideração perante o mundo. Em S. Catarina, Vossa esposa, virgem e mártir, Vos dignastes, Senhor, manifestar a Vossa onipotência dotando-a, não só do dom da castidade e constância necessária para o martírio, mas também de uma extraordinária sabedoria e inteligência incomuns às pessoas do seu sexo. Nesta novena Vos pedimos a graça de nos dar um ardor à santíssima religião que professamos, a fim de que, se não temos o ânimo e constância de morrer mártires como ela, tenhamos ao menos um ardente zelo para viver na observância dos Vossos preceitos, e dos mandamentos da Santa Madre Igreja. Mostre, ao menos, o nosso procedimento a verdade da religião santa que professamos, já que não a mostramos com invencíveis argumentos teológicos, e filosóficos, como a gloriosa S. Catarina perante os tiranos. Mas não sirvam de obstáculo os nossos pecados à Vossa graça, para o que Vos pedimos humildemente perdão de todos eles pelos merecimentos e intercessão de tão gloriosa santa.


Seguem-se três Pai-Nossos, Ave-Marias e Glórias ao Pai.

V. Santa Catarina, mestra dos doutores.

R. Rogai por todos os pecadores.


Oferecimento


Reza-se ao final de todos os dias da novena, após a meditação.

V. Rogai por nós, Bem-aventurada Catarina.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos: Ó Deus, que destes a Lei a Moisés no alto do monte Sinai, e que milagrosamente colocastes nesse mesmo lugar, por intermédio dos anjos, o corpo da Bem-aventurada Catarina, fazei que, pelos seus merecimentos e intercessão, possamos subir também àquele monte que é Jesus Cristo. Que convosco vive e reina por todos os séculos dos séculos. Amém.

1º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos que sendo Catarina nascida de nobres pais em Alexandria, foi educada nas artes liberais que ilustram o entendimento e na santa doutrina cristã, aprendendo a fundamento fundo as provas da religião. Que diferente educação tem entre nós muitas senhoras nobres, que só leem os folhetins e novelas? O resultado de tais leituras é funesto, como a experiência o mostra, infelizmente. Em S. Catarina, tão felizes princípios, como preciosa semente, produziram frutos de benção, que vem a ser: a virgindade ilibada, a confusão da idolatria, um glorioso martírio e a eterna felicidade, deixando edificante exemplo à mocidade cristã.

2º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como S. Catarina, progredindo em seus conhecimentos e principalmente na sagrada teologia, quando chegou aos 18 anos de sua idade tinha já adquirido tal ciência, que facilmente arguia e vencia os sábios daquele tempo. Louvores sejam dados ao Senhor das ciências, que assim soube formar e ilustrar o entendimento de uma donzela, quando as outras gastam seu tempo nas galas e divertimentos profanos, com escândalo do mundo, e prejuízo próprio. A ciência da salvação deve ser a primeira ciência para tudo, como aquela cujas consequências são eternas, e sem a qual todas as outras, cujos efeitos ficam neste mundo, são vaidades e ninharias.

3º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como observando S. Catarina que o tirano Maximino, depois de ter atormentado com diversos gêneros de martírios a muitos cristãos por professarem a religião de Jesus Cristo, persistia em sua tirania, encheu-se de ânimo e se apresentou ao tirano, lançando-lhe em rosto a injustiça de fazer sofrer a sujeitos tão inocentes os castigos destinado aos ladrões e facinorosos. Que espetáculo! Que ânimo! Uma delicada donzela lançar em rosto ao imperador, cercado de algozes prontos a fazê-la em pedaços ao primeiro sinal de seu senhor, em seu proceder injusto e tirânico. Oh, como são admiráveis os efeitos do Espírito Santo, que pôde dar tanto valor a uma moça de 18 anos.

4º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como o imperador, pasmado do valor e eloquência de Catarina, manda-a pôr em custódia, e que sejam chamados os sábios da gentilidade, para argumentarem e disputarem com a santa, a fim de a fazerem renegar a fé cristã, e a converterem ao culto dos falsos deuses. Concorrem, com efeito, os doutores gentios e começam as disputas. Está uma cordeirinha entre lobos. Mas quem é como Deus? Quem poderá pôr abaixo a doutrina daquele Senhor que disse: “Não prepareis as respostas que tendes de dar, porque naquela ocasião se vos inspirará o que haveis do responder.”. Assim aconteceu pontualmente, pois tais coisas disse a nossa santa, que convenceu aqueles sábios da verdade da religião de Santa Catarina.

