Devoção, Espiritualidade

A poderosa oração Couraça de São Patrício

Reze conosco a Couraça de São Patrício, uma oração poderosa do padroeiro da Irlanda para proteção contra todos os males.

A poderosa oração Couraça de São Patrício
Devoção, Espiritualidade

A poderosa oração Couraça de São Patrício

Reze conosco a Couraça de São Patrício, uma oração poderosa do padroeiro da Irlanda para proteção contra todos os males.

Data da Publicação: 17/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: MBC
Data da Publicação: 17/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: MBC

Reze conosco a Couraça de São Patrício, uma oração poderosa do padroeiro da Irlanda para proteção contra todos os males.

Quem foi São Patrício?


São Patrício, autor da oração da Couraça, é padroeiro da Irlanda e uma das figuras mais importantes não só da fé, mas também do folclore irlandês. Tanto que o Dia de São Patrício é o feriado mais importante do país, sendo o dia 17 de março considerado ainda o “carnaval dos irlandeses”.

O santo foi capturado e feito escravo na ilha da Irlanda durante a sua adolescência. Conseguiu fugir e retornar à casa de seus pais, mas, depois de iniciar a vida religiosa, sentiu-se chamado a retornar à ilha e pregar o Evangelho. Mais tarde seria ordenado bispo, tendo fundado a primeira diocese do país.

Conta-se que as cobras da ilha foram expulsas pelo santo. É comum encontrar representações suas, esmagando serpentes com seu báculo, o cajado dos bispos. Esse feito tornou São Patrício uma espécie de padroeiro dos que buscam livrar-se das cobras de suas vidas, das maldições e a couraça sua oração mais famosa.

Leia mais: 3 motivos para conhecer a vida dos santos.

Origem da Couraça de São Patrício

A oração da Couraça de São Patrício como conhecemos hoje esta contida no Liber Hymnorum, uma coleção de hinos encontrada em Dublin, na Irlanda. Também está presente, ainda que em partes, na Vita tripartita Sancti Patricii, uma biografia do santo.

São Patrício usou a oração da Couraça quando o Rei Loegaire preparou uma emboscada contra sua vinda, para que ele não fosse a região de Tara pregar a fé. Ao rezá-la, São Patrício e seus monges conseguiram fugir como cervos selvagens.

Couraça de São Patrício


Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, a invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da unidade
Do Criador da criação.

Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do nascimento de Cristo e de seu batismo,
Pela força de sua crucificação e sepultamento,
Pela força de sua ressurreição e ascensão,
Pela força de sua descida para o julgamento dos mortos.

Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do amor dos Querubins,
Em obediência aos Anjos,
A serviço dos Arcanjos,
Pela esperança da ressurreição e do prêmio,
Pelas orações dos Patriarcas,
Pelas previsões dos Profetas,
Pela pregação dos Apóstolos
Pela fé dos Confessores,
Pela inocência das Virgens santas,
Pelos atos dos Bem-aventurados.

Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do céu:
Luz do sol,
Clarão da lua,
Esplendor do fogo,
Pressa do relâmpago,
Presteza do vento,
Profundeza dos mares,
Firmeza da terra,
Solidez da rocha.

Levanto-me, neste dia que amanhece:
Que a força de Deus me dirija,
Que o poder de Deus me ampare,
Que a sabedoria de Deus me guie,
Que o olhar de Deus me vigie,
Que o ouvido de Deus me ouça,
Que a palavra de Deus me faça eloquente,
Que a mão de Deus me guarde,
Que o caminho de Deus me esteja à frente,
Que o escudo de Deus me proteja,
Que o exército de Deus me defenda
Das armadilhas do demônio,
Das tentações do vício,
De todos os que me desejam mal,
Longe e perto de mim,
Agindo só ou em grupo.

