Devido à tragédia climática no RS, os prazos de entrega poderão ser afetados.
Devoção

As rosas de Santa Teresinha

As rosas de Santa Teresinha são famosas por estarem relacionadas as graças alcançadas por sua intercessão. Saiba mais neste artigo.

As rosas de Santa Teresinha
Devoção

As rosas de Santa Teresinha

As rosas de Santa Teresinha são famosas por estarem relacionadas as graças alcançadas por sua intercessão. Saiba mais neste artigo.

Data da Publicação: 26/09/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 26/09/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

Imagine estar rezando por uma causa específica e receber um sinal visível de que essa graça foi atendida? Essas são as rosas de Santa Teresinha.

Não estamos falando de alguma locução interior ou mesmo um sentimento de confiança, mas um objeto recebido de forma totalmente inesperada, sem nenhum planejamento, mas que simboliza o pedido ser atendido.

É isso que Santa Teresinha faz aos seus devotos ou a qualquer pessoa que a busca, pedindo para que interceda junto de Deus por alguma causa.

Quem foi Santa Teresinha do Menino Jesus?

Quem foi mesmo Santa Teresinha? Bom, para o grande papa e santo Pio X, ela foi — e ainda é — simplesmente a maior santa dos tempos modernos.

Santa Teresinha nasceu na cidade de Alençon, na França, em 1873, filha de Luis e Zélia, também santos

Desde a infância, Teresa enfrentou inúmeras dificuldades que, naturalmente, a moldaram e a fizeram amadurecer mais cedo: perdeu sua mãe para o câncer, separou-se de suas irmãs que foram para o Carmelo e também viu seu pai enfrentar problemas psiquiátricos.

Aos 15 anos, conseguiu uma autorização direta do Papa para ingressar no Carmelo de Lisieux, que exigia uma idade mínima de 21 anos.

Deus tinha pressa com Teresinha. Faleceu aos 24 anos, com tuberculose. Mas não sem antes nos deixar um grande legado de santidade.

Com a sua pequena via, nos ensinou que a santidade não consiste em grandes obras, mas em pequenas coisas feitas com amor.

O caminho da pequenez, do abandono à misericórdia, sem confiar em seus próprios méritos, é o que chamamos de Pequena Via.

Quando julgamos ser justo que Deus nos ame por nossos méritos, porque rezamos, porque vamos à Missa todos os dias, porque rezamos o terço, porque somos caridosos, estamos no caminho contrário ao de Santa Teresinha.

Ela descobre o que realmente agrada Deus não é confiar em seus próprios méritos, mas “é me ver amar minha pequenez e minha pobreza, é a esperança cega que tenho em sua Misericórdia” (Carta 197)

Veja também: A relação entre Santa Teresinha e Santa Joana d’Arc.

A relação entre Santa Teresinha e as Rosas

rosas como as de santa teresinha

Mas onde entram as rosas nessa história?

A devoção à Santa Teresinha e, em especial, à sua novena é associada a rosas. Isso por causa de uma promessa que a santa fez.

Ela prometeu que depois de sua morte faria cair do céu uma chuva de rosas.

Pouco antes de morrer, confidenciou a Madre Inês: “Passarei o meu Céu fazendo o bem sobre a Terra”.

Apesar da pouca idade e pouco tamanho, Teresinha tinha uma personalidade forte e estava convicta de que Deus atenderia os pedidos que fizesse quando estivesse com Ele no céu.

E o motivo ela explica:

“Nada fica em minhas mãos. Tudo o que tenho, tudo o que ganho é para a Igreja e as almas. O bom Deus deverá fazer todas as minhas vontades no Céu, porque nunca fiz minha vontade sobre a terra”.

Muitas pessoas têm testemunhado que as graças que pediram a Santa Teresinha não só foram obtidas, como também vieram acompanhadas por este sinal visível.

A Novena das rosas de Santa Teresinha

Não sabe exatamente como começar a ter intimidade com a Santa e pedir sua intercessão?