5º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como o resultado das disputas de S. Catarina não só foi o vencimento e palma que a santa conseguiu dos doutores gentios, mas tais razões lhe alegou a santa, que de doutores idólatras se tornaram cristãos fervorosos, confessores da fé, de modo que muitos deles morreram mártires, dando a vida por Jesus Cristo Nosso Senhor. Eis aqui os efeitos da sabedoria de S. Catarina. Reconheçamos que a ignorância dos princípios da religião é o motivo por que muitos meio sábios, ou que se persuadem que sabem outras matérias, dão regras sobre o que ignoram, e caem em palpáveis erros sobre matérias de religião, perdendo-se a si, e aos que os seguem, verificando-se que um cego conduz outro cego.

6º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como o tirano, ao ver que Catarina vencia os sábios, e que deste modo perdia tempo, usou dos meios de brandura e de lisonjeiras promessas. Mas combatia sem fruto contra um rochedo: virou-se, pois, para os rigores que o Demônio lhe sugeria e mandou que a santa fosse açoitada cruelmente. Eis uma santa donzela no meio dos algozes, sofrendo como Jesus Cristo no palco de Pilatos. São inauditas os ardis e indústrias que o Demônio inventou contra os cristãos. Confessavam os sábios a verdade da Religião pelos argumentos e provas invencíveis da nossa santa, e o tirano lhe paga com uma chuva de açoites sobre o virginal e delicado corpo. Seja Deus bendito para sempre. Enchamo-nos de vergonha, pois nada queremos sofrer por Deus.

7º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como, depois da rigorosa flagelação da nossa santa, mandou o tirano encerrá-la no cárcere, e que lhe fosse negada toda comida e bebida: e assim esteve reclusa por onze dias; mas teve a consolação de converter a mulher do imperador, que a foi visitar, e a Porfírio, um dos oficiais generais do império, que tão firmes ficaram, que vieram a morrer mártires por ela. De modo que se serviu Deus de uma fraca donzela para converter os sábios do mundo, e os grandes, e até da família do mesmo imperador. Bendito seja o Deus de Israel que, assim por meios desproporcionados, aumentou o seu rebanho e povoou o Céu.

8º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como o tirano, não conseguindo o seu intento sobre S. Catarina, mandou armar uma roda de amiudadas navalhas, para dilacerar o santo corpo de Catarina. Começa a trabalhar a máquina, mas apenas a santa fez oração a Deus, tudo se desconjuntou e desfez: e Deus, por Sua misericórdia, se serviu deste desmancho para converter a muitos dos espectadores que ali estavam presentes a este horroroso espetáculo. Assim se servia Nosso Senhor para aumentar o número dos Seus filhos, dos mesmos meios que o Demônio inspirava aos perseguidores para os destruir. À vista do que devemos cada vez mais amar e agradecer a Deus o benefício que nos fez, ao nos chamar à verdadeira fé.

9º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

Meditação

Consideremos como apesar de tantas provas de razões e milagres com que Deus mostrava a verdade da santa religião por meio de S. Catarina, estava cada vez mais obstinado o ímpio imperador, e assim mandou degolar a S. Catarina, cuja alma voou ao Céu, com a dobrada coroa de virgem e mártir. Dizem que seu corpo fora levado pelos anjos ao Monte Sinai. Veremos no dia do juízo como aparece o ímpio tirano Maximino e como aparece a virgem e mártir S. Catarina. Amemos a religião, que até agora não foi vencida, nem nunca o poderá ser.

Conheça a vida de outro mártir, São Maximiliano Kolbe, no nosso podcast: SÃO MAXIMILIANO KOLBE | Tertúlia – O podcast da MBC #04

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Conheça a história inspiradora de Santa Catarina de Alexandria. Virgem e Mártir da Igreja, ela é um grande exemplo, sobretudo de humildade, coragem e vida de oração.

    Quem foi Santa Catarina de Alexandria?


    Desde tempos imemoriais que Santa Catarina era venerada no mosteiro do Monte Sinai, quando, no século XV, os monges descobriram o seu corpo. A lenda dizia que ela era uma jovem cristã de Alexandria que recusou as propostas do Imperador Maximiano Daia e confundiu um grupo de sábios reunidos para a levar a renegar a fé. Seu corpo teria sido transportado para Monte Sinai pelos anjos.

    Ela é padroeira do Estado de Santa Catarina, da apologética, dos teólogos, dos arquivistas, dos bibliotecários e das bibliotecas, dos educadores, dos estudantes, dos acadêmicos, dos filósofos, dos escribas.

