Devoção, Novenas

Novena da Imaculada Conceição: reze agora

Conheça a origem do dogma e reze a novena em honra à Imaculada Conceição, cuja solenidade a Igreja celebra no dia 8 de dezembro.

Novena da Imaculada Conceição: reze agora
Devoção, Novenas

Novena da Imaculada Conceição: reze agora

Conheça a origem do dogma e reze a novena em honra à Imaculada Conceição, cuja solenidade a Igreja celebra no dia 8 de dezembro.

Data da Publicação: 07/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 07/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

Entre todas as criaturas de Deus, a Virgem Maria foi a única concebida sem a mancha do pecado original. Esta é verdade que fundamenta o dogma da Imaculada Conceição. Conheça a origem e reze a novena da Imaculada Conceição em preparação a esta grande solenidade, celebrada pela Igreja no dia 8 de dezembro.

O dogma da Imaculada Conceição


Tota pulchra es: Toda sois formosa, ó Maria, e não há em vós mácula original”. Este grito de espanto, que faz de portada o ofício da Imaculada Conceição, corresponde bem aos sentimentos que dominam a humanidade, ao ver-se presa da sordidez do mal, na presença da pureza irradiante da Virgem Santíssima.

Decretara Deus, desde toda a eternidade, fazer de Maria a Mãe do Verbo Encarnado e, por essa razão, a revestiu com as galas da santidade e lhe torou a alma morada digna para seu Filho. A redenção total, que desde a Conceição preservava a Senhora do contágio do mal, não deve separar-se da nossa própria redenção operada por Jesus. Colocada no coração do Advento, a festa da Imaculada Conceição anuncia os esplendores da Encarnação redentora. Instituiu-a Pio IX, depois da proclamação do dogma, em 8 de dezembro de 1864, mas esta solenidade tinha já, na história da Igreja, mais de um precedente.

Já no século VII se celebrava no Oriente a festa da Conceição da Virgem Santíssima e no IX e XI vamos encontrá-la respectivamente na Irlanda e na Inglaterra. Estas festas antigas são a voz da tradição a testemunhar, a respeito de Nossa Senhora, o culto ininterrupto da sua pureza imaculada, e Pio IX, definindo dogma a Imaculada Conceição, não fez mais que precisar, em termos teológicos, o que vinha sendo, através dos séculos, a fé constante da Igreja.

“Eu sou a Imaculada conceição”: A aparição de Nossa Senhora em Lourdes


Em 1858, havia na pequena cidade de Lourdes, na França, uma família muito pobre que vivia de favor num casebre emprestado.

A família Soubirous era composta de pai, mãe e quatro filhos. A filha mais velha, uma jovem ignorante e doente, seria conhecia por toda a eternidade pelo nome de Santa Bernadette Soubirous.

Um dia, quando buscava lenha para sua mãe, outra mãe — a Santa Mãe de Deus — dignou-se aparecer a ela numa gruta. Naquele dia, teve início um dos acontecimentos sobrenaturais mais impressionantes da Igreja moderna: as aparições de Nossa Senhora de Lourdes.

Nossa Senhora apareceu dezoito vezes, em Lourdes, para a jovem camponesa Bernadette. A fama das aparições se espalhava, mas a Senhora misteriosa não havia dado qualquer pista de quem era, apesar de muitos desconfiarem ser a Virgem Maria.

E, em uma dessas aparições, Bernadette pergunta: “Quem a Senhora é?”. Recebe , então, a resposta: “Eu sou a Imaculada Conceição”.

Você pode saber mais neste artigo: Imaculada Conceição: a festa e o dogma

pintura que retrata a aparição de Nossa Senhora à Santa Bernadette, quando revela "Eu sou a Imaculada Conceição".
Imagem da aparição de Nossa Senhora à jovem Bernadette, em Lourdes.


Novena da Imaculada Conceição


Orações para todos os dias da Novena da Imaculada Conceição


Hino


Virgem preservada
Da culpa de Adão,
Das nossas misérias
Tende compaixão.

Sois Mãe da pureza,
Toda a santidade,
Pede-nos propícia,
Pela vossa bondade.

Fuja de nós a culpa,
Como envergonhada,
Pois sois nossa Mãe,
Nossa advogada.

A graça triunfe
Da nossa dureza,
Valei-nos ó Virgem,
Ó Mãe da pureza.

Pelo mistério augusto
Da vossa Conceição,
Livrai-nos, Senhora,
Das garras do dragão.

Em corpo e alma
Subistes a Deus,
Lembrai-vos, Senhora,
De nós, servos seus.

Do alto dos Céus,
Onde já habitais,
De nós, miseráveis,
Não vos esqueçais.

A Jesus, vosso Filho.
Glória seja dada,
E à Trindade Única,
Por vós louvada. Assim seja.

Antífona

Muitas filhas juntaram riquezas. Vós à frente de todas, sem de alguma ser igualada, a todas, porém, tendes excedido.

. Estão cheios de graça os vossos lábios.
℟. Por isso Deus vos abençoou para sempre.

Oremos: Concede, misericordioso Deus, um esforço grande à nossa fragilidade, para que os que celebramos a memória da Santa Mãe de Deus, com o auxílio da sua intercessão ressuscitemos das nossas iniquidades. Pelo mesmo Senhor Jesus Cristo. Amém.

Primeiro dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


O Senhor me possui desde o princípio. 1

Sim, Virgem Augusta, Deus vos tem possuído desde o princípio. Alegrai-vos! Deus vos destina a ser Mãe de Seu Filho, eterno como Ele; onipotente, como Ele; perfeito, como Ele. Que grandeza não é a nossa, ó Maria! Sendo vós tão santa, tão amável, tão favorecida, que língua poderá contar as maravilhas das vossas comunicações com Deus! Como Sua filha privilegiada, saída das Suas mãos pura e imaculada, vosso espírito é ornado de luzes sobrenaturais; os sentimentos da vosso Coração são sentimentos do amor para Deus, vós estais como perdida e abismada ao ser divino!

Querubins e serafins, dai veneração à Imaculada Filha do Senhor! Vossos corações ardem todos em Deus; mas todo o vosso amor é apenas uma faísca comparado com o Coração de Maria! Mas, ah! Eu também sou filho do Senhor; é d’Ele que eu tenho o ser e a vida! Ele me tem dado uma alma capaz de O conhecer; um coração capaz de O amar!

Mas que uso tenho eu feito destes dons? Que enorme ingratidão! Eu os tenho feito servir ao pecado! Longe de contemplar as maravilhas do meu Deus, e a grandeza de meu Pai Celeste, só tenho nutrido no meu espírito pensamentos do século! Coberto dos Seus benefícios, eu me tenho servido deles contra o meu Benfeitor! Porém, meu Deus, meu tudo, eu quero resgatar os dias tão indignamente empregados! Quero riscá-los pelos meus pesares, pelas minhas lágrimas! Ó Maria! Eu vos rogo, pelo que vós tendes de mais amável, pela vossa Imaculada Conceição, lançai uma vista de benevolência sobre uma alma, que quer voltar para o seu Deus e consagrar-lhe, enfim, todo o ser. Ó vós, que jamais O tendes ofendido; vós, sua filha amada, alcançai-me que eu viva e morra no seu amor! – Ó Maria concebida sem pecado, rogai, por nós que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Lembrai-vos, ó misericordiosa Virgem Maria, que jamais se tenha ouvido dizer que vós tenhais abandonado aquele que a vós recorre, implora vossa assistência, que suplica vossa proteção. Animado desta confiança, eu venho, eu corro para vós, Virgem das virgens, junto de vós eu me refugio, gemendo prostrado a vossos pés, debaixo do enorme peso do meus pecados. Dignai-vos, ó Mãe do Verbo Encarnado, não rejeitar minhas humildes súplicas;, mas sede propícia a meus rogos; ouvi-me e intercedei por mim junto do vosso divino Filho. Assim seja.