Nossa sugestão é que comece pela Novena das Rosas de Santa Teresinha. Você pode acessá-la aqui mesmo no nosso blog. Quem sabe nossa querida santinha não te presenteia com uma Rosa?

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Avatar

    Redação MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Imagine estar rezando por uma causa específica e receber um sinal visível de que essa graça foi atendida? Essas são as rosas de Santa Teresinha.

    Não estamos falando de alguma locução interior ou mesmo um sentimento de confiança, mas um objeto recebido de forma totalmente inesperada, sem nenhum planejamento, mas que simboliza o pedido ser atendido.

    É isso que Santa Teresinha faz aos seus devotos ou a qualquer pessoa que a busca, pedindo para que interceda junto de Deus por alguma causa.

    Quem foi Santa Teresinha do Menino Jesus?

    Quem foi mesmo Santa Teresinha? Bom, para o grande papa e santo Pio X, ela foi — e ainda é — simplesmente a maior santa dos tempos modernos.

    Santa Teresinha nasceu na cidade de Alençon, na França, em 1873, filha de Luis e Zélia, também santos

    Desde a infância, Teresa enfrentou inúmeras dificuldades que, naturalmente, a moldaram e a fizeram amadurecer mais cedo: perdeu sua mãe para o câncer, separou-se de suas irmãs que foram para o Carmelo e também viu seu pai enfrentar problemas psiquiátricos.

    Aos 15 anos, conseguiu uma autorização direta do Papa para ingressar no Carmelo de Lisieux, que exigia uma idade mínima de 21 anos.

    Deus tinha pressa com Teresinha. Faleceu aos 24 anos, com tuberculose. Mas não sem antes nos deixar um grande legado de santidade.

    Com a sua pequena via, nos ensinou que a santidade não consiste em grandes obras, mas em pequenas coisas feitas com amor.

    O caminho da pequenez, do abandono à misericórdia, sem confiar em seus próprios méritos, é o que chamamos de Pequena Via.

    Quando julgamos ser justo que Deus nos ame por nossos méritos, porque rezamos, porque vamos à Missa todos os dias, porque rezamos o terço, porque somos caridosos, estamos no caminho contrário ao de Santa Teresinha.

    Ela descobre o que realmente agrada Deus não é confiar em seus próprios méritos, mas “é me ver amar minha pequenez e minha pobreza, é a esperança cega que tenho em sua Misericórdia” (Carta 197)

    Veja também: A relação entre Santa Teresinha e Santa Joana d’Arc.

    A relação entre Santa Teresinha e as Rosas

    rosas como as de santa teresinha

    Mas onde entram as rosas nessa história?

    A devoção à Santa Teresinha e, em especial, à sua novena é associada a rosas. Isso por causa de uma promessa que a santa fez.

    Ela prometeu que depois de sua morte faria cair do céu uma chuva de rosas.

    Pouco antes de morrer, confidenciou a Madre Inês: “Passarei o meu Céu fazendo o bem sobre a Terra”.

    Apesar da pouca idade e pouco tamanho, Teresinha tinha uma personalidade forte e estava convicta de que Deus atenderia os pedidos que fizesse quando estivesse com Ele no céu.

    E o motivo ela explica:

    “Nada fica em minhas mãos. Tudo o que tenho, tudo o que ganho é para a Igreja e as almas. O bom Deus deverá fazer todas as minhas vontades no Céu, porque nunca fiz minha vontade sobre a terra”.

    Muitas pessoas têm testemunhado que as graças que pediram a Santa Teresinha não só foram obtidas, como também vieram acompanhadas por este sinal visível.

    A Novena das rosas de Santa Teresinha

    Não sabe exatamente como começar a ter intimidade com a Santa e pedir sua intercessão?

    Nossa sugestão é que comece pela Novena das Rosas de Santa Teresinha. Você pode acessá-la aqui mesmo no nosso blog. Quem sabe nossa querida santinha não te presenteia com uma Rosa?

    Avatar

    Redação MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.