Devido à tragédia climática no RS, os prazos de entrega poderão ser afetados.
Formação

Carta do Papa Francisco sobre Santa Teresinha

Confira os principais pontos que do novo documento do Papa Francisco sobre Santa Teresinha do Menino Jesus

Carta do Papa Francisco sobre Santa Teresinha
Formação

Carta do Papa Francisco sobre Santa Teresinha

Confira os principais pontos que do novo documento do Papa Francisco sobre Santa Teresinha do Menino Jesus

Data da Publicação: 26/10/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 26/10/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

No último dia 15, o papa Francisco publicou a exortação apostólica C’est la confiance, sobre a confiança no amor misericordioso de Deus. Em outras palavras, a carta do Papa Francisco sobre Santa Teresinha.

E sabe o que motivou o santo padre a escrevê-la?

Há 150 anos nascia uma querida santa que como poucos mergulhou no mistério profundo da misericórdia, Santa Teresinha do Menino Jesus.

Alguns pontos chamam a atenção nesta carta.

Carta do Papa Francisco sobre Santa Teresinha em 4 pontos

A escolha da data

Teresinha nasceu em 02/01. Por que não publicá-la nessa data? Dois motivos:

  1. O Papa quis mostrar que a mensagem de Teresinha não fique restrita a datas próprias da santa, que sejam restritas aos seus devotos, mas, ao contrário, quer que sua doutrina seja assumida como parte do tesouro espiritual da Igreja inteira.
  2. 15/10 foi o dia de Santa Teresa d’Ávila e, com isso, ele quis nos apresentar Teresinha como um fruto maduro da reforma do carmelo.

Levar Jesus aos outros

Teresinha nunca buscou uma vida centrada em si, mas nos outros.

E essa entrega era fruto de sua relação com Cristo:

“Atraindo-me, atraí as almas que amo!”

Para ela, a alma que mergulha no oceano sem limites do amor divino, leva com ela todos os tesouros que possui.

E o grande tesouro que levou consigo eram as almas dos seus e daqueles por quem rezava.

Imagem de teresinha gerada por IA papa francisco sobre santa teresinha
Imagem de Santa Teresinha feita por uma inteligência artificial.

A pequena via da confiança no cotidiano

Pela pequena via, Teresinha abandonou-se a misericórdia, não confiando em nenhum mérito seu.

Sua doutrina espiritual não se restringia à sua própria santificação e salvação, mas, recorda o Papa Francisco, estendia-se ao seu cotidiano.

Onde moram os nossos medos, o desejo de seguranças humanas, a necessidade de ter tudo sob controle, é aí que aparece o convite ao abandono à misericórdia.

Papa Francisco sobre Santa Teresinha: “a doutora da síntese”

O Santo Padre compara Teresinha à Tomás de Aquino.

A contribuição de Teresinha para a Igreja não é analítica, como a de Santo Tomás.

Seu mérito está no caráter sintético. A santa genialidade de Teresinha consiste em levar-nos ao centro, àquilo que é essencial, àquilo que é indispensável.

Cada santo é uma missão, é um projeto do Pai que visa refletir e encarnar, num momento determinado da história, um aspecto do Evangelho.

“Num momento de complexidade, ela pode ajudar-nos a redescobrir a simplicidade, o primado absoluto do amor, da confiança e do abandono, superando uma lógica legalista e moralista que enche a vida cristã de obrigações e preceitos e congela a alegria do Evangelho.” (n. 52)

Cartas de Teresinha

Teresinha mereceu uma carta do Papa.

E você merece não uma, mas todas as cartas dela.

A melhor forma de pôr em prática seu caminho de santificação é ouvir seus próprios conselhos contidos nas suas cartas.

“Cartas de Santa Teresinha” é o livro principal do box deste mês. Se você ainda não adquiriu, está perdendo a chance de conhecer uma uma devoção particular, mas, nas palavras do Papa Francisco, uma doutrina que é parte do tesouro espiritual da Igreja inteira.

