Liturgia diária

Liturgia Diária | 19/05/24

Acompanhe a liturgia do dia 19 de maio de 2024, com texto e comentários patrísticos da Bíblia da Minha Biblioteca Católica.

Liturgia Diária | 19/05/24
Liturgia diária

Liturgia Diária | 19/05/24

Acompanhe a liturgia do dia 19 de maio de 2024, com texto e comentários patrísticos da Bíblia da Minha Biblioteca Católica.

Data da Publicação: 18/05/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica
Data da Publicação: 18/05/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica

Solenidade de Pentecostes.

Oração da manhã

“Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo aquilo que fizermos. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.” 1

MISSA DA VIGÍLIA

Primeira leitura

Leitura do Livro do Gênesis 
11,1-9

1 Ora, a terra tinha uma só língua e um mesmo modo de falar. 

2 E [os homens], tendo partido do Oriente, encontraram uma planície na terra de Senaar e habitaram nela.

3 Então disseram uns para os outros: “Vinde, façamos tijolos e cozamo-los no fogo”. Serviram-se, pois, de tijolos em vez de pedras, e de betume em vez de argamassa, 

4 e disseram: “Vinde, façamos para nós uma cidade e uma torre cujo cimo chegue até o céu, e tornemos célebre o nosso nome antes que nos espalhemos por toda a terra”.

5 O Senhor, porém, desceu a ver a cidade e a torre que os filhos de Adão edificavam, 

6 e disse: “Eis que são um só povo e têm todos a mesma língua, e começaram a fazer esta obra e não desistirão do seu intento até que a tenham de todo executado. 

7 Vinde, pois, desçamos e confundamos de tal sorte a sua linguagem que um não compreenda a voz do outro”. 

8 E assim o Senhor os dispersou daquele lugar por todos os países da terra, e cessaram de edificar a cidade. 

9 E por isso lhe foi posto o nome de Babel, e porque aí foi confundida a linguagem de toda a terra e daí os espalhou o Senhor por todas as regiões.

Salmo

103,1-2a.24.35c.27-28.29bc-30 (R. cf. 30)

R. Enviarás o teu espírito e renovarás a face da terra.

1 Bendize, ó minha alma, ao Senhor. Senhor, Deus meu, tu te engrandeceste sumamente. Tu te revestiste de majestade e de esplendor,
2a coberto de luz como dum vestido. R.

24 Quão magníficas são as tuas obras, Senhor! Fizeste com sabedoria todas as coisas. A terra está cheia das tuas riquezas.
35c Bendize, ó minha alma, o Senhor. R.

27 Todos esperam de ti que lhes dês de comer a seu tempo.
28 Dando-lhes tu, eles o recolhem; abrindo tu a tua mão, todos se encherão de bens. R.

29 bc tirar-lhes-ás o espírito, e deixarão de ser, e voltarão ao seu pó.
30 Enviarás o teu espírito, e serão criados, e renovarás a face da terra. R.

Segunda leitura

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 
8,22-27

22 Pois sabemos que todas as criaturas gemem e estão como que com dores de parto, até agora.

23 E não só elas, mas também nós mesmos, que temos as primícias do Espírito: também nós gememos dentro de nós mesmos, esperando a adoção de filhos de Deus, a redenção do nosso corpo. 

24 Porque na esperança é que fomos salvos. Ora, a esperança que se vê, já não é esperança; como esperar aquilo que se vê? 

25 E se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos.

26 E assim mesmo o Espírito ajuda também a nossa fraqueza, porque não sabemos o que havemos de pedir como convém; mas o mesmo Espírito ora por nós com gemidos inexplicáveis.

27 E o que perscruta os corações sabe o que deseja o Espírito, pois ele pede segundo Deus pelos santos.

Evangelho

Conclusão do Evangelho de Jesus Cristo segundo João
7,37-39

37 No último grande dia da festa, estava Jesus em pé, e em alta voz dizia: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba. 

38 O que crê em mim, como diz a Escritura, do seu seio correrão rios de água viva”.

39 Ora ele dizia isto, falando do Espírito que haviam de receber os que cressem nele, porque ainda não tinha sido dado o Espírito, por não ter sido ainda glorificado Jesus.

MISSA DO DIA

Primeira leitura

Leitura dos Atos dos Apóstolos 
2,1-11

1 Quando se completaram os dias do Pentecostes, estavam todos juntos no mesmo lugar, 

2 e, de repente, veio do céu um estrondo, como de vento que soprava impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. 