    Data de início e fim da novena: 16 a 24 de novembro.

    Conheça também os Mártires do Sagrado Coração

    Oração preparatória


    Reza-se no início de todos os dias da novena, antes da meditação.

    Altíssimo e soberano Senhor, sempre admirável em Vossos santos, e que podeis fazer das pedras filhos de Abraão, e de instrumentos fracos e de nenhuma consideração perante os homens, Vos servis para efeitos estupendos continuando até agora a Vossa obra, que já assim começastes com os Vossos Apóstolos, homens de nenhuma consideração perante o mundo. Em S. Catarina, Vossa esposa, virgem e mártir, Vos dignastes, Senhor, manifestar a Vossa onipotência dotando-a, não só do dom da castidade e constância necessária para o martírio, mas também de uma extraordinária sabedoria e inteligência incomuns às pessoas do seu sexo. Nesta novena Vos pedimos a graça de nos dar um ardor à santíssima religião que professamos, a fim de que, se não temos o ânimo e constância de morrer mártires como ela, tenhamos ao menos um ardente zelo para viver na observância dos Vossos preceitos, e dos mandamentos da Santa Madre Igreja. Mostre, ao menos, o nosso procedimento a verdade da religião santa que professamos, já que não a mostramos com invencíveis argumentos teológicos, e filosóficos, como a gloriosa S. Catarina perante os tiranos. Mas não sirvam de obstáculo os nossos pecados à Vossa graça, para o que Vos pedimos humildemente perdão de todos eles pelos merecimentos e intercessão de tão gloriosa santa.


    Seguem-se três Pai-Nossos, Ave-Marias e Glórias ao Pai.

    V. Santa Catarina, mestra dos doutores.

    R. Rogai por todos os pecadores.


    Oferecimento


    Reza-se ao final de todos os dias da novena, após a meditação.

    V. Rogai por nós, Bem-aventurada Catarina.

    R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

    Oremos: Ó Deus, que destes a Lei a Moisés no alto do monte Sinai, e que milagrosamente colocastes nesse mesmo lugar, por intermédio dos anjos, o corpo da Bem-aventurada Catarina, fazei que, pelos seus merecimentos e intercessão, possamos subir também àquele monte que é Jesus Cristo. Que convosco vive e reina por todos os séculos dos séculos. Amém.

    1º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos que sendo Catarina nascida de nobres pais em Alexandria, foi educada nas artes liberais que ilustram o entendimento e na santa doutrina cristã, aprendendo a fundamento fundo as provas da religião. Que diferente educação tem entre nós muitas senhoras nobres, que só leem os folhetins e novelas? O resultado de tais leituras é funesto, como a experiência o mostra, infelizmente. Em S. Catarina, tão felizes princípios, como preciosa semente, produziram frutos de benção, que vem a ser: a virgindade ilibada, a confusão da idolatria, um glorioso martírio e a eterna felicidade, deixando edificante exemplo à mocidade cristã.

    2º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como S. Catarina, progredindo em seus conhecimentos e principalmente na sagrada teologia, quando chegou aos 18 anos de sua idade tinha já adquirido tal ciência, que facilmente arguia e vencia os sábios daquele tempo. Louvores sejam dados ao Senhor das ciências, que assim soube formar e ilustrar o entendimento de uma donzela, quando as outras gastam seu tempo nas galas e divertimentos profanos, com escândalo do mundo, e prejuízo próprio. A ciência da salvação deve ser a primeira ciência para tudo, como aquela cujas consequências são eternas, e sem a qual todas as outras, cujos efeitos ficam neste mundo, são vaidades e ninharias.

    3º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como observando S. Catarina que o tirano Maximino, depois de ter atormentado com diversos gêneros de martírios a muitos cristãos por professarem a religião de Jesus Cristo, persistia em sua tirania, encheu-se de ânimo e se apresentou ao tirano, lançando-lhe em rosto a injustiça de fazer sofrer a sujeitos tão inocentes os castigos destinado aos ladrões e facinorosos. Que espetáculo! Que ânimo! Uma delicada donzela lançar em rosto ao imperador, cercado de algozes prontos a fazê-la em pedaços ao primeiro sinal de seu senhor, em seu proceder injusto e tirânico. Oh, como são admiráveis os efeitos do Espírito Santo, que pôde dar tanto valor a uma moça de 18 anos.

