Formação

Festa do Batismo do Senhor

Por que Jesus teve de ser batizado? Neste artigo, saiba o que é a festa do Batismo do Senhor, o que celebramos nela e o que ela nos ensina.

Festa do Batismo do Senhor
Formação

Festa do Batismo do Senhor

Por que Jesus teve de ser batizado? Neste artigo, saiba o que é a festa do Batismo do Senhor, o que celebramos nela e o que ela nos ensina.

Data da Publicação: 09/01/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 09/01/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

Você com certeza já deve ter se perguntado sobre o significado do batismo do Senhor, o porquê Ele quis ser batizado e o que diferencia o batismo de João Batista, o percursor de Cristo, e o batismo de Jesus.

Neste artigo, explicaremos os significados e os detalhes que estão por trás do Batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo, festa que encerra o tempo do Natal. Continue lendo para se surpreender com a beleza teológica desta festa da Igreja.

O que é a festa do Batismo do Senhor?

A festa do batismo do Senhor é a festa que encerra o tempo do Natal. Nela, recordamos o dia em que o próprio Deus feito homem humilhou-se e deixou-se ser batizado por João Batista, o seu precursor. O batismo simbolizava a purificação dos pecados e transformação de vida. Por isso, mesmo não tendo pecados, Cristo submeteu-se a ele a fim de se aproximar do homem e purificar o pecado de toda a humanidade, o que se concretiza na sua morte e ressurreição. 

Quando o Batismo do Senhor é celebrado?

O dia do Batismo do Senhor é tradicionalmente celebrado na segunda-feira após o domingo da festa da Epifania do Senhor, dia em que lembramos da manifestação de Deus ao mundo através da visita dos três Reis Magos. O Batismo do Senhor encerra o tempo do Natal.

Conheça tudo o que a Tradição da Igreja sabe sobre os Reis Magos neste artigo.

Onde o batismo do Senhor está na Bíblia?

“Eu vos batizo com água, em sinal de penitência, mas aquele que virá depois de mim é mais poderoso do que eu e nem sou digno de carregar seus calçados. Ele vos batizará no Espírito Santo e em fogo.” 1

O evangelista São Mateus descreve para nós como foi a ida de Jesus até São João Batista, e uma das primeiras coisas que ele narra é sobre o batismo de João, que era feito com a água e simbolizava penitência e mudança de vida, e sobre o anúncio de João de que um dia viria Aquele que batizaria as pessoas com o Espírito Santo, introduzindo a Graça divina na alma dos batizados.

“Da Galileia foi Jesus ao Jordão ter com João, a fim de ser batizado por ele. João recusava-se: ‘Eu devo ser batizado por ti e tu vens a mim!’.” 2

Em seguida, São Mateus nos mostra a humildade de João Batista, que antes havia dito que não era digno nem de desamarrar as sandálias de Cristo, mas de repente recebe dele o pedido para que O batizasse.

“E do céu baixou uma voz: ‘Eis meu Filho muito amado em quem ponho minha afeição’.” 3

O batismo de Jesus abriu uma verdadeira ponte entre o Pai e o ser humano. Cristo, não tendo nenhum pecado, escolheu livremente colocar-se na posição dos pecadores a fim de os purificar e os aproximar do Pai.

Por que Jesus teve de ser batizado?

Primeiramente, Cristo quis ser batizado a fim de igualar-se a nós, pecadores. Ainda que ele não tivesse nenhum pecado, ele quis colocar-se na mesma condição humana, a fim de nos aproximar d’Ele e nos dar a redenção. O batismo de Jesus mostra a sua humildade e também evidencia a sua missão, de salvar os pecadores.

Outro fato que está por trás do Batismo de Cristo é que Ele nos aproximou do Pai ao ser batizado, quebrou as barreiras ao colocar-se num lugar que os pecadores ocupavam. Jesus se faz nosso irmão e nós nos tornamos filhos do Pai.

Por fim, a tradição também menciona que o Batismo de Jesus Cristo se deu para purificar as águas que seriam utilizadas no batismo cristão, que nos confere a purificação dos pecados e a graça que vem do Espírito Santo e nos conduz rumo à santidade.

Leia mais: O que é o Sacramento do Batismo?

A diferença entre o batismo de João e o batismo de Jesus

No início do Evangelho de São Mateus, já mencionado neste artigo, João Batista explica que o seu batismo é feito com água e simboliza penitência e conversão, mas que viria alguém muito maior do que ele, que batizaria as pessoas com o Espírito Santo.

O Batismo de Cristo não apenas nos purifica de nossos pecados, mas nos dá a graça que vem do Espírito Santo de Deus para que consigamos persistir na conquista da santidade e continuemos fazendo aquilo que realmente agrada ao Senhor. Não se trata apenas de uma conversão humana, mas impulsionada e movida pelo Espírito que vivifica.

O que o Batismo do Senhor nos ensina?

O Batismo do Senhor nos mostra a Sua misericórdia e o Seu amor para conosco, Ele foi capaz de humilhar-se inteiramente para se aproximar de nós e nos dar a vida, o que se concretiza inteiramente na sua morte na cruz e ressurreição.

E por fim, após ser batizado, Jesus começa a sua vida pública. Tal fato nos ensina e nos inspira a também, pelo batismo, começarmos uma vida de testemunho e de apostolado, convidando todas as pessoas a participarem da graça divina que é alcançada no batismo e na vivência dos sacramentos.