Ladainha

℣. Toda sois formosa, ó Maria.
℟. Toda sois formosa ó Maria.
℣. E não vos maculou o pecado original.
℟. E não vos maculou o pecado original.
℣. Vós sois a glória de Jerusalém.
℟. Vós sois a alegria de Israel.
℣. Vós sois a honra do vosso povo.
℟. Vós sois a advogada dos pecadores.
℣. Ó Maria!
℟. Ó Maria!
℣. Virgem prudentíssima.
℟. Mãe clementíssima.
℣. Rogai por nós.
℟. Intercedei por nós a Jesus Cristo Nosso Senhor.
℣. Fostes, ó Virgem, Imaculada na vossa Conceição.
℟. Rogai por nós ao Pai cujo Filho destes à luz.

Oremos: Ó Deus, que preparaste uma digna habitação para vosso Filho pela Imaculada Conceição da Virgem Maria, preservando-a de toda a culpa pela prevista morte do mesmo Filho seu: concedei-nos pela intercessão desta Senhora, que purificados de toda a mácula cheguemos a lograr a vossa vista. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Assim seja.

Segundo dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


Eu vos saúdo, cheia de graça. 2

Quanto são graciosas em si mesmas, ó Maria, as palavras que vos dirige o anjo, que vem da parte de Deus vos anunciar que sois escolhida, entre todas as mulheres de Israel, para dar ao mundo o Salvador! Mas, se elas são graciosas, elas são bem merecidas. É verdadeiramente cheia de graça aquela que deve dar à luz o Autor de todas as graças! É cheia de graça a aurora que anuncia o belo dia da Redenção! É cheia de graça, a que vai receber no seu seio a santidade mesma! Regozijai-vos, ó Maria!

Vós não sois compreendida na massa da perdição! Vós sois sempre justa! A Mãe é digna do Filho! O Filho é a santidade mesma! A Mãe é a santidade privilegiada! Dareis à luz o Verbo feito carne, a Sabedoria incriada! Ó portento! Ó inaudito mistério! Feliz uma tal criatura! Felizes também todos aqueles que, como Maria, habitam com Jesus e vivem da Sua vida:. Ele é o caminho, a verdade e a vida.

Eu me tenho obrigado no batismo; eu me tenho declarado Seu discípulo, Seu imitador. Mas ah, como tenho cumprido com estas tão estreitas obrigações? Discípulo de Jesus Cristo, eu me tenho convertido em Seu inimigo. O mundo com suas vaidades tem sido a minha sorte. Estou unido a Deus pela fé; mas acaso o estou eu pela caridade, e pela minha conduta? Que obras boas, todas perdidas, porque não são feitas por Deus, em Deus, e com Deus! Perdão meu divino Salvador! Eu volto para Vós. Possa eu amar-vos como um S. Paulo, uma S. Teresa, um S. Vicente de Paulo! – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Virgem, vós fostes Imaculada na vossa Conceição: Vosso Santíssimo Filho vos privilegiou:, porque assim convinha à alta Dignidade, para que fostes escolhida:. lLá no Trono de glória, onde estais assentada, não vos esqueçais de nós pecadores: lançai sobre nós uma faísca daquele amor, em que tanto vos abrasais. Rogai por nós ao Pai, cujo Filho, Jesus, destes ao mundo, concebido do Espírito Santo no vosso casto seio, a fim, de alcançarmos, por vossa intercessão, o prêmio da eterna vida. Assim seja.

Terceiro dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


O Espírito Santo virá sobre vós. 3

O Espírito Santo sim, ó Maria, virá sobre vós. E poderá permitir que o pecado manche a vossa Conceição? Aquele que quer ser vosso Esposo deixará de levar as primícias? Pertencereis primeiro a Satanás, que a Deus? Alegrai-vos, Virgem augusta, vós sois, e em todo tempo, digna das vistas do vosso Esposo! Vós ides ser a Mãe da Graça, e estareis vós algum tempo sem Graça? Anjos e santos, felicitai a esposa do Altíssimo; ela é digna do seu destino, o Espírito Santo a tem preparado! Ó Virgem, quanto sois rica, quanto sois poderosa! Deus, pela Sua aliança inefável, vos confia todos os tesouros! Que privilégio!

Felizmente, vós sois a Mãe da Graça:, porque o vosso povo tem necessidades. Nós temos mil vezes contristado: o Espírito Santo, nós lhe temos resistido demasiadamente. Que bons pensamentos e que saudáveis inspirações não temos nós desprezado? Que desejos de conversão e perseverança não temos nós deixado escapar? De quantas graças não temos nós abusado? Ó Santa Virgem, é para nosso bem que vós tendes tanto poder: e é para nós que tendes na vossa mão os tesouros do Céu. Lembrai-vos que nós somos o vosso povo; falai, e sereis ouvida; falai, e seremos perdoados. – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Maria, Mãe de Jesus, ó minha Mãe, poderei eu viver sem vos amar? Não, não, vos direi como vosso devoto: nada de repouso, onde não há um terno amor para vós! Milhões de anjos e de bem-aventurados no Céu, que vos amam e vos louvam sem cessar; felizes corações sobre a Terra, que ardem também no vosso amor! Ó Virgem Imaculada! Ó Maria! Ó minha Mãe! Alcançai-me que eu vos ame com um amor todo filial, que eu só pense em vós, que vos honre, e faça honrar dos outros! Sim, ó Maria, amar-vos e sempre, este é o meu desejo. Ajudai-me, para que o cumpra. Assim seja.

Quarto dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


Eu sou a Mãe do Amor Perfeito.4

Por que é Maria a Mãe do Amor Perfeito? Ah, e por que o não seria ela? Filha, esposa, Mãe de Deus, ela é toda caridade; porque Deus é caridade. Sim, Deus é caridade: as três Divinas Pessoas se amam com um amor necessário e infinito. Deus, diz a Escritura, é um fogo que consome: um fogo que do santuário da divindade se derrama no exterior; é pela caridade que Ele criou o homem capaz de O conhecer e de O amar com todas as suas forças; é pela caridade que Ele se fez homem, para salvar o mesmo homem.

Mas se este fogo celeste se tem espalhado por toda a parte, quem tem sido mais abrasada que aquela que tem relações íntimas com as três Divinas Pessoas? Concebida sem pecado, destinada a dar à luz o Salvador e ser o Refúgio dos pecadores! Maria ficou cheia de amor apenas conheceu o seu Criador, de cujas mãos tinha saído pura. Este amor a fez associar à obra de Redenção. Se esta exige o sacrifício de seu Unigênito Filho, o amor é mais forte que a morte, ele o sacrifica à sua ternura por Deus e pelos homens.

Acaso, ó Santa Virgem, posso eu dizer de mim outro tanto? Eu tenho recebido da bondade de Deus o ser, a vida, corpo e alma com todas as faculdades. Ele me tem resgatado e santificado pela Sua misericórdia, e tenho-me eu consagrado a Seu serviço? Que tenho feito, ó meu Pai? Eu me confundo de Vos ter amado tão imperfeitamente!

“Beleza sempre antiga e sempre nova”, clamarei com S. Agostinho, “quanto eu Vos tenho conhecido tarde! Quanto Vos tenho amado tarde!” Oh, caridade, feita homem por meu amor! Que possa eu abrasar-me por Vós nas mesmas chamas, de que foi consumida Vossa Santíssima Mãe! Ó Mãe do Amor Perfeito, para reparar todas as minhas ingratidões quisera ter os corações de todos os homens, para os unir ao vosso, a fim de que, abrasados nas celestes chamas, eles só vivam de puro amor, eles morram de puro amor, para serem eternamente consumidos! – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Maria, Arca da Salvação, livre do universal naufrágio do pecado! Mãe de Jesus, refúgio seguro dos pobres pecadores! Dignai-vos lançar sobre nós uma vista de misericórdia, que nos dê a vida! “Ó minha Senhora, que arrebatais os corações”, direi com S. Boa ventura:, “arrancai-nos do pecado! Entregai-nos a Jesus!” Intercedei por nós a Jesus, e Jesus nos perdoará! Nós somos grandes pecadores, temos necessidade de uma grande misericórdia, mas vós sois a Mãe da misericórdia! Alcançai-no-la. Assim seja.

