Formação

Coroa do Advento: entenda seu significado

Você sabe como surgiu a coroa do Advento? Confira a história que envolve a sua origem e conheça o seu significado para a fé católica.

Coroa do Advento: entenda seu significado
Formação

Coroa do Advento: entenda seu significado

Você sabe como surgiu a coroa do Advento? Confira a história que envolve a sua origem e conheça o seu significado para a fé católica.

Data da Publicação: 06/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC
Data da Publicação: 06/12/2023
Tempo de leitura:
Autor: Redação MBC

Você sabe como surgiu a coroa do Advento? Confira a história que envolve a sua origem e conheça o seu significado para a fé católica.

Os símbolos nos ajudam a compreender os mistérios que envolvem a fé. Cada tempo litúrgico tem a sua cor, por exemplo, e representa algo. Um dos símbolos bastante conhecidos do período que antecede o Natal é a Coroa do Advento, uma guirlanda adornada com velas que, por meio de seus elementos visuais, nos conduz a preparação para a vinda do Messias.

Neste artigo, apresentaremos a história da coroa do advento, e talvez você se surpreenda com a origem deste símbolo tão bonito que se faz presente nas Igrejas — e até nos lares—, marcando o início do ano litúrgico. Vamos começar relembrando o que é este tempo de espera e, depois, adentrar no significado dos elementos que compõem a coroa do advento.

Se ainda não começou, comece agora mesmo a Novena de Natal 2023!

O tempo do Advento

O Advento é o início de um novo ano litúrgico na Igreja Católica. Ao longo das quatro semanas que antecedem o Natal, as leituras e os símbolos deste tempo litúrgico auxiliam os fiéis a se prepararem para a vinda do Senhor.

Assim como Deus preparou o seu povo ao longo de muitos anos, para a chegada do Messias, a Igreja também orienta os fiéis a estarem prontos para um encontro com o Senhor. Seja na hora da nossa morte, seja na Sua segunda vinda. Por isso, no Advento, não apenas revivemos a expectativa do nascimento de Jesus, mas somos chamados à vigilância e à oração, a fim de nos prepararmos para a vinda do Senhor.

O espírito do tempo do Advento consiste em preparar a vida e o coração para a hora que o Senhor chegar:

Vigiai, portanto, porque não sabeis quando o dono da casa vem […] Para que não suceda que vindo de repente, ele vos encontre dormindo. O que vos digo, digo a todos: Vigiai! 1
presépio, um grande símbolo natalino, assim como a coroa do advento

Leia mais em: O que todo católico deve saber sobre o Advento?

O que é a coroa do advento?

A Coroa do Advento é um símbolo cristão, especialmente presente na tradição católica, e marca o início do Advento a cada ano. Encontramos este símbolo luminoso principalmente nas Igrejas, mas também nos lares dos fiéis. A coroa é composta por um círculo de ramos verdes, quatro ou cinco velas e, às vezes, fitas, geralmente na cor vermelha.

O círculo representa o tempo contínuo, transmitindo a ideia de eternidade; a forma circular também lembra que Cristo é o início e o fim (alfa e ômega). A fita vermelha simboliza o amor de Deus por nós, e a cor verde nos remete à vida e à esperança. Contudo, são as velas que se destacam, pois o Natal é sobretudo uma festa de luz: Cristo é a luz que vem.

Embora haja outros significados, o cerne desse símbolo é dirigir nosso olhar para nutrir a esperança no Cristo que vem para iluminar nossas trevas:

O povo que andava nas trevas viu uma grande luz […] porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado; a soberania repousa sobre seus ombros, e ele se chama: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da paz. 2
coroa do advento

Confira 5 dicas práticas para viver bem o Advento.

A história da coroa do Advento

Talvez poucos saibam, mas a Coroa do Advento teve origem em 1839, em Hamburgo, na Alemanha, por meio da iniciativa do pastor luterano Johann Hinrich Wichern. 3 Ele dirigia uma casa que prestava assistência social aos menos favorecidos, incluindo muitas crianças carentes. E à medida que se aproximava a época do Natal, as crianças não paravam de perguntar quando esse dia iria chegar.