3 Apareceram-lhes então repartidas umas como línguas de fogo, e pousaram sobre cada um deles.

4 Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar várias línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.

5 Ora, estavam então residindo em Jerusalém judeus, homens religiosos de todas as nações que há debaixo do céu. 

6 Logo que se deu este ruído, acudiu muita gente e ficou pasmada, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. 

7 Estavam, pois, todos atônitos, e admiravam-se, dizendo: “Porventura não são galileus todos estes que falam? 

8 Como é que os ouvimos falar cada um de nós a nossa língua, em que nascemos?

9 Partos, medos, elamitas e os que habitam a Mesopotâmia, a Judeia e a Capadócia, o Ponto e a Ásia, 

10 a Frígia e a Panfília, o Egito e várias partes da Líbia, que é vizinha de Cirene, e os vindos de Roma, 

11 tanto judeus como prosélitos, cretenses e árabes: todos os ouvimos falar nas nossas línguas das maravilhas de Deus”.

Salmo

103,1ab.24ac.29bc-30.31.34 (R. cf. 30)

R: Enviarás o teu espírito e renovarás a face da terra.

1a Bendize, ó minha alma, ao Senhor.
b Senhor, Deus meu, tu te engrandeceste sumamente.
24a Quão magníficas são as tuas obras, Senhor!
c A terra está cheia das tuas riquezas. R.

29b tirar-lhes-ás o espírito, e deixarão de ser,
c e voltarão ao seu pó.
30 Enviarás o teu espírito, e serão criados, e renovarás a face da terra. R.

31 Seja celebrada a glória do Senhor para sempre; alegrar-se-á o Senhor nas suas obras.
34 Sejam-lhe agradáveis as minhas palavras. Quanto a mim, deleitar-me-ei no Senhor. R.

Segunda leitura

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios
12,3b-7.12-13

3b E ninguém pode dizer “Senhor Jesus”, senão pelo Espírito Santo.

4 Há, pois, diversidade de graças, mas um mesmo é o Espírito,

5 e os ministérios são diversos, mas um mesmo é o Senhor, 

6 e as operações são diversas, mas o mesmo Deus é o que opera tudo em todos. 

7 A cada um é dada a manifestação do Espírito para utilidade [comum].

12 Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, mas todos os membros do corpo, embora sejam muitos, são contudo um só corpo, assim é também Cristo. 

13 Em um mesmo Espírito fomos batizados todos nós, para sermos um só corpo, quer sejamos judeus ou gentios, ou servos ou livres, e todos temos bebido de um só Espírito.

Evangelho

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 
20,19-23

19 Chegada, pois, a tarde daquele dia, que era o primeiro da semana, e estando fechadas as portas da casa onde os discípulos se achavam juntos, com medo dos judeus, veio Jesus, e pôs-se no meio deles, dizendo-lhes: “A paz seja convosco”.

20 E, dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Alegraram-se, pois, os discípulos ao ver o Senhor.

21 Disse-lhes novamente: “A paz seja convosco. Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós”.

22 Tendo proferido estas palavras, soprou sobre eles e disse-lhes: “Recebei o Espírito Santo.

23 Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados, e àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos”.

Santo do dia

São Pedro Celestino
19 de maio

Quando criança, Pedro tinha visões de Nossa Senhora e dos anjos e santos. Eles o encorajavam em oração e o censuravam quando cometia alguma falta. Sua mãe, embora apenas uma pobre viúva, colocou-o na escola, certa de que um dia seria santo. Anjos o assistiram na construção da igreja, sinos invisíveis soavam badalos de insuperável doçura, e uma música celestial preenchia o santuário quando ele oferecia o Santo Sacrifício. Repentinamente se viu despojado de sua amada solidão devido à eleição ao trono papal. Sua resistência de nada adiantou. Tomou o nome de Celestino, para lembrá-lo do Céu que abandonava e pelo qual suspirava, e foi consagrado em Áquila. Por fim, no Domingo de Pentecostes, contou aos guardas que morreria dentro de uma semana, e imediatamente ficou enfermo. Recebeu os últimos sacramentos e no domingo seguinte, assim que terminou o verso final das Laudes (Sl 150,5), “Tudo o que respira louve o Senhor!”, cerrou os olhos para este mundo e os abriu para a visão de Deus.2

Outros santos do dia: Santa Prudenciana, Beata Madre Maria Stollenwek, São Dunstano e São Teófilo de Corte.


Referências

  1. Devocionário a São José, página 33.[]
  2. Butler, Alban. Vida dos Santos, 2021, p. 220-221.[]

O que você vai encontrar neste artigo?