Leia mais:

Quinto dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


Minha alma glorifica ao Senhor. 5

Ó humildade, tão pouco conhecida do mundo antes do nascimento da Virgem, quanto vais ser honrada pela Filha do Senhor! Que os homens concebidos em pecado, culpados mesmo antes de nascer e depois de nascidos, que estes se humilhem, se conheçam indignos da amizade do seu Criador, isto se concebe; mas que Maria, toda de Deus, favorecida de Deus, cheia de Deus; que Maria, a criatura mais perfeita que jamais houve nem haverá, que de tudo se esqueça, para se comprazer no Senhor! Que lição esta para nós! Ó humildade, que encantos não encerras! Esta Virgem sabe pelas luzes da fé que só Deus é grande; por isso só a Ele atribui toda a glória; e às felicitações do anjo só responde pelo belo cântico da humildade, o Magníficat.

Anuncia-lhe o enviado celeste que ela é escolhida para Mãe do Messias e ela se intitula “escrava do Senhor”; traz no seu virginal seio o Verbo do Senhor e ela O cala a todo o mundo, até mesmo ao justo José, anjo tutelar do Deus Encarnado! Ela se sujeita à lei da purificação, apesar de estar isenta! Ela quer em tudo assemelhar-se a seu Filho, que se humilhou até a morte de cruz. Quanto, pois, esta Virgem é grande na sua humildade, que grandeza de poder! Tu fizestes descer o mesmo Deus do Céu à Terra!

Ó homens, envergonhai-vos da vossa soberba. O homem, que não é mais que pó e cinza, que tem um corpo de barro, um espírito de trevas, um corpo sensual, uma vontade depravada, uma imaginação sem freio:; o homem, que apenas tem um dia para viver sobre a Terra, antes de lhe entregar o que lhe pertence, quer ser honrado! Insensato! O nada e a miséria querem ser exaltados! Que loucura! Ó humildade, ó grande Maria! Ó Virgem Santa e poderosa! Alcançai-me o desprezo de mim, só para cuidar do meu Deus! Que só procure os desprezos e as humilhações, fuja de todos os louvores e não faça caso dos vitupérios! – Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Maria, vós sois a medianeira dos pecadores junto de Jesus: dizei uma palavra a vosso Filho, dizei a Jesus que vós quereis a nossa Salvação, e a Salvação nos será dada! Ó nossa Advogada! Ainda que pareça difícil e mesmo desesperada a nossa causa, defendida por vós não pode ser perdida! Nossas misérias aumentam nossa confiança: porque nós sabemos que a vossa piedade para conosco aumenta à proporção dos nossos pecados. Nós somos culpados, mas vós sois cheia de clemência. Derramai sobre nossos espíritos obscurecidos alguns desses raios brilhantes, que, esclarecendo-nos, triunfem sobre a nossa insensibilidade. Assim seja.

Sexto dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


Santa Virgem das virgens, rogai por nós. 6

Tomai, Senhor, o carvão aceso e vinde purificar-me, como em outro tempo a Isaías, a fim de que nos ocupemos dignamente desta sublime virtude! “Se um Deus devia nascer”, diz S. Agostinho, “Ele não podia nascer senão de uma virgem:; e se uma virgem devia dar à luz, ela não podia dar à luz senão a um Deus.” Tais são as duas prerrogativas de Maria e é por isso que ela é chamada Virgem das virgens. Sim, ela é a Virgem das virgens, porque marcha à sua frente: só ela desprezou o prejuízo das mulheres do seu tempo, que tinham por desonra o serem estéreis, porque tinham esperança de dar à luz o Messias prometido; ela não hesitou de consagrar ao Senhor, e o Senhor a escolheu por Sua Mãe.

Ah, como falar dignamente da pureza da Mãe de Deus! À voz do anjo ela se perturba: ainda que a saúde – cheia de graça – ela exclama o que significa esta saudação. Um santo temor se apodera dela, porque se acha com este embaixador celeste. É necessário, que ele assegure: “Não temais ó Maria, vós tendes achado graça nos olhos do Senhor; dareis à luz um filho, e lhe imporeis o nome Jesus.” Então é que ela consente em ser Mãe de Deus; mas temendo a respeito da sua pureza, ela pergunta: “De que modo se fará isto”, tendo-se consagrado a Deus? Que zelo pela sua honra! Que timidez, mesmo com um anjo!

Eu admiro, ó Virgem, Mãe de Jesus, Esposo das virgens, eu admiro vossa virtude; mas como o vosso mérito não me faz envergonhar? Vós tão modesta; eu escandalizando com as minhas desenvolturas! Vós temeis aparecer em público e, para visitar vossa prima S. Isabel, apressais a marcha:; eu, pelo contrário, só procuro a companhia do mundo! Vós sempre mortificada, eu sempre sensual! Ah! Eu quero imitar-vos: eu quero fugir de tudo o que é mau. Eu quero… Ah, mas acaso posso eu por mim mesmo? Ajudai-me Santa Virgem; mostrai que sois minha Mãe. – Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Maria, humildemente vos suplico que não percais esta ocasião de satisfazer a mais doce inclinação do vosso coração: pedi misericórdia para todos os pecadores! Tomai à vossa conta sua conversão! Eu não quero nem posso temer dirigindo-me a vós; o temor será injúria à vossa misericordiosa bondade, que gosta de procurar os infelizes para os socorrer. Socorrei-nos, pois, nas pesadas tribulações desta vida, para que, vencendo-as, vamos gozar da vossa amável companhia. Assim seja.

Sétimo dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


Eu a conduzirei à solidão, e aí lhe falarei ao coração. 7

Tereis vós podido, amável Salvador, não conduzir Vossa santa Mãe à solidão para a enriquecer dos vossos dons? Concebida sem pecado, destinada a Vos dar à luz, ela era necessariamente o objeto do Vosso amor; seus pensamentos eram os Vossos. Vós tendes amaldiçoado o mundo; ela o tem amaldiçoado também. Vós viveis na solidão; Maria procura o retiro. Vós pregais a vida retirada com obras e palavras; Maria Vos imita.

Ó mundo, quanto tu és desprezível! Solidão, que encantos não encerras! A filha de Deus, a Mãe de Deus, a esposa de Deus aí é ornada pelo brilhante de suas virtudes. Com que prontidão deixa ela a casa paterna, para voar à de Deus! Que dias tranquilos não passa ela aí! Templo do Senhor, testemunha durante tantos anos das suas orações, suspiros e lágrimas, dize-nos qual foi o fogo do seu amor, o ardor do seu coração! Ah, ela é toda caridade! Se deixa a solidão, é só para beneficiar os homens.

Quanto vossa conduta me condena, ó Imaculada Maria! Vós na solidão, eu no mundo! Vós conversando com Deus, eu com os pecadores! Nos vossos entretimentos com o Senhor, tudo é piedade; eu só tenho conversações dissipadas, criminosas! Funesto o estado em que me acho! Ó Maria, eu tenho necessidade de vós! Permiti-me, que vos dê o doce nome de Mãe, apesar da minha indignidade! Eu sei, que o Espírito de Deus é incompatível com o espírito do mundo. Eu tenho sido vítima, ó minha Mãe, tenho sido culpado! Dignai-vos ser meu refúgio; alcançai-me a graça de fazer penitência: que siga vossos exemplos; procure a vida interior; suspire pela solidão, e termine, enfim, a minha carreira só com Deus. – Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Maria, aurora toda brilhante da divina luz do Sol da Justiça, Mãe do Santo Amor! Vós, cujo coração ardeu sempre no fogo da mais ardente caridade! Ó minha Senhora, que arrebatais os corações, lançai sobre nós as vistas da vossa doce compaixão sobre a nossa frieza e nossa laxidão. Acordai-nos do nosso adormecimento; derramai sobre o nosso espírito esses raios de luz que nos descobrem as infinitas perfeições de Deus; atraí-nos a elas; encadeai-nos a Jesus com laços tão estreitos que não possamos jamais apartar-nos do Seu amor. Tudo o que vós pedirdes vos será concedido: pedi, pois, algumas faíscas daquele fogo que Ele veio trazer do Céu à Terra, e ele nos será dado. Assim seja.

