Liturgia diária

Liturgia Diária | 11/06/24

Acompanhe a liturgia do dia 11 de junho de 2024, com texto e comentários patrísticos da Bíblia da Minha Biblioteca Católica.

Liturgia Diária | 11/06/24
Liturgia diária

Liturgia Diária | 11/06/24

Acompanhe a liturgia do dia 11 de junho de 2024, com texto e comentários patrísticos da Bíblia da Minha Biblioteca Católica.

Data da Publicação: 10/06/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica
Data da Publicação: 10/06/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica

Terça-feira, 9ª semana do Tempo Comum. Memória de São Barnabé, Apóstolo.

Oração da manhã

“Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo aquilo que fizermos. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.” 1

Primeira leitura

Atos dos Apóstolos 11,21b-26; 13,1-3

11,21b e muita gente, crendo, converteu-se ao Senhor.

22 Chegou a notícia destas coisas aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém, e enviaram Barnabé a Antioquia.

23 Quando ele lá chegou e viu a graça de Deus, alegrou-se, e exortava todos a perseverar no Senhor, com coração firme, 

24 porque era um homem de bem e cheio do Espírito Santo e de fé. E uniu-se ao Senhor grande multidão de gente. 

25 Dali Barnabé partiu para Tarso, em busca de Saulo, e, ao encontrá-lo, levou-o a Antioquia. 

26 Nesta Igreja passaram eles um ano inteiro e instruíram uma grande multidão, de maneira que em Antioquia é que foi dado pela primeira vez aos discípulos o nome de cristãos.

13,1 Havia na Igreja de Antioquia profetas e doutores, entre os quais Barnabé e Simão, chamado o Negro, e Lúcio de Cirene, e Manaém, o qual era colaço de Herodes Tetrarca, e Saulo. 

2 Enquanto se entregavam ao serviço do Senhor e jejuavam, disse-lhes o Espírito Santo: “Separai-me Saulo e Barnabé para a obra a que os destinei”. 

3 Então, depois que jejuaram e oraram, impuseram-lhes as mãos e despediram-nos.

Salmo

97,1.2-3ab.3cd-4.5-6 (R. 2)

R. O Senhor revelou o seu salvador e sua justiça às nações!

1 Cantai ao Senhor um cântico novo, porque ele operou maravilhas. A sua destra e o seu santo braço fizeram-no triunfar. R.

2 O Senhor manifestou o seu salvador; revelou a sua justiça aos olhos das nações.
3a Lembrou-se da sua misericórdia e da fidelidade
b em favor da casa de Israel. R.

3c Todos os limites da terra viram a salvação do nosso Deus.
4 Aclamai a Deus, povos de toda a terra; cantai e saltai de alegria, e tocai instrumentos. R.
5 Cantai salmos ao Senhor com cítara, com cítara e cantando hinos;

6 com trombetas de metal, e ao som de corneta. Regozijai-vos na presença deste Rei, que é o Senhor; R.

Evangelho

Mateus 10,7-13

7 E, pondo-vos a caminho, pregai, dizendo: ‘Está próximo o reino dos céus’.

8 Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios. Dai de graça o que de graça recebestes. 

9 Não queirais possuir ouro, nem prata, nem levais dinheiro nas vossas cinturas, 

10 nem alforje para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem bastão; porque o operário é digno do seu alimento.

11 Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, informai-vos de quem nela é digno, e ficai aí até que vos retireis. 

12 E, ao entrardes na casa, saudai-a, dizendo: ‘A paz seja nesta casa’. 

13 E, se aquela casa for digna, virá sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, a vossa paz retornará para vós.

Comentário patrístico

10,10. Hilário: Diz também “nem duas túnicas”, pois basta uma só túnica àqueles que se revestiram de Cristo; depois de ter recebido a inteligência da fé, deve-se rejeitar as vestimentas que apresentam os hereges ou a antiga Lei. “Nem sandálias”, porque numa terra santa e desembaraçada dos espinhos e aguilhões dos pecados, como foi dito a Moisés (cf.Ex 3,5), não devemos ter nenhum outro preparo para andar, senão aquele que recebemos de Cristo.

Santo do dia

São Barnabé
11 de junho

Lê-se que, nos primeiros dias da Igreja, “a multidão dos fiéis era um só coração e uma só alma. Ninguém dizia que eram suas as coisas que possuía, mas tudo entre eles era comum” (At 4,32). Em meio a esta fervorosa companhia, um se destaca pelo nome, José, um rico levita do Chipre. “Vendeu-o [seu campo] e trouxe o valor dele e depositou aos pés dos apóstolos” (At 4,37). Então lhe deram um novo nome: Barnabé, o filho da consolação. Era um bom homem, cheio de fé e do Espírito Santo, e logo foi escolhido para uma importante missão na Igreja de Antioquia, que crescia vertiginosamente. Ali, percebeu a grande obra que havia de ser feita entre os gregos, então se apressou em buscar São Paulo de seu retiro em Tarso. Sua pregação era um espanto para o povo, e alguns exclamavam: “Os deuses desceram até nós na semelhança de homens!”, chamando a Paulo de Mercúrio e a Barnabé de Júpiter. Os santos viajaram juntos para o Concílio de Jerusalém, mas logo depois partiram. Quando Ágabo profetizou uma grande fome que assolaria o povo, Barnabé, já não possuindo riquezas, foi escolhido pelos fiéis em Antioquia como o mais apropriado para, junto com S. Paulo, carregar suas generosas ofertas à Igreja de Jerusalém. 2

Outros santos do dia: Santa Paula Frassinetti, São Parísio e São Fortunato de Aquiléia.