Sendo assim, Wichern, naquele ano, teve a ideia de criar uma espécie de calendário luminoso para auxiliar na contagem regressiva até o Natal. Utilizando uma roda de carroça, ele colocou uma vela para cada dia do Advento, totalizando 24 pequenas velas para os dias da semana e quatro velas maiores para simbolizar os domingos. 3 Essa ideia não apenas ajudou as crianças a marcarem o tempo até o Natal, mas também se tornou um símbolo visível da espera do Messias.

A prática de usar a coroa logo se espalhou por diversas denominações cristãs, que a foram adaptando ou simplificando, até chegar ao uso das quatro velas para cada domingo que antecede o Natal. Além disso, passou-se a unir a esta ideia a tradicional guirlanda de Natal, resultando no que conhecemos hoje como a coroa do advento.

A transição para a tradição católica foi gradual, iniciando por volta do ano de 1925. A aceitação mais ampla entre os católicos aconteceu pela influência do movimento litúrgico, que valorizava a espiritualidade litúrgica. Desse modo, com o passar do tempo, Coroa do Advento pareceu integrar-se de maneira mais harmônica com a liturgia e a espiritualidade católica do que com as origens luteranas. Isso acontece porque a Igreja Católica vive o tempo litúrgico como um tempo sagrado, com suas cores e símbolos, todos os anos.

Você sabe por que não se canta o Glória no Advento?

As velas do Advento

O maior destaque da coroa do Advento são as velas, sendo comum encontrar quatro velas, representando os quatro domingos que antecedem o Natal.

A tradição inicialmente adotava velas mais escuras, que gradativamente clareavam, começando com roxo, passando por vermelho, rosa e finalizando com branco. No Brasil, assim como em muitas partes do mundo, as velas costumam seguir a cor do tempo litúrgico. Desse modo, são predominantemente roxas, com a adição de uma vela rosa para o terceiro domingo, conhecido como Gaudete.

Além disso, pode haver ainda uma quinta vela, branca, colocada no centro da coroa no dia do Natal. Ela simboliza a pureza absoluta de Jesus, a luz do mundo. 3

Prepare-se para o Natal com as meditações de Santo Afonso.

Referências

  1. Mc 13, 35-37[]
  2. Is 9, 1.5[]
  3. VATICAN NEWS, Os símbolos do Advento[][][]

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação MBC

    Garanta seu box

    Você sabe como surgiu a coroa do Advento? Confira a história que envolve a sua origem e conheça o seu significado para a fé católica.

    Os símbolos nos ajudam a compreender os mistérios que envolvem a fé. Cada tempo litúrgico tem a sua cor, por exemplo, e representa algo. Um dos símbolos bastante conhecidos do período que antecede o Natal é a Coroa do Advento, uma guirlanda adornada com velas que, por meio de seus elementos visuais, nos conduz a preparação para a vinda do Messias.

    Neste artigo, apresentaremos a história da coroa do advento, e talvez você se surpreenda com a origem deste símbolo tão bonito que se faz presente nas Igrejas — e até nos lares—, marcando o início do ano litúrgico. Vamos começar relembrando o que é este tempo de espera e, depois, adentrar no significado dos elementos que compõem a coroa do advento.

    Se ainda não começou, comece agora mesmo a Novena de Natal 2023!

    O tempo do Advento

    O Advento é o início de um novo ano litúrgico na Igreja Católica. Ao longo das quatro semanas que antecedem o Natal, as leituras e os símbolos deste tempo litúrgico auxiliam os fiéis a se prepararem para a vinda do Senhor.

    Assim como Deus preparou o seu povo ao longo de muitos anos, para a chegada do Messias, a Igreja também orienta os fiéis a estarem prontos para um encontro com o Senhor. Seja na hora da nossa morte, seja na Sua segunda vinda. Por isso, no Advento, não apenas revivemos a expectativa do nascimento de Jesus, mas somos chamados à vigilância e à oração, a fim de nos prepararmos para a vinda do Senhor.

    O espírito do tempo do Advento consiste em preparar a vida e o coração para a hora que o Senhor chegar:

    Vigiai, portanto, porque não sabeis quando o dono da casa vem […] Para que não suceda que vindo de repente, ele vos encontre dormindo. O que vos digo, digo a todos: Vigiai! 1
    presépio, um grande símbolo natalino, assim como a coroa do advento

    Leia mais em: O que todo católico deve saber sobre o Advento?

