Devido à tragédia climática no RS, os prazos de entrega poderão ser afetados.
Devoção, Santidade

Duas coroas: a profecia do martírio de São Maximiliano Kolbe.

Duas coroas: a profecia do martírio de São Maximiliano Kolbe.
Devoção, Santidade

Duas coroas: a profecia do martírio de São Maximiliano Kolbe.

Data da Publicação: 08/03/2022
Tempo de leitura:
Autor: MBC
Data da Publicação: 08/03/2022
Tempo de leitura:
Autor: MBC

Você sabia que, quando criança, São Maximiliano Kolbe recebeu a visita de Nossa Senhora?

Esse acontecimento foi tão marcante que norteou toda a sua trajetória de santidade, sendo também o primeiro episódio narrado na biografia.

Veja o relato de Maria Dąbrowska Kolbe, sua mãe:

“Eu sempre soube que Padre Maximiliano ia morrer mártir, por causa de um acontecimento extraordinário em sua infância – mas não me lembro se o fato aconteceu antes ou depois de sua primeira confissão.

Certa vez não gostei de alguma coisa a respeito dele e lhe disse: “Não sei o que vai ser de você, meu filhinho!”. Depois, nunca mais pensei nessa minha advertência, mas logo notei que meu filho mudou muito, a ponto de ficar irreconhecível.

Tínhamos um pequeno altar oculto dentro de casa, onde ele costumava se esconder. Seu comportamento, em geral, era o de uma criança mais velha.

Estava sempre calmo, sério e rezando com lágrimas nos olhos. Preocupei-me, pois talvez ele estivesse doente, por isso lhe perguntei: “O que você tem?” – e insisti – “Conte tudo à mamãe”.

Tremendo e com lágrimas nos olhos, ele respondeu:

“Quando você me disse ‘Não sei o que vai ser de você’, rezei bastante a Nossa Senhora, rogando que me dissesse o que ia ser de mim.

Mais tarde, na igreja, rezei de novo. Então a Virgem Mãe me apareceu, segurando duas coroas, uma branca e outra vermelha.

Olhou-me com amor e perguntou‑me se eu gostaria de possuí-las. A branca significava que seria sempre puro e a vermelha que seria um mártir. Respondi que sim, eu as queria. Então a Virgem olhou‑me com ternura e desapareceu.

“Agora, quando vou à igreja com você e papai” – ele me disse – “imagino que não são vocês dois que estão comigo, mas São José e Nossa Senhora.”

A mudança extraordinária em meu filho revelava a verdade do fato. Ele estava sempre pensando nisso e quando havia uma oportunidade, com o rosto radiante, ele me falava de seu desejo de morrer mártir.”

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Avatar

    MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Você sabia que, quando criança, São Maximiliano Kolbe recebeu a visita de Nossa Senhora?

    Esse acontecimento foi tão marcante que norteou toda a sua trajetória de santidade, sendo também o primeiro episódio narrado na biografia.

    Veja o relato de Maria Dąbrowska Kolbe, sua mãe:

    “Eu sempre soube que Padre Maximiliano ia morrer mártir, por causa de um acontecimento extraordinário em sua infância – mas não me lembro se o fato aconteceu antes ou depois de sua primeira confissão.

    Certa vez não gostei de alguma coisa a respeito dele e lhe disse: “Não sei o que vai ser de você, meu filhinho!”. Depois, nunca mais pensei nessa minha advertência, mas logo notei que meu filho mudou muito, a ponto de ficar irreconhecível.

    Tínhamos um pequeno altar oculto dentro de casa, onde ele costumava se esconder. Seu comportamento, em geral, era o de uma criança mais velha.

    Estava sempre calmo, sério e rezando com lágrimas nos olhos. Preocupei-me, pois talvez ele estivesse doente, por isso lhe perguntei: “O que você tem?” – e insisti – “Conte tudo à mamãe”.

    Tremendo e com lágrimas nos olhos, ele respondeu:

    “Quando você me disse ‘Não sei o que vai ser de você’, rezei bastante a Nossa Senhora, rogando que me dissesse o que ia ser de mim.

    Mais tarde, na igreja, rezei de novo. Então a Virgem Mãe me apareceu, segurando duas coroas, uma branca e outra vermelha.

    Olhou-me com amor e perguntou‑me se eu gostaria de possuí-las. A branca significava que seria sempre puro e a vermelha que seria um mártir. Respondi que sim, eu as queria. Então a Virgem olhou‑me com ternura e desapareceu.

    “Agora, quando vou à igreja com você e papai” – ele me disse – “imagino que não são vocês dois que estão comigo, mas São José e Nossa Senhora.”

    A mudança extraordinária em meu filho revelava a verdade do fato. Ele estava sempre pensando nisso e quando havia uma oportunidade, com o rosto radiante, ele me falava de seu desejo de morrer mártir.”

    Avatar

    MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.