Entre para o clube e adquira seu box.

cartas de teresinha papa francisco sobre santa teresinha

Você também pode conferir na íntegra a Exortação Apostólica C’est la confiance.

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Avatar

    Redação MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    No último dia 15, o papa Francisco publicou a exortação apostólica C’est la confiance, sobre a confiança no amor misericordioso de Deus. Em outras palavras, a carta do Papa Francisco sobre Santa Teresinha.

    E sabe o que motivou o santo padre a escrevê-la?

    Há 150 anos nascia uma querida santa que como poucos mergulhou no mistério profundo da misericórdia, Santa Teresinha do Menino Jesus.

    Alguns pontos chamam a atenção nesta carta.

    Carta do Papa Francisco sobre Santa Teresinha em 4 pontos

    A escolha da data

    Teresinha nasceu em 02/01. Por que não publicá-la nessa data? Dois motivos:

    1. O Papa quis mostrar que a mensagem de Teresinha não fique restrita a datas próprias da santa, que sejam restritas aos seus devotos, mas, ao contrário, quer que sua doutrina seja assumida como parte do tesouro espiritual da Igreja inteira.
    2. 15/10 foi o dia de Santa Teresa d’Ávila e, com isso, ele quis nos apresentar Teresinha como um fruto maduro da reforma do carmelo.

    Levar Jesus aos outros

    Teresinha nunca buscou uma vida centrada em si, mas nos outros.

    E essa entrega era fruto de sua relação com Cristo:

    “Atraindo-me, atraí as almas que amo!”

    Para ela, a alma que mergulha no oceano sem limites do amor divino, leva com ela todos os tesouros que possui.

    E o grande tesouro que levou consigo eram as almas dos seus e daqueles por quem rezava.

    Imagem de teresinha gerada por IA papa francisco sobre santa teresinha
    Imagem de Santa Teresinha feita por uma inteligência artificial.

    A pequena via da confiança no cotidiano

    Pela pequena via, Teresinha abandonou-se a misericórdia, não confiando em nenhum mérito seu.

    Sua doutrina espiritual não se restringia à sua própria santificação e salvação, mas, recorda o Papa Francisco, estendia-se ao seu cotidiano.

    Onde moram os nossos medos, o desejo de seguranças humanas, a necessidade de ter tudo sob controle, é aí que aparece o convite ao abandono à misericórdia.

    Papa Francisco sobre Santa Teresinha: “a doutora da síntese”

    O Santo Padre compara Teresinha à Tomás de Aquino.

    A contribuição de Teresinha para a Igreja não é analítica, como a de Santo Tomás.

    Seu mérito está no caráter sintético. A santa genialidade de Teresinha consiste em levar-nos ao centro, àquilo que é essencial, àquilo que é indispensável.

    Cada santo é uma missão, é um projeto do Pai que visa refletir e encarnar, num momento determinado da história, um aspecto do Evangelho.

    “Num momento de complexidade, ela pode ajudar-nos a redescobrir a simplicidade, o primado absoluto do amor, da confiança e do abandono, superando uma lógica legalista e moralista que enche a vida cristã de obrigações e preceitos e congela a alegria do Evangelho.” (n. 52)

    Cartas de Teresinha

    Teresinha mereceu uma carta do Papa.

    E você merece não uma, mas todas as cartas dela.

    A melhor forma de pôr em prática seu caminho de santificação é ouvir seus próprios conselhos contidos nas suas cartas.

    “Cartas de Santa Teresinha” é o livro principal do box deste mês. Se você ainda não adquiriu, está perdendo a chance de conhecer uma uma devoção particular, mas, nas palavras do Papa Francisco, uma doutrina que é parte do tesouro espiritual da Igreja inteira.

    Entre para o clube e adquira seu box.

    cartas de teresinha papa francisco sobre santa teresinha

    Você também pode conferir na íntegra a Exortação Apostólica C’est la confiance.

    Avatar

    Redação MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.