Devoção

A história de Nossa Senhora das Graças

Conheça a incrível história de Nossa Senhora das Graças, quando revelou a medalha milagrosa a Santa Catarina Labouré.

A história de Nossa Senhora das Graças
Devoção

A história de Nossa Senhora das Graças

Conheça a incrível história de Nossa Senhora das Graças, quando revelou a medalha milagrosa a Santa Catarina Labouré.

Data da Publicação: 14/11/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 14/11/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

Desde o início da Igreja, Nossa Senhora sempre foi vista como “portadora das graças”. Porém, o título “Nossa Senhora das Graças” surgiu devido a uma aparição na França, em 1830. Neste artigo, você vai conhecer a história de Nossa Senhora das Graças e da sua aparição da Santa Catarina Labouré.

Conheça a história de Nossa Senhora das Graças


No dia 27 de novembro, na Capela das Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, em Paris, a Virgem Maria apareceu à noviça Catarina Labouré, revelando ser Nossa Senhora das Graças.

A Santíssima Virgem surgiu sobre um globo, oferecendo-o a Deus em sinal de súplica, pisando em uma serpente e segurando nas mãos um globo menor. Maria disse: “Este globo representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular”.

De suas mãos saíam raios brilhantes de luz, formando um quadro oval, que continham as seguintes palavras: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”.

No reverso do quadro havia um “M” sobre uma cruz e por baixo os corações de Nosso Senhor Jesus Cristo e da Virgem Maria.

Nossa Senhora pediu à Catarina que mandasse cunhar uma medalha igual ao modelo apresentado, fazendo-lhe a seguinte promessa: “As pessoas que a usarem com fé e confiança receberão graças especiais”.

E assim foi cunhada, em Paris, esta medalha, que logo se espalhou pelo mundo inteiro, operando graças tão numerosas e extraordinárias, que os fiéis passaram espontaneamente a chamá-la “Medalha Milagrosa”.

a história de nossa senhora das graças fica incompleta sem falar da medalha milagrosa.

A devoção a Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa está presente no mundo inteiro devido à propagação da devoção realizada pelos Padres Lazaristas, pelas Filhas da Caridade e por toda a Família Vicentina.

Leia também: A medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças

A relação entre a história de Nossa Senhora das graças e o Dogma da Imaculada Conceição


Desde 1830, a invocação “Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós” é pronunciada por cristãos no mundo todo.

Em 8 de dezembro de 1854, o Papa Pio IX proclamou o dogma da Imaculada Conceição da Virgem Maria, ou seja, que Nossa Senhora foi preservada por Deus, desde o instante da sua concepção, do pecado original.

Vale lembrar que o dogma é uma Verdade de Fé que não pode ser negada por nenhum católico.

Revolução Francesa


Antes de pedir que a medalha fosse cunhada, Nossa Senhora apareceu à Santa Catarina Labouré na madrugada de 19 de julho de 1830, quando revelou grandes calamidades e perseguições que aconteceriam na França.

Nossa Senhora veio alertar que as ideias deixadas pela Revolução Francesa ocorrida naquele tempo e seus frutos eram uma realidade satânica, que precisava ser esmagada por Ela, a Imaculada Conceição e por seus filhos.

Concílio de Trento


No Concílio de Trento, em 1563, a Igreja fixou o bom uso de medalhas, imagens, escapulários, lembrando aos cristãos que é preciso que fique claro: quando veneramos as imagens  da Virgem Maria e dos Santos não significa que colocamos nossa fé nas imagens, mas sim que veneramos as pessoas que elas representam.

Devoção

imagem como retratada na história de nossa senhora das graças

A Medalha Milagrosa, assim como outras, nos ajuda a conservar o amor da Virgem Maria vivo em nosso coração e em nosso espírito, nos estimulando a demonstrar nosso reconhecimento através da fé e de um comportamento digno de um filho de Nossa Senhora.

Confira a Oração da Medalha Milagrosa.

Um meio para conhecer todas as mensagens e profecias de Nossa Senhora reconhecidas pela Igreja

No livro “Aparições de Nossa Senhora”, você é convidado a se aprofundar nessa devoção e em várias outras, deixadas por nossa Mãe Santíssima. 

A obra reúne mensagens e profecias de Nossa Senhora de 40 aparições, reconhecidas pela Igreja, que vão te ajudar a crescer no amor à Santa Mãe de Deus.

