Devido à tragédia climática no RS, os prazos de entrega poderão ser afetados.
Formação

As sete dores e alegrias de São José

Conheça as dores e alegrias de São José, que acompanharam sua vida durante toda a infância do Menino Jesus.

As sete dores e alegrias de São José
Formação

As sete dores e alegrias de São José

Conheça as dores e alegrias de São José, que acompanharam sua vida durante toda a infância do Menino Jesus.

Data da Publicação: 27/10/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 27/10/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

Assim como todos nós, São José viveu momentos de dor e de alegria em sua vida. Tradicionalmente, esses momentos são conhecidos como as sete dores e sete alegrias de São José, que marcam momentos importantes da vida de Jesus e, consequentemente, da sua vida.

Neste breve artigo, descubra a dor e a alegria de cada um desses episódios marcantes:

Dores e alegrias de São José: O mistério da Encarnação

Dor

Após Maria conceber do Espírito Santo, São José, que nunca duvidou da pureza de sua esposa, conviveu com a perplexidade de tamanha notícia. Por isso, para que ninguém pudesse difamar a Santíssima Virgem, decidiu deixar a grande revelação em segredo. 

Alegria

Depois da indescritível angústia de ter decidido partir em segredo para preservar a reputação da Virgem Maria, o Anjo revela a São José a boa nova da vinda do Senhor. 

Dores e alegrias de São José: O nascimento de Jesus Cristo

Dor

Na noite fria do Natal, o Cristo vinha ao mundo, mas São José, aflito, não pôde garantir sequer uma estadia digna à sua família, que fora obrigada a pousar em uma estrebaria. 

Alegria

Toda a aflição por não ter conseguido pousada para a Sagrada Família se desfez no coração de São José quando viu e adorou o menino Jesus rodeado por anjos nos braços de Nossa Senhora. 

Dores e alegrias de São José: A circuncisão de Nosso Senhor

Dor

Foi nesta ocasião que São José viu, com dor, as primeiras gotas de sangue derramadas pelo Redentor da humanidade. 

Alegria

Nesta hora, São José viveu a intensa alegria da honra de poder nomear o Salvador do mundo, chamando-o pelo nome de Jesus. 

Dores e alegrias de São José: A apresentação do templo

Dor

Naquela apresentação cerimonial, o profeta Simeão revela o destino daquele menino. São José, então, compreende a Paixão de Jesus e as amarguras pelas quais passará sua amada Esposa. 

Alegria

Ao perceber pelas palavras proféticas de Simeão o destino do menino Jesus, São José alegra-se porque compreende que, por Ele, muitos seriam salvos.

Dores e alegrias de São José: Fuga e permanência no Egito

entre as dores e alegrias de são josé está a fuga para o egito.
Fuga para o Egito, de Fra Angelico.

Dor

O infanticida Herodes queria matar Jesus, e São José, avisado pelo Anjo, precisou fugir às pressas, conduzindo sua preciosa família pela escuridão da noite rumo ao Egito.

Alegria

Mesmo nas agruras do exílio, São José sempre manteve junto de si o mais precioso bem de sua vida: sua Sagrada Família, a companhia de Jesus e da Santíssima Virgem.

Dores e alegrias de São José: O retorno do Egito

Dor

Ao voltar com a família para o Egito, São José soube que quem governava a Judéia era Arquelau, filho de Herodes. Temendo pela vida de São Jesus, teve medo de ir para lá e decidiu ir para Nazaré. 

Alegria

São José sentiu a felicidade de voltar à humilde casa de Nazaré, sua terra, onde poderia viver até o fim da vida, na intimidade de Jesus e Maria. 

Dores e alegrias de São José: Perda e reencontro do menino Jesus

Dor

Durante três dias, São José e a Virgem Maria percorreram, aflitos, as ruas de Jerusalém em busca de Jesus, que havia desaparecido. A ausência do divino filho machucou o coração dos pais. 

Alegria

Que alegria quando, finalmente, encontrou o menino ensinando entre os doutores do templo! Depois da angústia da perda, a felicidade em testemunhar a sabedoria do menino Jesus ofuscando a sabedoria dos homens.