Oração da manhã Missa da vigília Missa do dia Santo do dia

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação Minha Biblioteca Católica

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    Garanta seu box

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Oração da manhã Missa da vigília Missa do dia Santo do dia

    Solenidade de Pentecostes.

    Oração da manhã

    “Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo aquilo que fizermos. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.” 1

    MISSA DA VIGÍLIA

    Primeira leitura

    Leitura do Livro do Gênesis 
    11,1-9

    1 Ora, a terra tinha uma só língua e um mesmo modo de falar. 

    2 E [os homens], tendo partido do Oriente, encontraram uma planície na terra de Senaar e habitaram nela.

    3 Então disseram uns para os outros: “Vinde, façamos tijolos e cozamo-los no fogo”. Serviram-se, pois, de tijolos em vez de pedras, e de betume em vez de argamassa, 

    4 e disseram: “Vinde, façamos para nós uma cidade e uma torre cujo cimo chegue até o céu, e tornemos célebre o nosso nome antes que nos espalhemos por toda a terra”.

    5 O Senhor, porém, desceu a ver a cidade e a torre que os filhos de Adão edificavam, 

    6 e disse: “Eis que são um só povo e têm todos a mesma língua, e começaram a fazer esta obra e não desistirão do seu intento até que a tenham de todo executado. 

    7 Vinde, pois, desçamos e confundamos de tal sorte a sua linguagem que um não compreenda a voz do outro”. 

    8 E assim o Senhor os dispersou daquele lugar por todos os países da terra, e cessaram de edificar a cidade. 

    9 E por isso lhe foi posto o nome de Babel, e porque aí foi confundida a linguagem de toda a terra e daí os espalhou o Senhor por todas as regiões.

    Salmo

    103,1-2a.24.35c.27-28.29bc-30 (R. cf. 30)

    R. Enviarás o teu espírito e renovarás a face da terra.

    1 Bendize, ó minha alma, ao Senhor. Senhor, Deus meu, tu te engrandeceste sumamente. Tu te revestiste de majestade e de esplendor,
    2a coberto de luz como dum vestido. R.

    24 Quão magníficas são as tuas obras, Senhor! Fizeste com sabedoria todas as coisas. A terra está cheia das tuas riquezas.
    35c Bendize, ó minha alma, o Senhor. R.

    27 Todos esperam de ti que lhes dês de comer a seu tempo.
    28 Dando-lhes tu, eles o recolhem; abrindo tu a tua mão, todos se encherão de bens. R.

    29 bc tirar-lhes-ás o espírito, e deixarão de ser, e voltarão ao seu pó.
    30 Enviarás o teu espírito, e serão criados, e renovarás a face da terra. R.

    Segunda leitura

    Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 
    8,22-27

    22 Pois sabemos que todas as criaturas gemem e estão como que com dores de parto, até agora.

    23 E não só elas, mas também nós mesmos, que temos as primícias do Espírito: também nós gememos dentro de nós mesmos, esperando a adoção de filhos de Deus, a redenção do nosso corpo. 

    24 Porque na esperança é que fomos salvos. Ora, a esperança que se vê, já não é esperança; como esperar aquilo que se vê? 

    25 E se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos.

    26 E assim mesmo o Espírito ajuda também a nossa fraqueza, porque não sabemos o que havemos de pedir como convém; mas o mesmo Espírito ora por nós com gemidos inexplicáveis.

    27 E o que perscruta os corações sabe o que deseja o Espírito, pois ele pede segundo Deus pelos santos.

    Evangelho

    Conclusão do Evangelho de Jesus Cristo segundo João
    7,37-39

    37 No último grande dia da festa, estava Jesus em pé, e em alta voz dizia: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba. 

    38 O que crê em mim, como diz a Escritura, do seu seio correrão rios de água viva”.

    39 Ora ele dizia isto, falando do Espírito que haviam de receber os que cressem nele, porque ainda não tinha sido dado o Espírito, por não ter sido ainda glorificado Jesus.

    MISSA DO DIA

    Primeira leitura

    Leitura dos Atos dos Apóstolos 
    2,1-11

    1 Quando se completaram os dias do Pentecostes, estavam todos juntos no mesmo lugar, 

    2 e, de repente, veio do céu um estrondo, como de vento que soprava impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. 

    3 Apareceram-lhes então repartidas umas como línguas de fogo, e pousaram sobre cada um deles.

    4 Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar várias línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.