Conclamo, hoje, tais forças a me protegerem contra o mal,
Contra qualquer força cruel que me ameace corpo e alma,
Contra a encantação de falsos profetas,
Contra as leis negras do paganismo,
Contra as leis falsas dos hereges,
Contra a arte da idolatria,
Contra feitiços de bruxas e magos,
Contra saberes que corrompem o corpo e a alma.

Cristo guarde-me hoje
Contra veneno, contra fogo,
Contra afogamento, contra ferimento,
Para que eu possa receber e desfrutar a recompensa.

Cristo comigo,
Cristo à minha frente,
Cristo atrás de mim,
Cristo em mim,
Cristo embaixo de mim,
Cristo acima de mim,
Cristo à minha direita,
Cristo à minha esquerda,
Cristo ao me deitar,
Cristo ao me sentar,
Cristo ao me levantar,

Cristo no coração de todos a quem eu falar,
Cristo na boca de todos os que me falarem,
Cristo em todos os olhos que me virem,
Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.

Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da Unidade,
Pelo Criador da Criação.

Couraça de São Patrício original em latim


Sancti Patricii Hymnus ad Temoriam.

Ad Temoriam hodia potentiam praepollentem invoco Trinitatis,
Credo in Trinitatem sub unitate numinis elementorum.

Apud Temoriam hodie virtutem nativitatis Christi cum ea ejus baptismi,
Virtutem crucifixionis cum ea ejus sepulturae,
Virtutem resurrectionis cum ea ascensionis,
Virtutem adventus ad judicium aeternum.

Apud Temoriam hodie virtutem amoris Seraphim in obsequio angelorum,
In spe resurrectionis ad adipiscendum praemium.
In orationibus nobilium Patrum,
In praedictionibus prophetarum,
In praedicationibus apostolorum,
In fide confessorum,
In castitate sanctarum virginum,
In actis justorum virorum.

Apud Temoriam hodie potentiam coeli,
Lucem solis,
Candorem nivis,
Vim ignis,
Rapiditatem fulguris,
Velocitatem venti,
Profunditatem maris,
Stabilitatem terrae,
Duritiam petrarum.

Ad Temoriam hodie potentia Dei me dirigat,
Potestas Dei me conservet,
Sapientia Dei me edoceat,
Oculus Dei mihi provideat,
Auris Dei me exaudiat,
Verbum Dei me disertum faciat,
Manus Dei me protegat,
Via Dei mihi patefiat,
Scutum Dei me protegat,
Exercitus Dei me defendat,
Contra insidias daemonum,
Contra illecebras vitiorum,
Contra inclinationes animi,
Contra omnem hominem qui meditetur injuriam mihi,
Procul et prope,
Cum paucis et cum multis.

Posui circa me sane omnes potentias has
Contra omnem potentiam hostilem saevam
Excogitatam meo corpori et meae animae;
Contra incantamenta pseudo-vatum,
Contra nigras leges gentilitatis,
Contra pseudo-leges haereseos,
Contra dolum idololatriae,
Contra incantamenta mulierum,
Et fabrorum ferrariorum et druidum,
Contra omnem scientiam quae occaecat animum hominis.

Christus me protegat hodie
Contra venenum,
Contra combustionem,
Contra demersionem,
Contra vulnera,
Donec meritus essem multum praemii.

Christus mecum,
Christus ante me,
Christus me pone,
Christus in me,
Christus infra me,
Christus supra me,
Christus ad dextram meam,
Christus ad laevam meam,
Christus hine,
Christus illine,
Christus a tergo.

Christus in corde omnis hominis quem alloquar,
Christus in ore cujusvis qui me alloquatur,
Christus in omni oculo qui me videat,
Christus in omni aure quae me audiat.

Ad Temoriam hodie potentiam praepollentem invoco Trinitatis.

Credo in Trinitatem sub Unitate numinis elementorum.
Domini est salus,
Domini est salus,
Christi est salus,
Salus tua, Domine, sit semper nobiscum.