Oitavo dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


A Mãe de Jesus estava de pé junto da Cruz. 8

Deve-se, acaso, falar de dor, quando se trata de Maria? Uma Virgem Imaculada deve sofrer? O objeto das complacências do Senhor derramará lágrimas? A filha, a Mãe, a esposa de Deus, não é ela feita para alegria? Regozijai-vos, Mãe augusta! Vosso Filho sofre, Vós sofrereis também! A santidade, por excelência, está em dores; a santidade comunicada o estará também! O Criador é maltratado, a criatura por excelência será desconhecida, desprezada!

Ó sofrimento, quem não te amará depois do sofrimento do Filho e da Mãe? Mas que sofrimento o de Maria? Filha de reis, descendente de David e Salomão, acaso nasce na opulência? O seu berço é cercado das homenagens dos grandes? Nada disto: o mundo a ignora, as privações são todas a sua herança. Quando vai ao templo, na sua purificação, não tem sequer um cordeiro para oferecer: dois pombinhos, oferta de pobres, suprem o seu lugar. Ela é a Virgem, a mais santa; contudo, a mais aflita.

Que dores, Mãe do Verbo feito carne, quando O vistes entregue ao poder das trevas, arrastado aos tribunais, maltratado por uma soldadesca desenfreada? Quando O vistes flagelado, carregado com o instrumento do último suplício! Porém, não vamos mais longe. Digamos somente que O vistes na cruz dar o último suspiro! A terra treme. Mas vós, ó Mãe generosa, no meio da dor mais amarga, ficais de pé junto da Cruz: Stabat Mater dolorosa juxta crucem lacrimosa.

Habitantes do Céu, contemplai a vossa Rainha: ela chora de ternura por seu Filho e pelos homens. E vós, habitantes da Terra, bendizei a vossa Mãe que sofre por vós. Mas não a façais sofrer mais por vossos pecados! Minha Mãe, alcançai-me a graça de vos imitar! Fazei que eu tenha a felicidade de me assemelhar a vosso Santíssimo Filho, e que eu termine minha vida dizendo com Ele: “Meu Pai, nas Vossas mãos encomendo Meu espírito.” – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Maria, jardim fechado, cujas flores e frutos fizeram as delícias da Santíssima Trindade; lírio brilhante, pureza no meio de espinhos, espelho da Justiça! Ó minha Senhora, que arrebatais os corações, arrastai-nos para vós: fazei que corramos ao cheiro dos vossos perfumes! Eu não vos peço riquezas, honras, nem outros bens da Terra; só que vossa misericordiosa mão nos sustente no meio dos combates; que nos guie nos caminhos da perfeição, para que possamos chegar ao monte santo do Senhor. Assim seja.

Nono dia da Novena da Imaculada Conceição


Meditação


Eu vos conjuro, filha de Jerusalém, de lhe anunciar que desfaleço de amor. 9

Quais são estas filhas de Jerusalém que a Mãe do Salvador convida a falar do seu amor a seu amado? Habitantes da Jerusalém celeste, que sois testemunhas dos transportes que unem o Filho à Mãe, só vós o podeis dizer. Talvez que todos juntamente possais apreciar, pela extensão das vossas luzes, a languidez que sobre a Terra consumia o coração da mais santa e da mais amante das mães. Vós, Virgem Santa, estais sobre a Terra; mas, podereis vós aí viver? Não, porque o amor é mais forte que a mesma morte; a Terra não é digna de vos possuir; filha de Deus, vosso Pai vos chama; esposa de Deus, vosso celeste Esposo vos chama; Mãe de Deus, vosso amado Filho vos chama.

Ó vós, que tendes relações tão estreitas com a Santíssima Trindade, subi ao Céu; fazei vossa entrada triunfante, encostada sobre vosso amado. Mandai a corte celeste:; porém, mandai-lhe vigiar no deserto, que acabais de deixar! Vós tendes sido nossa e nós temos necessidade de vós.

E poderemos nós ficar sobre a Terra sem a vossa companhia? Ah, ela é a habitação de todos os males! Longe de Deus tudo é enojo, desgosto, tédio, enfermidade, miséria! Ó mundo, quanto teus bens, tuas felicidades, teus prazeres são desprezíveis! Ó vaidade, ó nada, ó pecado! Belo Céu, quando entrarei no número de teus habitantes? Eu não quero senão a meu Deus! Ele é o meu tudo! Quando, pois, verei, ó Rei imortal! Ó meu Criador! Ó meu Pai! Que não deseje eu ser dissolvido, para me unir com Cristo, como um S. Paulo! Que não morra eu de pesar de não poder morrer como uma S.Teresa!

Ó Santa Mãe de Deus, alcançai-me, graça de salvação! Quanto serei feliz se depois desta novena, que tive a felicidade de fazer pelo vosso socorro, eu empregue e termine meus dias em vos amar, e em servir a vosso divino Filho para ir bendizê-lo e amá-lo conosco nos séculos dos séculos! – Ó Maria, concebida sem pecado; rogai por nós, que recorremos a vós!

Reza-se três Ave-Marias.

Jaculatória

℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

Colóquio

Ó Maria, nossa Mãe e nosso modelo, afeiçoai nossos corações à imitação das vossas admiráveis virtudes, e sobretudo aquelas que Jesus tem mais direito a esperar de nós. Oh! Derramai sobre nós, com vossa misericordiosa liberalidade, esses raios de luz sobrenatural que, fazendo-nos apreciar a sublimidade do nosso estado, nos encham da santa unção da graça, a fim de que nos aproveitemos de todos os meios que nos são dispensados para aí chegarmos. E vos pedindo, ó Maria, estas graças de perfeição e o dom precioso de perseverança, de vos invocar debaixo deste título tão glorioso para vós e tão delicioso para o Coração do vosso Filho; mostra, Senhora, que sois nossa Mãe, receba por vós nossas orações aquele Senhor que de vós por nós nasceu. Assim seja.

Oração para o dia da Solenidade da Imaculada Conceição


Ó Maria, Mãe toda amável, que tendes assistido ao vosso Filho sobre o Calvário, rogai, ah, rogai por nós pobres pecadores, agora e na hora da nossa morte! Quando amanhecerá o dia de meus últimos combates com o Inferno? Eu o ignoro, ó minha Mãe! Derramai, pois, hoje sobre mim estas graças abundantes, que dispõem para bem morrer! No artigo da morte, ó Maria, assisti-me. Rogai por nós, que talvez não possamos orar, mas que tanto tem custado a vosso divino Filho e que a vós mesma tem custado tantas lágrimas, tantas dores, tantos cuidados! Virgem fiel, mostrai, e sobretudo então, que sois nossa Mãe! Sede nossa advogada nesse terrível momento em que todas as nossas faltas se levantam contra nós para nos condenar, ou nos desesperar. Nós teremos muita necessidade da vossa misericórdia, assisti-nos poderosamente então!

O Céu e a Terra sabem que aqueles que estão cobertos da vossa proteção não poderão acabar: protegei-nos, ó Maria, cheia de bondade; eu ponho no seio da vossa maternal ternura o meu corpo, com todos os seus sentidos e minha alma, com todos os seus pensamentos e afetos! Oh, então as criaturas, meus amigos mesmo, talvez se esquecerão de mim, me abandonarão! Ó minha Mãe, não vos esqueçais, não me abandoneis!

Fazei que me lembre de vos invocar frequentemente com a boca e com o coração! Alcançai-me morrer pronunciando o nome de vosso divino Filho, e do vosso casto esposo e o vosso, ó terna Mãe, Porta e Rainha do Céu! Virgem cheia de clemência, nós nos escondemos no vosso Santo Imaculado Coração: introduzi-nos no de Jesus, e conduzi-nos ao Céu. – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

Referências

  1. Pv 8, 22[]
  2. Lc 1, 28[]
  3. Lc 1, 35[]
  4. Eclo 24, 24[]
  5. Lc 1, 46[]
  6. Ladainha Lauretana[]
  7. Os 2, 14[]
  8. Jo 19, 25[]
  9. Ct 5, 8[]

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação MBC

    Redação MBC

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    Garanta seu box

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Entre todas as criaturas de Deus, a Virgem Maria foi a única concebida sem a mancha do pecado original. Esta é verdade que fundamenta o dogma da Imaculada Conceição. Conheça a origem e reze a novena da Imaculada Conceição em preparação a esta grande solenidade, celebrada pela Igreja no dia 8 de dezembro.