    4º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como o imperador, pasmado do valor e eloquência de Catarina, manda-a pôr em custódia, e que sejam chamados os sábios da gentilidade, para argumentarem e disputarem com a santa, a fim de a fazerem renegar a fé cristã, e a converterem ao culto dos falsos deuses. Concorrem, com efeito, os doutores gentios e começam as disputas. Está uma cordeirinha entre lobos. Mas quem é como Deus? Quem poderá pôr abaixo a doutrina daquele Senhor que disse: “Não prepareis as respostas que tendes de dar, porque naquela ocasião se vos inspirará o que haveis do responder.”. Assim aconteceu pontualmente, pois tais coisas disse a nossa santa, que convenceu aqueles sábios da verdade da religião de Santa Catarina.

    5º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como o resultado das disputas de S. Catarina não só foi o vencimento e palma que a santa conseguiu dos doutores gentios, mas tais razões lhe alegou a santa, que de doutores idólatras se tornaram cristãos fervorosos, confessores da fé, de modo que muitos deles morreram mártires, dando a vida por Jesus Cristo Nosso Senhor. Eis aqui os efeitos da sabedoria de S. Catarina. Reconheçamos que a ignorância dos princípios da religião é o motivo por que muitos meio sábios, ou que se persuadem que sabem outras matérias, dão regras sobre o que ignoram, e caem em palpáveis erros sobre matérias de religião, perdendo-se a si, e aos que os seguem, verificando-se que um cego conduz outro cego.

    6º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como o tirano, ao ver que Catarina vencia os sábios, e que deste modo perdia tempo, usou dos meios de brandura e de lisonjeiras promessas. Mas combatia sem fruto contra um rochedo: virou-se, pois, para os rigores que o Demônio lhe sugeria e mandou que a santa fosse açoitada cruelmente. Eis uma santa donzela no meio dos algozes, sofrendo como Jesus Cristo no palco de Pilatos. São inauditas os ardis e indústrias que o Demônio inventou contra os cristãos. Confessavam os sábios a verdade da Religião pelos argumentos e provas invencíveis da nossa santa, e o tirano lhe paga com uma chuva de açoites sobre o virginal e delicado corpo. Seja Deus bendito para sempre. Enchamo-nos de vergonha, pois nada queremos sofrer por Deus.

    7º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como, depois da rigorosa flagelação da nossa santa, mandou o tirano encerrá-la no cárcere, e que lhe fosse negada toda comida e bebida: e assim esteve reclusa por onze dias; mas teve a consolação de converter a mulher do imperador, que a foi visitar, e a Porfírio, um dos oficiais generais do império, que tão firmes ficaram, que vieram a morrer mártires por ela. De modo que se serviu Deus de uma fraca donzela para converter os sábios do mundo, e os grandes, e até da família do mesmo imperador. Bendito seja o Deus de Israel que, assim por meios desproporcionados, aumentou o seu rebanho e povoou o Céu.

    8º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como o tirano, não conseguindo o seu intento sobre S. Catarina, mandou armar uma roda de amiudadas navalhas, para dilacerar o santo corpo de Catarina. Começa a trabalhar a máquina, mas apenas a santa fez oração a Deus, tudo se desconjuntou e desfez: e Deus, por Sua misericórdia, se serviu deste desmancho para converter a muitos dos espectadores que ali estavam presentes a este horroroso espetáculo. Assim se servia Nosso Senhor para aumentar o número dos Seus filhos, dos mesmos meios que o Demônio inspirava aos perseguidores para os destruir. À vista do que devemos cada vez mais amar e agradecer a Deus o benefício que nos fez, ao nos chamar à verdadeira fé.

    9º dia de oração da novena à Santa Catarina de Alexandria

    Meditação

    Consideremos como apesar de tantas provas de razões e milagres com que Deus mostrava a verdade da santa religião por meio de S. Catarina, estava cada vez mais obstinado o ímpio imperador, e assim mandou degolar a S. Catarina, cuja alma voou ao Céu, com a dobrada coroa de virgem e mártir. Dizem que seu corpo fora levado pelos anjos ao Monte Sinai. Veremos no dia do juízo como aparece o ímpio tirano Maximino e como aparece a virgem e mártir S. Catarina. Amemos a religião, que até agora não foi vencida, nem nunca o poderá ser.

    Conheça a vida de outro mártir, São Maximiliano Kolbe, no nosso podcast: SÃO MAXIMILIANO KOLBE | Tertúlia – O podcast da MBC #04

    MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.