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Reze conosco a Couraça de São Patrício, uma oração poderosa do padroeiro da Irlanda para proteção contra todos os males.

    Quem foi São Patrício?


    São Patrício, autor da oração da Couraça, é padroeiro da Irlanda e uma das figuras mais importantes não só da fé, mas também do folclore irlandês. Tanto que o Dia de São Patrício é o feriado mais importante do país, sendo o dia 17 de março considerado ainda o “carnaval dos irlandeses”.

    O santo foi capturado e feito escravo na ilha da Irlanda durante a sua adolescência. Conseguiu fugir e retornar à casa de seus pais, mas, depois de iniciar a vida religiosa, sentiu-se chamado a retornar à ilha e pregar o Evangelho. Mais tarde seria ordenado bispo, tendo fundado a primeira diocese do país.

    Conta-se que as cobras da ilha foram expulsas pelo santo. É comum encontrar representações suas, esmagando serpentes com seu báculo, o cajado dos bispos. Esse feito tornou São Patrício uma espécie de padroeiro dos que buscam livrar-se das cobras de suas vidas, das maldições e a couraça sua oração mais famosa.

    Leia mais: 3 motivos para conhecer a vida dos santos.

    Origem da Couraça de São Patrício

    A oração da Couraça de São Patrício como conhecemos hoje esta contida no Liber Hymnorum, uma coleção de hinos encontrada em Dublin, na Irlanda. Também está presente, ainda que em partes, na Vita tripartita Sancti Patricii, uma biografia do santo.

    São Patrício usou a oração da Couraça quando o Rei Loegaire preparou uma emboscada contra sua vinda, para que ele não fosse a região de Tara pregar a fé. Ao rezá-la, São Patrício e seus monges conseguiram fugir como cervos selvagens.

    Couraça de São Patrício


    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Por uma grande força, a invocação da Trindade,
    Pela fé na Tríade,
    Pela afirmação da unidade
    Do Criador da criação.

    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Pela força do nascimento de Cristo e de seu batismo,
    Pela força de sua crucificação e sepultamento,
    Pela força de sua ressurreição e ascensão,
    Pela força de sua descida para o julgamento dos mortos.

    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Pela força do amor dos Querubins,
    Em obediência aos Anjos,
    A serviço dos Arcanjos,
    Pela esperança da ressurreição e do prêmio,
    Pelas orações dos Patriarcas,
    Pelas previsões dos Profetas,
    Pela pregação dos Apóstolos
    Pela fé dos Confessores,
    Pela inocência das Virgens santas,
    Pelos atos dos Bem-aventurados.

    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Pela força do céu:
    Luz do sol,
    Clarão da lua,
    Esplendor do fogo,
    Pressa do relâmpago,
    Presteza do vento,
    Profundeza dos mares,
    Firmeza da terra,
    Solidez da rocha.

    Levanto-me, neste dia que amanhece:
    Que a força de Deus me dirija,
    Que o poder de Deus me ampare,
    Que a sabedoria de Deus me guie,
    Que o olhar de Deus me vigie,
    Que o ouvido de Deus me ouça,
    Que a palavra de Deus me faça eloquente,
    Que a mão de Deus me guarde,
    Que o caminho de Deus me esteja à frente,
    Que o escudo de Deus me proteja,
    Que o exército de Deus me defenda
    Das armadilhas do demônio,
    Das tentações do vício,
    De todos os que me desejam mal,
    Longe e perto de mim,
    Agindo só ou em grupo.

    Conclamo, hoje, tais forças a me protegerem contra o mal,
    Contra qualquer força cruel que me ameace corpo e alma,
    Contra a encantação de falsos profetas,
    Contra as leis negras do paganismo,
    Contra as leis falsas dos hereges,
    Contra a arte da idolatria,
    Contra feitiços de bruxas e magos,
    Contra saberes que corrompem o corpo e a alma.