    O dogma da Imaculada Conceição


    Tota pulchra es: Toda sois formosa, ó Maria, e não há em vós mácula original”. Este grito de espanto, que faz de portada o ofício da Imaculada Conceição, corresponde bem aos sentimentos que dominam a humanidade, ao ver-se presa da sordidez do mal, na presença da pureza irradiante da Virgem Santíssima.

    Decretara Deus, desde toda a eternidade, fazer de Maria a Mãe do Verbo Encarnado e, por essa razão, a revestiu com as galas da santidade e lhe torou a alma morada digna para seu Filho. A redenção total, que desde a Conceição preservava a Senhora do contágio do mal, não deve separar-se da nossa própria redenção operada por Jesus. Colocada no coração do Advento, a festa da Imaculada Conceição anuncia os esplendores da Encarnação redentora. Instituiu-a Pio IX, depois da proclamação do dogma, em 8 de dezembro de 1864, mas esta solenidade tinha já, na história da Igreja, mais de um precedente.

    Já no século VII se celebrava no Oriente a festa da Conceição da Virgem Santíssima e no IX e XI vamos encontrá-la respectivamente na Irlanda e na Inglaterra. Estas festas antigas são a voz da tradição a testemunhar, a respeito de Nossa Senhora, o culto ininterrupto da sua pureza imaculada, e Pio IX, definindo dogma a Imaculada Conceição, não fez mais que precisar, em termos teológicos, o que vinha sendo, através dos séculos, a fé constante da Igreja.

    “Eu sou a Imaculada conceição”: A aparição de Nossa Senhora em Lourdes


    Em 1858, havia na pequena cidade de Lourdes, na França, uma família muito pobre que vivia de favor num casebre emprestado.

    A família Soubirous era composta de pai, mãe e quatro filhos. A filha mais velha, uma jovem ignorante e doente, seria conhecia por toda a eternidade pelo nome de Santa Bernadette Soubirous.

    Um dia, quando buscava lenha para sua mãe, outra mãe — a Santa Mãe de Deus — dignou-se aparecer a ela numa gruta. Naquele dia, teve início um dos acontecimentos sobrenaturais mais impressionantes da Igreja moderna: as aparições de Nossa Senhora de Lourdes.

    Nossa Senhora apareceu dezoito vezes, em Lourdes, para a jovem camponesa Bernadette. A fama das aparições se espalhava, mas a Senhora misteriosa não havia dado qualquer pista de quem era, apesar de muitos desconfiarem ser a Virgem Maria.

    E, em uma dessas aparições, Bernadette pergunta: “Quem a Senhora é?”. Recebe , então, a resposta: “Eu sou a Imaculada Conceição”.

    Você pode saber mais neste artigo: Imaculada Conceição: a festa e o dogma

    pintura que retrata a aparição de Nossa Senhora à Santa Bernadette, quando revela "Eu sou a Imaculada Conceição".
    Imagem da aparição de Nossa Senhora à jovem Bernadette, em Lourdes.


    Novena da Imaculada Conceição


    Orações para todos os dias da Novena da Imaculada Conceição


    Hino


    Virgem preservada
    Da culpa de Adão,
    Das nossas misérias
    Tende compaixão.

    Sois Mãe da pureza,
    Toda a santidade,
    Pede-nos propícia,
    Pela vossa bondade.

    Fuja de nós a culpa,
    Como envergonhada,
    Pois sois nossa Mãe,
    Nossa advogada.

    A graça triunfe
    Da nossa dureza,
    Valei-nos ó Virgem,
    Ó Mãe da pureza.

    Pelo mistério augusto
    Da vossa Conceição,
    Livrai-nos, Senhora,
    Das garras do dragão.

    Em corpo e alma
    Subistes a Deus,
    Lembrai-vos, Senhora,
    De nós, servos seus.

    Do alto dos Céus,
    Onde já habitais,
    De nós, miseráveis,
    Não vos esqueçais.

    A Jesus, vosso Filho.
    Glória seja dada,
    E à Trindade Única,
    Por vós louvada. Assim seja.

    Antífona

    Muitas filhas juntaram riquezas. Vós à frente de todas, sem de alguma ser igualada, a todas, porém, tendes excedido.

    . Estão cheios de graça os vossos lábios.
    ℟. Por isso Deus vos abençoou para sempre.

    Oremos: Concede, misericordioso Deus, um esforço grande à nossa fragilidade, para que os que celebramos a memória da Santa Mãe de Deus, com o auxílio da sua intercessão ressuscitemos das nossas iniquidades. Pelo mesmo Senhor Jesus Cristo. Amém.

    Primeiro dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    O Senhor me possui desde o princípio. 1

    Sim, Virgem Augusta, Deus vos tem possuído desde o princípio. Alegrai-vos! Deus vos destina a ser Mãe de Seu Filho, eterno como Ele; onipotente, como Ele; perfeito, como Ele. Que grandeza não é a nossa, ó Maria! Sendo vós tão santa, tão amável, tão favorecida, que língua poderá contar as maravilhas das vossas comunicações com Deus! Como Sua filha privilegiada, saída das Suas mãos pura e imaculada, vosso espírito é ornado de luzes sobrenaturais; os sentimentos da vosso Coração são sentimentos do amor para Deus, vós estais como perdida e abismada ao ser divino!

    Querubins e serafins, dai veneração à Imaculada Filha do Senhor! Vossos corações ardem todos em Deus; mas todo o vosso amor é apenas uma faísca comparado com o Coração de Maria! Mas, ah! Eu também sou filho do Senhor; é d’Ele que eu tenho o ser e a vida! Ele me tem dado uma alma capaz de O conhecer; um coração capaz de O amar!

    Mas que uso tenho eu feito destes dons? Que enorme ingratidão! Eu os tenho feito servir ao pecado! Longe de contemplar as maravilhas do meu Deus, e a grandeza de meu Pai Celeste, só tenho nutrido no meu espírito pensamentos do século! Coberto dos Seus benefícios, eu me tenho servido deles contra o meu Benfeitor! Porém, meu Deus, meu tudo, eu quero resgatar os dias tão indignamente empregados! Quero riscá-los pelos meus pesares, pelas minhas lágrimas! Ó Maria! Eu vos rogo, pelo que vós tendes de mais amável, pela vossa Imaculada Conceição, lançai uma vista de benevolência sobre uma alma, que quer voltar para o seu Deus e consagrar-lhe, enfim, todo o ser. Ó vós, que jamais O tendes ofendido; vós, sua filha amada, alcançai-me que eu viva e morra no seu amor! – Ó Maria concebida sem pecado, rogai, por nós que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Lembrai-vos, ó misericordiosa Virgem Maria, que jamais se tenha ouvido dizer que vós tenhais abandonado aquele que a vós recorre, implora vossa assistência, que suplica vossa proteção. Animado desta confiança, eu venho, eu corro para vós, Virgem das virgens, junto de vós eu me refugio, gemendo prostrado a vossos pés, debaixo do enorme peso do meus pecados. Dignai-vos, ó Mãe do Verbo Encarnado, não rejeitar minhas humildes súplicas;, mas sede propícia a meus rogos; ouvi-me e intercedei por mim junto do vosso divino Filho. Assim seja.

    Ladainha

    ℣. Toda sois formosa, ó Maria.
    ℟. Toda sois formosa ó Maria.
    ℣. E não vos maculou o pecado original.
    ℟. E não vos maculou o pecado original.
    ℣. Vós sois a glória de Jerusalém.
    ℟. Vós sois a alegria de Israel.
    ℣. Vós sois a honra do vosso povo.
    ℟. Vós sois a advogada dos pecadores.
    ℣. Ó Maria!
    ℟. Ó Maria!
    ℣. Virgem prudentíssima.
    ℟. Mãe clementíssima.
    ℣. Rogai por nós.
    ℟. Intercedei por nós a Jesus Cristo Nosso Senhor.
    ℣. Fostes, ó Virgem, Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Rogai por nós ao Pai cujo Filho destes à luz.