Leia também: São José Operário, padroeiro dos trabalhadores

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Avatar

    Redação MBC

    O que você vai encontrar neste artigo?

    Assim como todos nós, São José viveu momentos de dor e de alegria em sua vida. Tradicionalmente, esses momentos são conhecidos como as sete dores e sete alegrias de São José, que marcam momentos importantes da vida de Jesus e, consequentemente, da sua vida.

    Neste breve artigo, descubra a dor e a alegria de cada um desses episódios marcantes:

    Dores e alegrias de São José: O mistério da Encarnação

    Dor

    Após Maria conceber do Espírito Santo, São José, que nunca duvidou da pureza de sua esposa, conviveu com a perplexidade de tamanha notícia. Por isso, para que ninguém pudesse difamar a Santíssima Virgem, decidiu deixar a grande revelação em segredo. 

    Alegria

    Depois da indescritível angústia de ter decidido partir em segredo para preservar a reputação da Virgem Maria, o Anjo revela a São José a boa nova da vinda do Senhor. 

    Dores e alegrias de São José: O nascimento de Jesus Cristo

    Dor

    Na noite fria do Natal, o Cristo vinha ao mundo, mas São José, aflito, não pôde garantir sequer uma estadia digna à sua família, que fora obrigada a pousar em uma estrebaria. 

    Alegria

    Toda a aflição por não ter conseguido pousada para a Sagrada Família se desfez no coração de São José quando viu e adorou o menino Jesus rodeado por anjos nos braços de Nossa Senhora. 

    Dores e alegrias de São José: A circuncisão de Nosso Senhor

    Dor

    Foi nesta ocasião que São José viu, com dor, as primeiras gotas de sangue derramadas pelo Redentor da humanidade. 

    Alegria

    Nesta hora, São José viveu a intensa alegria da honra de poder nomear o Salvador do mundo, chamando-o pelo nome de Jesus. 

    Dores e alegrias de São José: A apresentação do templo

    Dor

    Naquela apresentação cerimonial, o profeta Simeão revela o destino daquele menino. São José, então, compreende a Paixão de Jesus e as amarguras pelas quais passará sua amada Esposa. 

    Alegria

    Ao perceber pelas palavras proféticas de Simeão o destino do menino Jesus, São José alegra-se porque compreende que, por Ele, muitos seriam salvos.

    Dores e alegrias de São José: Fuga e permanência no Egito

    entre as dores e alegrias de são josé está a fuga para o egito.
    Fuga para o Egito, de Fra Angelico.

    Dor

    O infanticida Herodes queria matar Jesus, e São José, avisado pelo Anjo, precisou fugir às pressas, conduzindo sua preciosa família pela escuridão da noite rumo ao Egito.

    Alegria

    Mesmo nas agruras do exílio, São José sempre manteve junto de si o mais precioso bem de sua vida: sua Sagrada Família, a companhia de Jesus e da Santíssima Virgem.

    Dores e alegrias de São José: O retorno do Egito

    Dor

    Ao voltar com a família para o Egito, São José soube que quem governava a Judéia era Arquelau, filho de Herodes. Temendo pela vida de São Jesus, teve medo de ir para lá e decidiu ir para Nazaré. 

    Alegria

    São José sentiu a felicidade de voltar à humilde casa de Nazaré, sua terra, onde poderia viver até o fim da vida, na intimidade de Jesus e Maria. 

    Dores e alegrias de São José: Perda e reencontro do menino Jesus

    Dor

    Durante três dias, São José e a Virgem Maria percorreram, aflitos, as ruas de Jerusalém em busca de Jesus, que havia desaparecido. A ausência do divino filho machucou o coração dos pais. 

    Alegria

    Que alegria quando, finalmente, encontrou o menino ensinando entre os doutores do templo! Depois da angústia da perda, a felicidade em testemunhar a sabedoria do menino Jesus ofuscando a sabedoria dos homens.

    Leia também: São José Operário, padroeiro dos trabalhadores

    Avatar

    Redação MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.