Devido à tragédia climática no RS, os prazos de entrega poderão ser afetados.
Santidade

São João e Santa Teresa, uma amizade que transformou o mundo.

São João e Santa Teresa, uma amizade que transformou o mundo.
Santidade

São João e Santa Teresa, uma amizade que transformou o mundo.

Data da Publicação: 11/09/2021
Tempo de leitura:
Autor: MBC
Data da Publicação: 11/09/2021
Tempo de leitura:
Autor: MBC

Certa vez, Santo Tomás escreveu: “Não há nada neste mundo para ser mais valorizado do que a verdadeira amizade”. Um exemplo histórico desta amizade descrita por Santo Tomás é a amizade entre Santa Tereza e São João da Cruz.

“Não há nada neste mundo para ser mais valorizado do que a verdadeira amizade”.

Santo Tomás de Aquino

O encontro inusitado entre ambos ocorreu no ano de 1567, Santa Tereza já havia iniciado sua reforma nos Carmelos da Espanha e estava fundando seu segundo mosteiro, São João da Cruz era um jovem sacerdote, recém-ordenado e prestes a deixar a Ordem Carmelita para se tornar um monge cartuxo.

Entretanto, Santa Tereza viu em São João da Cruz a sua grandeza espiritual, seu amor a Jesus Cristo e, a partir desses requisitos, a possibilidade de levar sua reforma para a Ordem Carmelita masculina.

Neste ano, iniciou uma das maiores e mais importantes amizades históricas entre os santos que conhecemos. São João da Cruz e Santa Tereza de Ávila serão juntos grandes mestres espirituais, grandes doutores da Igreja, grandes reformadores, grandes escritores, grandes poetas, grandes santos.

Teresa fala de tal relação quando escreve em uma de suas cartas: “Que coisa maravilhosa é para duas almas se entenderem, pois não faltam o que dizer, nem se cansam”.

Infelizmente, aqueles que não conhecem a história de ambos os santos mestres espirituais, defendem que São João da Cruz e Santa Tereza são antagônicos, alegando que São João é frio e severo, enquanto Santa Tereza é alegre e amorosa. Porém, ao lermos o livro “Caminho de Perfeição” e “Subida do Monte Carmelo” reconhecemos o mesmo calor espiritual e o mesmo ensino rígido de vida ascética.

A amizade entre ambos, a partilha de seus dons e suas vivências mudaram não reformaram apenas o Carmelo, mas geraram uma verdadeira reforma católica.

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Avatar

    MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Certa vez, Santo Tomás escreveu: “Não há nada neste mundo para ser mais valorizado do que a verdadeira amizade”. Um exemplo histórico desta amizade descrita por Santo Tomás é a amizade entre Santa Tereza e São João da Cruz.

    “Não há nada neste mundo para ser mais valorizado do que a verdadeira amizade”.

    Santo Tomás de Aquino

    O encontro inusitado entre ambos ocorreu no ano de 1567, Santa Tereza já havia iniciado sua reforma nos Carmelos da Espanha e estava fundando seu segundo mosteiro, São João da Cruz era um jovem sacerdote, recém-ordenado e prestes a deixar a Ordem Carmelita para se tornar um monge cartuxo.

    Entretanto, Santa Tereza viu em São João da Cruz a sua grandeza espiritual, seu amor a Jesus Cristo e, a partir desses requisitos, a possibilidade de levar sua reforma para a Ordem Carmelita masculina.

    Neste ano, iniciou uma das maiores e mais importantes amizades históricas entre os santos que conhecemos. São João da Cruz e Santa Tereza de Ávila serão juntos grandes mestres espirituais, grandes doutores da Igreja, grandes reformadores, grandes escritores, grandes poetas, grandes santos.

    Teresa fala de tal relação quando escreve em uma de suas cartas: “Que coisa maravilhosa é para duas almas se entenderem, pois não faltam o que dizer, nem se cansam”.

    Infelizmente, aqueles que não conhecem a história de ambos os santos mestres espirituais, defendem que São João da Cruz e Santa Tereza são antagônicos, alegando que São João é frio e severo, enquanto Santa Tereza é alegre e amorosa. Porém, ao lermos o livro “Caminho de Perfeição” e “Subida do Monte Carmelo” reconhecemos o mesmo calor espiritual e o mesmo ensino rígido de vida ascética.

    A amizade entre ambos, a partilha de seus dons e suas vivências mudaram não reformaram apenas o Carmelo, mas geraram uma verdadeira reforma católica.

    Avatar

    MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.