    Oremos: Ó Deus, que preparaste uma digna habitação para vosso Filho pela Imaculada Conceição da Virgem Maria, preservando-a de toda a culpa pela prevista morte do mesmo Filho seu: concedei-nos pela intercessão desta Senhora, que purificados de toda a mácula cheguemos a lograr a vossa vista. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Assim seja.

    Segundo dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    Eu vos saúdo, cheia de graça. 2

    Quanto são graciosas em si mesmas, ó Maria, as palavras que vos dirige o anjo, que vem da parte de Deus vos anunciar que sois escolhida, entre todas as mulheres de Israel, para dar ao mundo o Salvador! Mas, se elas são graciosas, elas são bem merecidas. É verdadeiramente cheia de graça aquela que deve dar à luz o Autor de todas as graças! É cheia de graça a aurora que anuncia o belo dia da Redenção! É cheia de graça, a que vai receber no seu seio a santidade mesma! Regozijai-vos, ó Maria!

    Vós não sois compreendida na massa da perdição! Vós sois sempre justa! A Mãe é digna do Filho! O Filho é a santidade mesma! A Mãe é a santidade privilegiada! Dareis à luz o Verbo feito carne, a Sabedoria incriada! Ó portento! Ó inaudito mistério! Feliz uma tal criatura! Felizes também todos aqueles que, como Maria, habitam com Jesus e vivem da Sua vida:. Ele é o caminho, a verdade e a vida.

    Eu me tenho obrigado no batismo; eu me tenho declarado Seu discípulo, Seu imitador. Mas ah, como tenho cumprido com estas tão estreitas obrigações? Discípulo de Jesus Cristo, eu me tenho convertido em Seu inimigo. O mundo com suas vaidades tem sido a minha sorte. Estou unido a Deus pela fé; mas acaso o estou eu pela caridade, e pela minha conduta? Que obras boas, todas perdidas, porque não são feitas por Deus, em Deus, e com Deus! Perdão meu divino Salvador! Eu volto para Vós. Possa eu amar-vos como um S. Paulo, uma S. Teresa, um S. Vicente de Paulo! – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Virgem, vós fostes Imaculada na vossa Conceição: Vosso Santíssimo Filho vos privilegiou:, porque assim convinha à alta Dignidade, para que fostes escolhida:. lLá no Trono de glória, onde estais assentada, não vos esqueçais de nós pecadores: lançai sobre nós uma faísca daquele amor, em que tanto vos abrasais. Rogai por nós ao Pai, cujo Filho, Jesus, destes ao mundo, concebido do Espírito Santo no vosso casto seio, a fim, de alcançarmos, por vossa intercessão, o prêmio da eterna vida. Assim seja.

    Terceiro dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    O Espírito Santo virá sobre vós. 3

    O Espírito Santo sim, ó Maria, virá sobre vós. E poderá permitir que o pecado manche a vossa Conceição? Aquele que quer ser vosso Esposo deixará de levar as primícias? Pertencereis primeiro a Satanás, que a Deus? Alegrai-vos, Virgem augusta, vós sois, e em todo tempo, digna das vistas do vosso Esposo! Vós ides ser a Mãe da Graça, e estareis vós algum tempo sem Graça? Anjos e santos, felicitai a esposa do Altíssimo; ela é digna do seu destino, o Espírito Santo a tem preparado! Ó Virgem, quanto sois rica, quanto sois poderosa! Deus, pela Sua aliança inefável, vos confia todos os tesouros! Que privilégio!

    Felizmente, vós sois a Mãe da Graça:, porque o vosso povo tem necessidades. Nós temos mil vezes contristado: o Espírito Santo, nós lhe temos resistido demasiadamente. Que bons pensamentos e que saudáveis inspirações não temos nós desprezado? Que desejos de conversão e perseverança não temos nós deixado escapar? De quantas graças não temos nós abusado? Ó Santa Virgem, é para nosso bem que vós tendes tanto poder: e é para nós que tendes na vossa mão os tesouros do Céu. Lembrai-vos que nós somos o vosso povo; falai, e sereis ouvida; falai, e seremos perdoados. – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Maria, Mãe de Jesus, ó minha Mãe, poderei eu viver sem vos amar? Não, não, vos direi como vosso devoto: nada de repouso, onde não há um terno amor para vós! Milhões de anjos e de bem-aventurados no Céu, que vos amam e vos louvam sem cessar; felizes corações sobre a Terra, que ardem também no vosso amor! Ó Virgem Imaculada! Ó Maria! Ó minha Mãe! Alcançai-me que eu vos ame com um amor todo filial, que eu só pense em vós, que vos honre, e faça honrar dos outros! Sim, ó Maria, amar-vos e sempre, este é o meu desejo. Ajudai-me, para que o cumpra. Assim seja.

    Quarto dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    Eu sou a Mãe do Amor Perfeito.4

    Por que é Maria a Mãe do Amor Perfeito? Ah, e por que o não seria ela? Filha, esposa, Mãe de Deus, ela é toda caridade; porque Deus é caridade. Sim, Deus é caridade: as três Divinas Pessoas se amam com um amor necessário e infinito. Deus, diz a Escritura, é um fogo que consome: um fogo que do santuário da divindade se derrama no exterior; é pela caridade que Ele criou o homem capaz de O conhecer e de O amar com todas as suas forças; é pela caridade que Ele se fez homem, para salvar o mesmo homem.

    Mas se este fogo celeste se tem espalhado por toda a parte, quem tem sido mais abrasada que aquela que tem relações íntimas com as três Divinas Pessoas? Concebida sem pecado, destinada a dar à luz o Salvador e ser o Refúgio dos pecadores! Maria ficou cheia de amor apenas conheceu o seu Criador, de cujas mãos tinha saído pura. Este amor a fez associar à obra de Redenção. Se esta exige o sacrifício de seu Unigênito Filho, o amor é mais forte que a morte, ele o sacrifica à sua ternura por Deus e pelos homens.

    Acaso, ó Santa Virgem, posso eu dizer de mim outro tanto? Eu tenho recebido da bondade de Deus o ser, a vida, corpo e alma com todas as faculdades. Ele me tem resgatado e santificado pela Sua misericórdia, e tenho-me eu consagrado a Seu serviço? Que tenho feito, ó meu Pai? Eu me confundo de Vos ter amado tão imperfeitamente!

    “Beleza sempre antiga e sempre nova”, clamarei com S. Agostinho, “quanto eu Vos tenho conhecido tarde! Quanto Vos tenho amado tarde!” Oh, caridade, feita homem por meu amor! Que possa eu abrasar-me por Vós nas mesmas chamas, de que foi consumida Vossa Santíssima Mãe! Ó Mãe do Amor Perfeito, para reparar todas as minhas ingratidões quisera ter os corações de todos os homens, para os unir ao vosso, a fim de que, abrasados nas celestes chamas, eles só vivam de puro amor, eles morram de puro amor, para serem eternamente consumidos! – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Maria, Arca da Salvação, livre do universal naufrágio do pecado! Mãe de Jesus, refúgio seguro dos pobres pecadores! Dignai-vos lançar sobre nós uma vista de misericórdia, que nos dê a vida! “Ó minha Senhora, que arrebatais os corações”, direi com S. Boa ventura:, “arrancai-nos do pecado! Entregai-nos a Jesus!” Intercedei por nós a Jesus, e Jesus nos perdoará! Nós somos grandes pecadores, temos necessidade de uma grande misericórdia, mas vós sois a Mãe da misericórdia! Alcançai-no-la. Assim seja.