Referências

  1. Devocionário a São José, página 33.[]
  2. Butler, Alban. Vida dos Santos, 2021, p. 258.[]

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação Minha Biblioteca Católica

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    Garanta seu box

    Terça-feira, 9ª semana do Tempo Comum. Memória de São Barnabé, Apóstolo.

    Oração da manhã

    “Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo aquilo que fizermos. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.” 1

    Primeira leitura

    Atos dos Apóstolos 11,21b-26; 13,1-3

    11,21b e muita gente, crendo, converteu-se ao Senhor.

    22 Chegou a notícia destas coisas aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém, e enviaram Barnabé a Antioquia.

    23 Quando ele lá chegou e viu a graça de Deus, alegrou-se, e exortava todos a perseverar no Senhor, com coração firme, 

    24 porque era um homem de bem e cheio do Espírito Santo e de fé. E uniu-se ao Senhor grande multidão de gente. 

    25 Dali Barnabé partiu para Tarso, em busca de Saulo, e, ao encontrá-lo, levou-o a Antioquia. 

    26 Nesta Igreja passaram eles um ano inteiro e instruíram uma grande multidão, de maneira que em Antioquia é que foi dado pela primeira vez aos discípulos o nome de cristãos.

    13,1 Havia na Igreja de Antioquia profetas e doutores, entre os quais Barnabé e Simão, chamado o Negro, e Lúcio de Cirene, e Manaém, o qual era colaço de Herodes Tetrarca, e Saulo. 

    2 Enquanto se entregavam ao serviço do Senhor e jejuavam, disse-lhes o Espírito Santo: “Separai-me Saulo e Barnabé para a obra a que os destinei”. 

    3 Então, depois que jejuaram e oraram, impuseram-lhes as mãos e despediram-nos.

    Salmo

    97,1.2-3ab.3cd-4.5-6 (R. 2)

    R. O Senhor revelou o seu salvador e sua justiça às nações!

    1 Cantai ao Senhor um cântico novo, porque ele operou maravilhas. A sua destra e o seu santo braço fizeram-no triunfar. R.

    2 O Senhor manifestou o seu salvador; revelou a sua justiça aos olhos das nações.
    3a Lembrou-se da sua misericórdia e da fidelidade
    b em favor da casa de Israel. R.

    3c Todos os limites da terra viram a salvação do nosso Deus.
    4 Aclamai a Deus, povos de toda a terra; cantai e saltai de alegria, e tocai instrumentos. R.
    5 Cantai salmos ao Senhor com cítara, com cítara e cantando hinos;

    6 com trombetas de metal, e ao som de corneta. Regozijai-vos na presença deste Rei, que é o Senhor; R.

    Evangelho

    Mateus 10,7-13

    7 E, pondo-vos a caminho, pregai, dizendo: ‘Está próximo o reino dos céus’.

    8 Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios. Dai de graça o que de graça recebestes. 

    9 Não queirais possuir ouro, nem prata, nem levais dinheiro nas vossas cinturas, 

    10 nem alforje para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem bastão; porque o operário é digno do seu alimento.

    11 Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, informai-vos de quem nela é digno, e ficai aí até que vos retireis. 

    12 E, ao entrardes na casa, saudai-a, dizendo: ‘A paz seja nesta casa’. 

    13 E, se aquela casa for digna, virá sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, a vossa paz retornará para vós.

    Comentário patrístico

    10,10. Hilário: Diz também “nem duas túnicas”, pois basta uma só túnica àqueles que se revestiram de Cristo; depois de ter recebido a inteligência da fé, deve-se rejeitar as vestimentas que apresentam os hereges ou a antiga Lei. “Nem sandálias”, porque numa terra santa e desembaraçada dos espinhos e aguilhões dos pecados, como foi dito a Moisés (cf.Ex 3,5), não devemos ter nenhum outro preparo para andar, senão aquele que recebemos de Cristo.

    Santo do dia

    São Barnabé
    11 de junho

    Lê-se que, nos primeiros dias da Igreja, “a multidão dos fiéis era um só coração e uma só alma. Ninguém dizia que eram suas as coisas que possuía, mas tudo entre eles era comum” (At 4,32). Em meio a esta fervorosa companhia, um se destaca pelo nome, José, um rico levita do Chipre. “Vendeu-o [seu campo] e trouxe o valor dele e depositou aos pés dos apóstolos” (At 4,37). Então lhe deram um novo nome: Barnabé, o filho da consolação. Era um bom homem, cheio de fé e do Espírito Santo, e logo foi escolhido para uma importante missão na Igreja de Antioquia, que crescia vertiginosamente. Ali, percebeu a grande obra que havia de ser feita entre os gregos, então se apressou em buscar São Paulo de seu retiro em Tarso. Sua pregação era um espanto para o povo, e alguns exclamavam: “Os deuses desceram até nós na semelhança de homens!”, chamando a Paulo de Mercúrio e a Barnabé de Júpiter. Os santos viajaram juntos para o Concílio de Jerusalém, mas logo depois partiram. Quando Ágabo profetizou uma grande fome que assolaria o povo, Barnabé, já não possuindo riquezas, foi escolhido pelos fiéis em Antioquia como o mais apropriado para, junto com S. Paulo, carregar suas generosas ofertas à Igreja de Jerusalém. 2

    Outros santos do dia: Santa Paula Frassinetti, São Parísio e São Fortunato de Aquiléia.


    Referências

    1. Devocionário a São José, página 33.[]
    2. Butler, Alban. Vida dos Santos, 2021, p. 258.[]

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.