    O que é a coroa do advento?

    A Coroa do Advento é um símbolo cristão, especialmente presente na tradição católica, e marca o início do Advento a cada ano. Encontramos este símbolo luminoso principalmente nas Igrejas, mas também nos lares dos fiéis. A coroa é composta por um círculo de ramos verdes, quatro ou cinco velas e, às vezes, fitas, geralmente na cor vermelha.

    O círculo representa o tempo contínuo, transmitindo a ideia de eternidade; a forma circular também lembra que Cristo é o início e o fim (alfa e ômega). A fita vermelha simboliza o amor de Deus por nós, e a cor verde nos remete à vida e à esperança. Contudo, são as velas que se destacam, pois o Natal é sobretudo uma festa de luz: Cristo é a luz que vem.

    Embora haja outros significados, o cerne desse símbolo é dirigir nosso olhar para nutrir a esperança no Cristo que vem para iluminar nossas trevas:

    O povo que andava nas trevas viu uma grande luz […] porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado; a soberania repousa sobre seus ombros, e ele se chama: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da paz. 2
    coroa do advento

    Confira 5 dicas práticas para viver bem o Advento.

    A história da coroa do Advento

    Talvez poucos saibam, mas a Coroa do Advento teve origem em 1839, em Hamburgo, na Alemanha, por meio da iniciativa do pastor luterano Johann Hinrich Wichern. 3 Ele dirigia uma casa que prestava assistência social aos menos favorecidos, incluindo muitas crianças carentes. E à medida que se aproximava a época do Natal, as crianças não paravam de perguntar quando esse dia iria chegar.

    Sendo assim, Wichern, naquele ano, teve a ideia de criar uma espécie de calendário luminoso para auxiliar na contagem regressiva até o Natal. Utilizando uma roda de carroça, ele colocou uma vela para cada dia do Advento, totalizando 24 pequenas velas para os dias da semana e quatro velas maiores para simbolizar os domingos. 3 Essa ideia não apenas ajudou as crianças a marcarem o tempo até o Natal, mas também se tornou um símbolo visível da espera do Messias.

    A prática de usar a coroa logo se espalhou por diversas denominações cristãs, que a foram adaptando ou simplificando, até chegar ao uso das quatro velas para cada domingo que antecede o Natal. Além disso, passou-se a unir a esta ideia a tradicional guirlanda de Natal, resultando no que conhecemos hoje como a coroa do advento.

    A transição para a tradição católica foi gradual, iniciando por volta do ano de 1925. A aceitação mais ampla entre os católicos aconteceu pela influência do movimento litúrgico, que valorizava a espiritualidade litúrgica. Desse modo, com o passar do tempo, Coroa do Advento pareceu integrar-se de maneira mais harmônica com a liturgia e a espiritualidade católica do que com as origens luteranas. Isso acontece porque a Igreja Católica vive o tempo litúrgico como um tempo sagrado, com suas cores e símbolos, todos os anos.

    Você sabe por que não se canta o Glória no Advento?

    As velas do Advento

    O maior destaque da coroa do Advento são as velas, sendo comum encontrar quatro velas, representando os quatro domingos que antecedem o Natal.

    A tradição inicialmente adotava velas mais escuras, que gradativamente clareavam, começando com roxo, passando por vermelho, rosa e finalizando com branco. No Brasil, assim como em muitas partes do mundo, as velas costumam seguir a cor do tempo litúrgico. Desse modo, são predominantemente roxas, com a adição de uma vela rosa para o terceiro domingo, conhecido como Gaudete.

    Além disso, pode haver ainda uma quinta vela, branca, colocada no centro da coroa no dia do Natal. Ela simboliza a pureza absoluta de Jesus, a luz do mundo. 3

    Prepare-se para o Natal com as meditações de Santo Afonso.

    Referências

    1. Mc 13, 35-37[]
    2. Is 9, 1.5[]
    3. VATICAN NEWS, Os símbolos do Advento[][][]

    Redação MBC

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.