O livro é exclusivo dos assinantes da Minha Biblioteca Católica, o maior clube de leitores católicos do Brasil. Saiba como fazer parte!

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Desde o início da Igreja, Nossa Senhora sempre foi vista como “portadora das graças”. Porém, o título “Nossa Senhora das Graças” surgiu devido a uma aparição na França, em 1830. Neste artigo, você vai conhecer a história de Nossa Senhora das Graças e da sua aparição da Santa Catarina Labouré.

    Conheça a história de Nossa Senhora das Graças


    No dia 27 de novembro, na Capela das Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, em Paris, a Virgem Maria apareceu à noviça Catarina Labouré, revelando ser Nossa Senhora das Graças.

    A Santíssima Virgem surgiu sobre um globo, oferecendo-o a Deus em sinal de súplica, pisando em uma serpente e segurando nas mãos um globo menor. Maria disse: “Este globo representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular”.

    De suas mãos saíam raios brilhantes de luz, formando um quadro oval, que continham as seguintes palavras: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”.

    No reverso do quadro havia um “M” sobre uma cruz e por baixo os corações de Nosso Senhor Jesus Cristo e da Virgem Maria.

    Nossa Senhora pediu à Catarina que mandasse cunhar uma medalha igual ao modelo apresentado, fazendo-lhe a seguinte promessa: “As pessoas que a usarem com fé e confiança receberão graças especiais”.

    E assim foi cunhada, em Paris, esta medalha, que logo se espalhou pelo mundo inteiro, operando graças tão numerosas e extraordinárias, que os fiéis passaram espontaneamente a chamá-la “Medalha Milagrosa”.

    a história de nossa senhora das graças fica incompleta sem falar da medalha milagrosa.

    A devoção a Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa está presente no mundo inteiro devido à propagação da devoção realizada pelos Padres Lazaristas, pelas Filhas da Caridade e por toda a Família Vicentina.

    Leia também: A medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças

    A relação entre a história de Nossa Senhora das graças e o Dogma da Imaculada Conceição


    Desde 1830, a invocação “Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós” é pronunciada por cristãos no mundo todo.

    Em 8 de dezembro de 1854, o Papa Pio IX proclamou o dogma da Imaculada Conceição da Virgem Maria, ou seja, que Nossa Senhora foi preservada por Deus, desde o instante da sua concepção, do pecado original.

    Vale lembrar que o dogma é uma Verdade de Fé que não pode ser negada por nenhum católico.

    Revolução Francesa


    Antes de pedir que a medalha fosse cunhada, Nossa Senhora apareceu à Santa Catarina Labouré na madrugada de 19 de julho de 1830, quando revelou grandes calamidades e perseguições que aconteceriam na França.

    Nossa Senhora veio alertar que as ideias deixadas pela Revolução Francesa ocorrida naquele tempo e seus frutos eram uma realidade satânica, que precisava ser esmagada por Ela, a Imaculada Conceição e por seus filhos.

    Concílio de Trento


    No Concílio de Trento, em 1563, a Igreja fixou o bom uso de medalhas, imagens, escapulários, lembrando aos cristãos que é preciso que fique claro: quando veneramos as imagens  da Virgem Maria e dos Santos não significa que colocamos nossa fé nas imagens, mas sim que veneramos as pessoas que elas representam.

    Devoção

    imagem como retratada na história de nossa senhora das graças

    A Medalha Milagrosa, assim como outras, nos ajuda a conservar o amor da Virgem Maria vivo em nosso coração e em nosso espírito, nos estimulando a demonstrar nosso reconhecimento através da fé e de um comportamento digno de um filho de Nossa Senhora.

    Confira a Oração da Medalha Milagrosa.

    Um meio para conhecer todas as mensagens e profecias de Nossa Senhora reconhecidas pela Igreja

    No livro “Aparições de Nossa Senhora”, você é convidado a se aprofundar nessa devoção e em várias outras, deixadas por nossa Mãe Santíssima. 

    A obra reúne mensagens e profecias de Nossa Senhora de 40 aparições, reconhecidas pela Igreja, que vão te ajudar a crescer no amor à Santa Mãe de Deus.

    O livro é exclusivo dos assinantes da Minha Biblioteca Católica, o maior clube de leitores católicos do Brasil. Saiba como fazer parte!

    Redação MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.