    5 Ora, estavam então residindo em Jerusalém judeus, homens religiosos de todas as nações que há debaixo do céu. 

    6 Logo que se deu este ruído, acudiu muita gente e ficou pasmada, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. 

    7 Estavam, pois, todos atônitos, e admiravam-se, dizendo: “Porventura não são galileus todos estes que falam? 

    8 Como é que os ouvimos falar cada um de nós a nossa língua, em que nascemos?

    9 Partos, medos, elamitas e os que habitam a Mesopotâmia, a Judeia e a Capadócia, o Ponto e a Ásia, 

    10 a Frígia e a Panfília, o Egito e várias partes da Líbia, que é vizinha de Cirene, e os vindos de Roma, 

    11 tanto judeus como prosélitos, cretenses e árabes: todos os ouvimos falar nas nossas línguas das maravilhas de Deus”.

    Salmo

    103,1ab.24ac.29bc-30.31.34 (R. cf. 30)

    R: Enviarás o teu espírito e renovarás a face da terra.

    1a Bendize, ó minha alma, ao Senhor.
    b Senhor, Deus meu, tu te engrandeceste sumamente.
    24a Quão magníficas são as tuas obras, Senhor!
    c A terra está cheia das tuas riquezas. R.

    29b tirar-lhes-ás o espírito, e deixarão de ser,
    c e voltarão ao seu pó.
    30 Enviarás o teu espírito, e serão criados, e renovarás a face da terra. R.

    31 Seja celebrada a glória do Senhor para sempre; alegrar-se-á o Senhor nas suas obras.
    34 Sejam-lhe agradáveis as minhas palavras. Quanto a mim, deleitar-me-ei no Senhor. R.

    Segunda leitura

    Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios
    12,3b-7.12-13

    3b E ninguém pode dizer “Senhor Jesus”, senão pelo Espírito Santo.

    4 Há, pois, diversidade de graças, mas um mesmo é o Espírito,

    5 e os ministérios são diversos, mas um mesmo é o Senhor, 

    6 e as operações são diversas, mas o mesmo Deus é o que opera tudo em todos. 

    7 A cada um é dada a manifestação do Espírito para utilidade [comum].

    12 Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, mas todos os membros do corpo, embora sejam muitos, são contudo um só corpo, assim é também Cristo. 

    13 Em um mesmo Espírito fomos batizados todos nós, para sermos um só corpo, quer sejamos judeus ou gentios, ou servos ou livres, e todos temos bebido de um só Espírito.

    Evangelho

    Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 
    20,19-23

    19 Chegada, pois, a tarde daquele dia, que era o primeiro da semana, e estando fechadas as portas da casa onde os discípulos se achavam juntos, com medo dos judeus, veio Jesus, e pôs-se no meio deles, dizendo-lhes: “A paz seja convosco”.

    20 E, dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Alegraram-se, pois, os discípulos ao ver o Senhor.

    21 Disse-lhes novamente: “A paz seja convosco. Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós”.

    22 Tendo proferido estas palavras, soprou sobre eles e disse-lhes: “Recebei o Espírito Santo.

    23 Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados, e àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos”.

    Santo do dia

    São Pedro Celestino
    19 de maio

    Quando criança, Pedro tinha visões de Nossa Senhora e dos anjos e santos. Eles o encorajavam em oração e o censuravam quando cometia alguma falta. Sua mãe, embora apenas uma pobre viúva, colocou-o na escola, certa de que um dia seria santo. Anjos o assistiram na construção da igreja, sinos invisíveis soavam badalos de insuperável doçura, e uma música celestial preenchia o santuário quando ele oferecia o Santo Sacrifício. Repentinamente se viu despojado de sua amada solidão devido à eleição ao trono papal. Sua resistência de nada adiantou. Tomou o nome de Celestino, para lembrá-lo do Céu que abandonava e pelo qual suspirava, e foi consagrado em Áquila. Por fim, no Domingo de Pentecostes, contou aos guardas que morreria dentro de uma semana, e imediatamente ficou enfermo. Recebeu os últimos sacramentos e no domingo seguinte, assim que terminou o verso final das Laudes (Sl 150,5), “Tudo o que respira louve o Senhor!”, cerrou os olhos para este mundo e os abriu para a visão de Deus.2

    Outros santos do dia: Santa Prudenciana, Beata Madre Maria Stollenwek, São Dunstano e São Teófilo de Corte.


    Referências

    1. Devocionário a São José, página 33.[]
    2. Butler, Alban. Vida dos Santos, 2021, p. 220-221.[]

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.