    Cristo guarde-me hoje
    Contra veneno, contra fogo,
    Contra afogamento, contra ferimento,
    Para que eu possa receber e desfrutar a recompensa.

    Cristo comigo,
    Cristo à minha frente,
    Cristo atrás de mim,
    Cristo em mim,
    Cristo embaixo de mim,
    Cristo acima de mim,
    Cristo à minha direita,
    Cristo à minha esquerda,
    Cristo ao me deitar,
    Cristo ao me sentar,
    Cristo ao me levantar,

    Cristo no coração de todos a quem eu falar,
    Cristo na boca de todos os que me falarem,
    Cristo em todos os olhos que me virem,
    Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.

    Levanto-me, neste dia que amanhece,
    Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
    Pela fé na Tríade,
    Pela afirmação da Unidade,
    Pelo Criador da Criação.

    Couraça de São Patrício original em latim


    Sancti Patricii Hymnus ad Temoriam.

    Ad Temoriam hodia potentiam praepollentem invoco Trinitatis,
    Credo in Trinitatem sub unitate numinis elementorum.

    Apud Temoriam hodie virtutem nativitatis Christi cum ea ejus baptismi,
    Virtutem crucifixionis cum ea ejus sepulturae,
    Virtutem resurrectionis cum ea ascensionis,
    Virtutem adventus ad judicium aeternum.

    Apud Temoriam hodie virtutem amoris Seraphim in obsequio angelorum,
    In spe resurrectionis ad adipiscendum praemium.
    In orationibus nobilium Patrum,
    In praedictionibus prophetarum,
    In praedicationibus apostolorum,
    In fide confessorum,
    In castitate sanctarum virginum,
    In actis justorum virorum.

    Apud Temoriam hodie potentiam coeli,
    Lucem solis,
    Candorem nivis,
    Vim ignis,
    Rapiditatem fulguris,
    Velocitatem venti,
    Profunditatem maris,
    Stabilitatem terrae,
    Duritiam petrarum.

    Ad Temoriam hodie potentia Dei me dirigat,
    Potestas Dei me conservet,
    Sapientia Dei me edoceat,
    Oculus Dei mihi provideat,
    Auris Dei me exaudiat,
    Verbum Dei me disertum faciat,
    Manus Dei me protegat,
    Via Dei mihi patefiat,
    Scutum Dei me protegat,
    Exercitus Dei me defendat,
    Contra insidias daemonum,
    Contra illecebras vitiorum,
    Contra inclinationes animi,
    Contra omnem hominem qui meditetur injuriam mihi,
    Procul et prope,
    Cum paucis et cum multis.

    Posui circa me sane omnes potentias has
    Contra omnem potentiam hostilem saevam
    Excogitatam meo corpori et meae animae;
    Contra incantamenta pseudo-vatum,
    Contra nigras leges gentilitatis,
    Contra pseudo-leges haereseos,
    Contra dolum idololatriae,
    Contra incantamenta mulierum,
    Et fabrorum ferrariorum et druidum,
    Contra omnem scientiam quae occaecat animum hominis.

    Christus me protegat hodie
    Contra venenum,
    Contra combustionem,
    Contra demersionem,
    Contra vulnera,
    Donec meritus essem multum praemii.

    Christus mecum,
    Christus ante me,
    Christus me pone,
    Christus in me,
    Christus infra me,
    Christus supra me,
    Christus ad dextram meam,
    Christus ad laevam meam,
    Christus hine,
    Christus illine,
    Christus a tergo.

    Christus in corde omnis hominis quem alloquar,
    Christus in ore cujusvis qui me alloquatur,
    Christus in omni oculo qui me videat,
    Christus in omni aure quae me audiat.

    Ad Temoriam hodie potentiam praepollentem invoco Trinitatis.

    Credo in Trinitatem sub Unitate numinis elementorum.
    Domini est salus,
    Domini est salus,
    Christi est salus,
    Salus tua, Domine, sit semper nobiscum.

    MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.