    Leia mais:

    Quinto dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    Minha alma glorifica ao Senhor. 5

    Ó humildade, tão pouco conhecida do mundo antes do nascimento da Virgem, quanto vais ser honrada pela Filha do Senhor! Que os homens concebidos em pecado, culpados mesmo antes de nascer e depois de nascidos, que estes se humilhem, se conheçam indignos da amizade do seu Criador, isto se concebe; mas que Maria, toda de Deus, favorecida de Deus, cheia de Deus; que Maria, a criatura mais perfeita que jamais houve nem haverá, que de tudo se esqueça, para se comprazer no Senhor! Que lição esta para nós! Ó humildade, que encantos não encerras! Esta Virgem sabe pelas luzes da fé que só Deus é grande; por isso só a Ele atribui toda a glória; e às felicitações do anjo só responde pelo belo cântico da humildade, o Magníficat.

    Anuncia-lhe o enviado celeste que ela é escolhida para Mãe do Messias e ela se intitula “escrava do Senhor”; traz no seu virginal seio o Verbo do Senhor e ela O cala a todo o mundo, até mesmo ao justo José, anjo tutelar do Deus Encarnado! Ela se sujeita à lei da purificação, apesar de estar isenta! Ela quer em tudo assemelhar-se a seu Filho, que se humilhou até a morte de cruz. Quanto, pois, esta Virgem é grande na sua humildade, que grandeza de poder! Tu fizestes descer o mesmo Deus do Céu à Terra!

    Ó homens, envergonhai-vos da vossa soberba. O homem, que não é mais que pó e cinza, que tem um corpo de barro, um espírito de trevas, um corpo sensual, uma vontade depravada, uma imaginação sem freio:; o homem, que apenas tem um dia para viver sobre a Terra, antes de lhe entregar o que lhe pertence, quer ser honrado! Insensato! O nada e a miséria querem ser exaltados! Que loucura! Ó humildade, ó grande Maria! Ó Virgem Santa e poderosa! Alcançai-me o desprezo de mim, só para cuidar do meu Deus! Que só procure os desprezos e as humilhações, fuja de todos os louvores e não faça caso dos vitupérios! – Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Maria, vós sois a medianeira dos pecadores junto de Jesus: dizei uma palavra a vosso Filho, dizei a Jesus que vós quereis a nossa Salvação, e a Salvação nos será dada! Ó nossa Advogada! Ainda que pareça difícil e mesmo desesperada a nossa causa, defendida por vós não pode ser perdida! Nossas misérias aumentam nossa confiança: porque nós sabemos que a vossa piedade para conosco aumenta à proporção dos nossos pecados. Nós somos culpados, mas vós sois cheia de clemência. Derramai sobre nossos espíritos obscurecidos alguns desses raios brilhantes, que, esclarecendo-nos, triunfem sobre a nossa insensibilidade. Assim seja.

    Sexto dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    Santa Virgem das virgens, rogai por nós. 6

    Tomai, Senhor, o carvão aceso e vinde purificar-me, como em outro tempo a Isaías, a fim de que nos ocupemos dignamente desta sublime virtude! “Se um Deus devia nascer”, diz S. Agostinho, “Ele não podia nascer senão de uma virgem:; e se uma virgem devia dar à luz, ela não podia dar à luz senão a um Deus.” Tais são as duas prerrogativas de Maria e é por isso que ela é chamada Virgem das virgens. Sim, ela é a Virgem das virgens, porque marcha à sua frente: só ela desprezou o prejuízo das mulheres do seu tempo, que tinham por desonra o serem estéreis, porque tinham esperança de dar à luz o Messias prometido; ela não hesitou de consagrar ao Senhor, e o Senhor a escolheu por Sua Mãe.

    Ah, como falar dignamente da pureza da Mãe de Deus! À voz do anjo ela se perturba: ainda que a saúde – cheia de graça – ela exclama o que significa esta saudação. Um santo temor se apodera dela, porque se acha com este embaixador celeste. É necessário, que ele assegure: “Não temais ó Maria, vós tendes achado graça nos olhos do Senhor; dareis à luz um filho, e lhe imporeis o nome Jesus.” Então é que ela consente em ser Mãe de Deus; mas temendo a respeito da sua pureza, ela pergunta: “De que modo se fará isto”, tendo-se consagrado a Deus? Que zelo pela sua honra! Que timidez, mesmo com um anjo!

    Eu admiro, ó Virgem, Mãe de Jesus, Esposo das virgens, eu admiro vossa virtude; mas como o vosso mérito não me faz envergonhar? Vós tão modesta; eu escandalizando com as minhas desenvolturas! Vós temeis aparecer em público e, para visitar vossa prima S. Isabel, apressais a marcha:; eu, pelo contrário, só procuro a companhia do mundo! Vós sempre mortificada, eu sempre sensual! Ah! Eu quero imitar-vos: eu quero fugir de tudo o que é mau. Eu quero… Ah, mas acaso posso eu por mim mesmo? Ajudai-me Santa Virgem; mostrai que sois minha Mãe. – Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Maria, humildemente vos suplico que não percais esta ocasião de satisfazer a mais doce inclinação do vosso coração: pedi misericórdia para todos os pecadores! Tomai à vossa conta sua conversão! Eu não quero nem posso temer dirigindo-me a vós; o temor será injúria à vossa misericordiosa bondade, que gosta de procurar os infelizes para os socorrer. Socorrei-nos, pois, nas pesadas tribulações desta vida, para que, vencendo-as, vamos gozar da vossa amável companhia. Assim seja.

    Sétimo dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    Eu a conduzirei à solidão, e aí lhe falarei ao coração. 7

    Tereis vós podido, amável Salvador, não conduzir Vossa santa Mãe à solidão para a enriquecer dos vossos dons? Concebida sem pecado, destinada a Vos dar à luz, ela era necessariamente o objeto do Vosso amor; seus pensamentos eram os Vossos. Vós tendes amaldiçoado o mundo; ela o tem amaldiçoado também. Vós viveis na solidão; Maria procura o retiro. Vós pregais a vida retirada com obras e palavras; Maria Vos imita.

    Ó mundo, quanto tu és desprezível! Solidão, que encantos não encerras! A filha de Deus, a Mãe de Deus, a esposa de Deus aí é ornada pelo brilhante de suas virtudes. Com que prontidão deixa ela a casa paterna, para voar à de Deus! Que dias tranquilos não passa ela aí! Templo do Senhor, testemunha durante tantos anos das suas orações, suspiros e lágrimas, dize-nos qual foi o fogo do seu amor, o ardor do seu coração! Ah, ela é toda caridade! Se deixa a solidão, é só para beneficiar os homens.

    Quanto vossa conduta me condena, ó Imaculada Maria! Vós na solidão, eu no mundo! Vós conversando com Deus, eu com os pecadores! Nos vossos entretimentos com o Senhor, tudo é piedade; eu só tenho conversações dissipadas, criminosas! Funesto o estado em que me acho! Ó Maria, eu tenho necessidade de vós! Permiti-me, que vos dê o doce nome de Mãe, apesar da minha indignidade! Eu sei, que o Espírito de Deus é incompatível com o espírito do mundo. Eu tenho sido vítima, ó minha Mãe, tenho sido culpado! Dignai-vos ser meu refúgio; alcançai-me a graça de fazer penitência: que siga vossos exemplos; procure a vida interior; suspire pela solidão, e termine, enfim, a minha carreira só com Deus. – Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Maria, aurora toda brilhante da divina luz do Sol da Justiça, Mãe do Santo Amor! Vós, cujo coração ardeu sempre no fogo da mais ardente caridade! Ó minha Senhora, que arrebatais os corações, lançai sobre nós as vistas da vossa doce compaixão sobre a nossa frieza e nossa laxidão. Acordai-nos do nosso adormecimento; derramai sobre o nosso espírito esses raios de luz que nos descobrem as infinitas perfeições de Deus; atraí-nos a elas; encadeai-nos a Jesus com laços tão estreitos que não possamos jamais apartar-nos do Seu amor. Tudo o que vós pedirdes vos será concedido: pedi, pois, algumas faíscas daquele fogo que Ele veio trazer do Céu à Terra, e ele nos será dado. Assim seja.