Entenda o que são os Sacramentos da Igreja Católica.

Referências

  1. São Mateus 3, 11[]
  2. São Mateus 3, 13-14[]
  3. São Mateus 3, 17[]

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação MBC

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    Garanta seu box

    Você com certeza já deve ter se perguntado sobre o significado do batismo do Senhor, o porquê Ele quis ser batizado e o que diferencia o batismo de João Batista, o percursor de Cristo, e o batismo de Jesus.

    Neste artigo, explicaremos os significados e os detalhes que estão por trás do Batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo, festa que encerra o tempo do Natal. Continue lendo para se surpreender com a beleza teológica desta festa da Igreja.

    O que é a festa do Batismo do Senhor?

    A festa do batismo do Senhor é a festa que encerra o tempo do Natal. Nela, recordamos o dia em que o próprio Deus feito homem humilhou-se e deixou-se ser batizado por João Batista, o seu precursor. O batismo simbolizava a purificação dos pecados e transformação de vida. Por isso, mesmo não tendo pecados, Cristo submeteu-se a ele a fim de se aproximar do homem e purificar o pecado de toda a humanidade, o que se concretiza na sua morte e ressurreição. 

    Quando o Batismo do Senhor é celebrado?

    O dia do Batismo do Senhor é tradicionalmente celebrado na segunda-feira após o domingo da festa da Epifania do Senhor, dia em que lembramos da manifestação de Deus ao mundo através da visita dos três Reis Magos. O Batismo do Senhor encerra o tempo do Natal.

    Conheça tudo o que a Tradição da Igreja sabe sobre os Reis Magos neste artigo.

    Onde o batismo do Senhor está na Bíblia?

    “Eu vos batizo com água, em sinal de penitência, mas aquele que virá depois de mim é mais poderoso do que eu e nem sou digno de carregar seus calçados. Ele vos batizará no Espírito Santo e em fogo.” 1

    O evangelista São Mateus descreve para nós como foi a ida de Jesus até São João Batista, e uma das primeiras coisas que ele narra é sobre o batismo de João, que era feito com a água e simbolizava penitência e mudança de vida, e sobre o anúncio de João de que um dia viria Aquele que batizaria as pessoas com o Espírito Santo, introduzindo a Graça divina na alma dos batizados.

    “Da Galileia foi Jesus ao Jordão ter com João, a fim de ser batizado por ele. João recusava-se: ‘Eu devo ser batizado por ti e tu vens a mim!’.” 2

    Em seguida, São Mateus nos mostra a humildade de João Batista, que antes havia dito que não era digno nem de desamarrar as sandálias de Cristo, mas de repente recebe dele o pedido para que O batizasse.

    “E do céu baixou uma voz: ‘Eis meu Filho muito amado em quem ponho minha afeição’.” 3

    O batismo de Jesus abriu uma verdadeira ponte entre o Pai e o ser humano. Cristo, não tendo nenhum pecado, escolheu livremente colocar-se na posição dos pecadores a fim de os purificar e os aproximar do Pai.

    Por que Jesus teve de ser batizado?

    Primeiramente, Cristo quis ser batizado a fim de igualar-se a nós, pecadores. Ainda que ele não tivesse nenhum pecado, ele quis colocar-se na mesma condição humana, a fim de nos aproximar d’Ele e nos dar a redenção. O batismo de Jesus mostra a sua humildade e também evidencia a sua missão, de salvar os pecadores.

    Outro fato que está por trás do Batismo de Cristo é que Ele nos aproximou do Pai ao ser batizado, quebrou as barreiras ao colocar-se num lugar que os pecadores ocupavam. Jesus se faz nosso irmão e nós nos tornamos filhos do Pai.

    Por fim, a tradição também menciona que o Batismo de Jesus Cristo se deu para purificar as águas que seriam utilizadas no batismo cristão, que nos confere a purificação dos pecados e a graça que vem do Espírito Santo e nos conduz rumo à santidade.

    Leia mais: O que é o Sacramento do Batismo?

    A diferença entre o batismo de João e o batismo de Jesus

    No início do Evangelho de São Mateus, já mencionado neste artigo, João Batista explica que o seu batismo é feito com água e simboliza penitência e conversão, mas que viria alguém muito maior do que ele, que batizaria as pessoas com o Espírito Santo.

    O Batismo de Cristo não apenas nos purifica de nossos pecados, mas nos dá a graça que vem do Espírito Santo de Deus para que consigamos persistir na conquista da santidade e continuemos fazendo aquilo que realmente agrada ao Senhor. Não se trata apenas de uma conversão humana, mas impulsionada e movida pelo Espírito que vivifica.

    O que o Batismo do Senhor nos ensina?

    O Batismo do Senhor nos mostra a Sua misericórdia e o Seu amor para conosco, Ele foi capaz de humilhar-se inteiramente para se aproximar de nós e nos dar a vida, o que se concretiza inteiramente na sua morte na cruz e ressurreição.

    E por fim, após ser batizado, Jesus começa a sua vida pública. Tal fato nos ensina e nos inspira a também, pelo batismo, começarmos uma vida de testemunho e de apostolado, convidando todas as pessoas a participarem da graça divina que é alcançada no batismo e na vivência dos sacramentos.

    Entenda o que são os Sacramentos da Igreja Católica.

    Referências

    1. São Mateus 3, 11[]
    2. São Mateus 3, 13-14[]
    3. São Mateus 3, 17[]

    Redação MBC

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.