Formação

Nossa Senhora da Anunciação

Conheça a origem da devoção a Nossa Senhora da Anunciação e porque esse título da Virgem Maria é tão importante para os católicos.

Nossa Senhora da Anunciação
Formação

Nossa Senhora da Anunciação

Conheça a origem da devoção a Nossa Senhora da Anunciação e porque esse título da Virgem Maria é tão importante para os católicos.

Data da Publicação: 23/02/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica
Data da Publicação: 23/02/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica

No Evangelho, Cristo sempre reforça que quem mais se humilhar será o maior no Reino dos céus. É por isso Maria é a mais perfeita das criaturas, pois diante do anúncio de São Gabriel de que ela seria Mãe de Deus, pronunciou o sim que mudaria a história da humanidade, com profunda humildade e submissão à vontade perfeita de Deus. Nesse contexto, nasce o título e a devoção a Nossa Senhora da Anunciação, que foi escolhido para ser explicado neste artigo.

Continue lendo para saber mais sobre esse título mariano que é tão importante para a espiritualidade católica.

O que significa o título de Nossa Senhora da Anunciação?

O título de Nossa Senhora da Anunciação provém do episódio em que o Arcanjo Gabriel anuncia à Virgem Maria que ela seria a Mãe do Salvador. Maria, uma jovem de apenas 15 anos, com profunda confiança em Deus pronunciou o seu “Fiat”, o seu sim, que abriria as portas para a salvação de Cristo a toda humanidade. Deus quis precisar de uma humilde e pobre mulher para colocar em prática o seu plano de Salvação, esse é o cenário em que nasce o título de Nossa Senhora da Anunciação. 

Entenda porque Nossa Senhora tem vários títulos.

Quando Nossa Senhora da Anunciação é celebrada?

Nossa Senhora da Anunciação grávida.

A Igreja celebra o dia de Nossa Senhora da Anunciação em 25 de março, nove meses antes do dia em que celebramos o Natal, o nascimento de Jesus Cristo. Isso porque a festa da Anunciação é o dia em que a Virgem Maria recebe a visita do Espírito Santo e concebe milagrosamente, tornando-se o verdadeiro Sacrário Vivo que carregou por nove meses o Senhor do Universo.

Você conhece a devoção a Nossa Senhora grávida? Conheça a história de Nossa Senhora do Ó.

Nossa Senhora da Anunciação na Bíblia

“Entrando, o anjo disse-lhe: ‘Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo’.” 1 A anunciação está descrita mais detalhadamente no Evangelho de São Lucas. Quando o anjo aparece à Virgem Maria, lhe faz a saudação que até hoje é repetida por todos os católicos na oração da Ave Maria. A Virgem Maria, com sua profunda humildade, espanta-se com a saudação.

E então, o Anjo revela à jovem: “Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus.” 2 Maria foi escolhida por Deus para gerar o Seu Único Filho, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. Aquele que nem o universo inteiro é capaz de conter, guardou-se no seio de uma humilde e frágil mulher.

“Maria perguntou ao anjo: ‘Como se fará isso, pois não conheço homem?’” 3 A Virgem Maria estava comprometida com São José, com quem iria se casar, porém questionou o anjo sobre como poderia conceber sem conhecer nenhum homem. Então, ele a informa que conceberia do Espírito Santo. Maria tem uma relação única com a Trindade, pois é filha de Deus Pai, Mãe de Deus Filho e esposa de Deus Espírito Santo.

“Então disse Maria: ’Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra’. E o anjo afastou-se dela.” 4 Por fim, Maria encerra o diálogo com o anjo pronunciando o seu Fiat, ou seja, o sim que abriu portas para Deus se aproximar da humanidade, oferecendo a Salvação através do Seu próprio Filho.

Neste artigo, aprofunde-se na realidade do Fiat de Maria: Anunciação do Senhor e seus três sins.

O que dizem os santos?

Vejamos o que alguns santos dizem sobre Nossa Senhora da Anunciação: 

“‘Ó poderoso faça-se!’ — exclama S. Tomás de Vilanova — ‘ó faça-se eficaz, ó augustíssimo faça-se!’. Pois com os outros faça-se Deus criou a luz, o céu, a terra; mas com esse de Maria, diz o santo, um Deus virou homem como nós.” 5

“Ó grande humildade de Maria” — exclama aqui Guerrico, o abade —, “que a tornou pequena para si mesma, mas grande diante de Deus! Indigna aos olhos seus, mas digna aos olhos do seu imenso Senhor, que nem o mundo inteiro pôde abarcar!”. 5

“Em suma, diz S. Agostinho que a humildade de Maria foi como uma escada pela qual o Senhor se dignou descer à terra para fazer-se homem em seu seio.” 5

Muitos santos tiveram uma devoção profunda à Virgem Maria, de modo especial, São Luís Montfort. Você já pensou em se consagrar a Nossa Senhora pelo método dele? Conheça tudo sobre a Consagração.

O que Nossa Senhora da Anunciação nos ensina?

A Virgem da Anunciação nos ensina, principalmente, sobre a obediência e humildade a Deus. Ela, que recebeu a maior saudação e a maior de todas as honras, não se orgulhou, mas rebaixou-se e fez-se escrava de Deus e de Sua vontade.