    Oitavo dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    A Mãe de Jesus estava de pé junto da Cruz. 8

    Deve-se, acaso, falar de dor, quando se trata de Maria? Uma Virgem Imaculada deve sofrer? O objeto das complacências do Senhor derramará lágrimas? A filha, a Mãe, a esposa de Deus, não é ela feita para alegria? Regozijai-vos, Mãe augusta! Vosso Filho sofre, Vós sofrereis também! A santidade, por excelência, está em dores; a santidade comunicada o estará também! O Criador é maltratado, a criatura por excelência será desconhecida, desprezada!

    Ó sofrimento, quem não te amará depois do sofrimento do Filho e da Mãe? Mas que sofrimento o de Maria? Filha de reis, descendente de David e Salomão, acaso nasce na opulência? O seu berço é cercado das homenagens dos grandes? Nada disto: o mundo a ignora, as privações são todas a sua herança. Quando vai ao templo, na sua purificação, não tem sequer um cordeiro para oferecer: dois pombinhos, oferta de pobres, suprem o seu lugar. Ela é a Virgem, a mais santa; contudo, a mais aflita.

    Que dores, Mãe do Verbo feito carne, quando O vistes entregue ao poder das trevas, arrastado aos tribunais, maltratado por uma soldadesca desenfreada? Quando O vistes flagelado, carregado com o instrumento do último suplício! Porém, não vamos mais longe. Digamos somente que O vistes na cruz dar o último suspiro! A terra treme. Mas vós, ó Mãe generosa, no meio da dor mais amarga, ficais de pé junto da Cruz: Stabat Mater dolorosa juxta crucem lacrimosa.

    Habitantes do Céu, contemplai a vossa Rainha: ela chora de ternura por seu Filho e pelos homens. E vós, habitantes da Terra, bendizei a vossa Mãe que sofre por vós. Mas não a façais sofrer mais por vossos pecados! Minha Mãe, alcançai-me a graça de vos imitar! Fazei que eu tenha a felicidade de me assemelhar a vosso Santíssimo Filho, e que eu termine minha vida dizendo com Ele: “Meu Pai, nas Vossas mãos encomendo Meu espírito.” – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Maria, jardim fechado, cujas flores e frutos fizeram as delícias da Santíssima Trindade; lírio brilhante, pureza no meio de espinhos, espelho da Justiça! Ó minha Senhora, que arrebatais os corações, arrastai-nos para vós: fazei que corramos ao cheiro dos vossos perfumes! Eu não vos peço riquezas, honras, nem outros bens da Terra; só que vossa misericordiosa mão nos sustente no meio dos combates; que nos guie nos caminhos da perfeição, para que possamos chegar ao monte santo do Senhor. Assim seja.

    Nono dia da Novena da Imaculada Conceição


    Meditação


    Eu vos conjuro, filha de Jerusalém, de lhe anunciar que desfaleço de amor. 9

    Quais são estas filhas de Jerusalém que a Mãe do Salvador convida a falar do seu amor a seu amado? Habitantes da Jerusalém celeste, que sois testemunhas dos transportes que unem o Filho à Mãe, só vós o podeis dizer. Talvez que todos juntamente possais apreciar, pela extensão das vossas luzes, a languidez que sobre a Terra consumia o coração da mais santa e da mais amante das mães. Vós, Virgem Santa, estais sobre a Terra; mas, podereis vós aí viver? Não, porque o amor é mais forte que a mesma morte; a Terra não é digna de vos possuir; filha de Deus, vosso Pai vos chama; esposa de Deus, vosso celeste Esposo vos chama; Mãe de Deus, vosso amado Filho vos chama.

    Ó vós, que tendes relações tão estreitas com a Santíssima Trindade, subi ao Céu; fazei vossa entrada triunfante, encostada sobre vosso amado. Mandai a corte celeste:; porém, mandai-lhe vigiar no deserto, que acabais de deixar! Vós tendes sido nossa e nós temos necessidade de vós.

    E poderemos nós ficar sobre a Terra sem a vossa companhia? Ah, ela é a habitação de todos os males! Longe de Deus tudo é enojo, desgosto, tédio, enfermidade, miséria! Ó mundo, quanto teus bens, tuas felicidades, teus prazeres são desprezíveis! Ó vaidade, ó nada, ó pecado! Belo Céu, quando entrarei no número de teus habitantes? Eu não quero senão a meu Deus! Ele é o meu tudo! Quando, pois, verei, ó Rei imortal! Ó meu Criador! Ó meu Pai! Que não deseje eu ser dissolvido, para me unir com Cristo, como um S. Paulo! Que não morra eu de pesar de não poder morrer como uma S.Teresa!

    Ó Santa Mãe de Deus, alcançai-me, graça de salvação! Quanto serei feliz se depois desta novena, que tive a felicidade de fazer pelo vosso socorro, eu empregue e termine meus dias em vos amar, e em servir a vosso divino Filho para ir bendizê-lo e amá-lo conosco nos séculos dos séculos! – Ó Maria, concebida sem pecado; rogai por nós, que recorremos a vós!

    Reza-se três Ave-Marias.

    Jaculatória

    ℣. Virgem Imaculada na vossa Conceição.
    ℟. Alcançai, eu vos rogo, de meus crimes o perdão.

    Colóquio

    Ó Maria, nossa Mãe e nosso modelo, afeiçoai nossos corações à imitação das vossas admiráveis virtudes, e sobretudo aquelas que Jesus tem mais direito a esperar de nós. Oh! Derramai sobre nós, com vossa misericordiosa liberalidade, esses raios de luz sobrenatural que, fazendo-nos apreciar a sublimidade do nosso estado, nos encham da santa unção da graça, a fim de que nos aproveitemos de todos os meios que nos são dispensados para aí chegarmos. E vos pedindo, ó Maria, estas graças de perfeição e o dom precioso de perseverança, de vos invocar debaixo deste título tão glorioso para vós e tão delicioso para o Coração do vosso Filho; mostra, Senhora, que sois nossa Mãe, receba por vós nossas orações aquele Senhor que de vós por nós nasceu. Assim seja.

    Oração para o dia da Solenidade da Imaculada Conceição


    Ó Maria, Mãe toda amável, que tendes assistido ao vosso Filho sobre o Calvário, rogai, ah, rogai por nós pobres pecadores, agora e na hora da nossa morte! Quando amanhecerá o dia de meus últimos combates com o Inferno? Eu o ignoro, ó minha Mãe! Derramai, pois, hoje sobre mim estas graças abundantes, que dispõem para bem morrer! No artigo da morte, ó Maria, assisti-me. Rogai por nós, que talvez não possamos orar, mas que tanto tem custado a vosso divino Filho e que a vós mesma tem custado tantas lágrimas, tantas dores, tantos cuidados! Virgem fiel, mostrai, e sobretudo então, que sois nossa Mãe! Sede nossa advogada nesse terrível momento em que todas as nossas faltas se levantam contra nós para nos condenar, ou nos desesperar. Nós teremos muita necessidade da vossa misericórdia, assisti-nos poderosamente então!

    O Céu e a Terra sabem que aqueles que estão cobertos da vossa proteção não poderão acabar: protegei-nos, ó Maria, cheia de bondade; eu ponho no seio da vossa maternal ternura o meu corpo, com todos os seus sentidos e minha alma, com todos os seus pensamentos e afetos! Oh, então as criaturas, meus amigos mesmo, talvez se esquecerão de mim, me abandonarão! Ó minha Mãe, não vos esqueçais, não me abandoneis!

    Fazei que me lembre de vos invocar frequentemente com a boca e com o coração! Alcançai-me morrer pronunciando o nome de vosso divino Filho, e do vosso casto esposo e o vosso, ó terna Mãe, Porta e Rainha do Céu! Virgem cheia de clemência, nós nos escondemos no vosso Santo Imaculado Coração: introduzi-nos no de Jesus, e conduzi-nos ao Céu. – Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a vós!

    Referências

    1. Pv 8, 22[]
    2. Lc 1, 28[]
    3. Lc 1, 35[]
    4. Eclo 24, 24[]
    5. Lc 1, 46[]
    6. Ladainha Lauretana[]
    7. Os 2, 14[]
    8. Jo 19, 25[]
    9. Ct 5, 8[]

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.