Ao contrário de Eva que desejou desafiar Deus e ser maior do que Ele, Maria obedeceu a Deus e quis submeter-se inteiramente aos Seus planos. Eis que as palavras e os atos tão pequenos e humildes de Maria abriram portas para a Salvação e a elevaram à maior e mais perfeita de todas as criaturas. Maria deve ser nossa inspiração e nosso maior exemplo de como agradar a Deus através da obediência e total submissão.

Neste vídeo do nosso canal no YouTube, entenda porque dizemos que Nossa Senhora é a nova Eva:

Referências

  1. São Lucas 1, 28[]
  2. São Lucas 1, 31[]
  3. São Lucas 1, 34[]
  4. São Lucas 1, 38[]
  5. Glórias de Maria, Santo Afonso Maria de Ligório[][][]

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.

    Redação Minha Biblioteca Católica

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    No Evangelho, Cristo sempre reforça que quem mais se humilhar será o maior no Reino dos céus. É por isso Maria é a mais perfeita das criaturas, pois diante do anúncio de São Gabriel de que ela seria Mãe de Deus, pronunciou o sim que mudaria a história da humanidade, com profunda humildade e submissão à vontade perfeita de Deus. Nesse contexto, nasce o título e a devoção a Nossa Senhora da Anunciação, que foi escolhido para ser explicado neste artigo.

    Continue lendo para saber mais sobre esse título mariano que é tão importante para a espiritualidade católica.

    O que significa o título de Nossa Senhora da Anunciação?

    O título de Nossa Senhora da Anunciação provém do episódio em que o Arcanjo Gabriel anuncia à Virgem Maria que ela seria a Mãe do Salvador. Maria, uma jovem de apenas 15 anos, com profunda confiança em Deus pronunciou o seu “Fiat”, o seu sim, que abriria as portas para a salvação de Cristo a toda humanidade. Deus quis precisar de uma humilde e pobre mulher para colocar em prática o seu plano de Salvação, esse é o cenário em que nasce o título de Nossa Senhora da Anunciação. 

    Entenda porque Nossa Senhora tem vários títulos.

    Quando Nossa Senhora da Anunciação é celebrada?

    Nossa Senhora da Anunciação grávida.

    A Igreja celebra o dia de Nossa Senhora da Anunciação em 25 de março, nove meses antes do dia em que celebramos o Natal, o nascimento de Jesus Cristo. Isso porque a festa da Anunciação é o dia em que a Virgem Maria recebe a visita do Espírito Santo e concebe milagrosamente, tornando-se o verdadeiro Sacrário Vivo que carregou por nove meses o Senhor do Universo.

    Você conhece a devoção a Nossa Senhora grávida? Conheça a história de Nossa Senhora do Ó.

    Nossa Senhora da Anunciação na Bíblia

    “Entrando, o anjo disse-lhe: ‘Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo’.” 1 A anunciação está descrita mais detalhadamente no Evangelho de São Lucas. Quando o anjo aparece à Virgem Maria, lhe faz a saudação que até hoje é repetida por todos os católicos na oração da Ave Maria. A Virgem Maria, com sua profunda humildade, espanta-se com a saudação.

    E então, o Anjo revela à jovem: “Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus.” 2 Maria foi escolhida por Deus para gerar o Seu Único Filho, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. Aquele que nem o universo inteiro é capaz de conter, guardou-se no seio de uma humilde e frágil mulher.

    “Maria perguntou ao anjo: ‘Como se fará isso, pois não conheço homem?’” 3 A Virgem Maria estava comprometida com São José, com quem iria se casar, porém questionou o anjo sobre como poderia conceber sem conhecer nenhum homem. Então, ele a informa que conceberia do Espírito Santo. Maria tem uma relação única com a Trindade, pois é filha de Deus Pai, Mãe de Deus Filho e esposa de Deus Espírito Santo.

    “Então disse Maria: ’Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra’. E o anjo afastou-se dela.” 4 Por fim, Maria encerra o diálogo com o anjo pronunciando o seu Fiat, ou seja, o sim que abriu portas para Deus se aproximar da humanidade, oferecendo a Salvação através do Seu próprio Filho.

    Neste artigo, aprofunde-se na realidade do Fiat de Maria: Anunciação do Senhor e seus três sins.

    O que dizem os santos?

    Vejamos o que alguns santos dizem sobre Nossa Senhora da Anunciação: 

    “‘Ó poderoso faça-se!’ — exclama S. Tomás de Vilanova — ‘ó faça-se eficaz, ó augustíssimo faça-se!’. Pois com os outros faça-se Deus criou a luz, o céu, a terra; mas com esse de Maria, diz o santo, um Deus virou homem como nós.” 5

    “Ó grande humildade de Maria” — exclama aqui Guerrico, o abade —, “que a tornou pequena para si mesma, mas grande diante de Deus! Indigna aos olhos seus, mas digna aos olhos do seu imenso Senhor, que nem o mundo inteiro pôde abarcar!”. 5

    “Em suma, diz S. Agostinho que a humildade de Maria foi como uma escada pela qual o Senhor se dignou descer à terra para fazer-se homem em seu seio.” 5

    Muitos santos tiveram uma devoção profunda à Virgem Maria, de modo especial, São Luís Montfort. Você já pensou em se consagrar a Nossa Senhora pelo método dele? Conheça tudo sobre a Consagração.

    O que Nossa Senhora da Anunciação nos ensina?

    A Virgem da Anunciação nos ensina, principalmente, sobre a obediência e humildade a Deus. Ela, que recebeu a maior saudação e a maior de todas as honras, não se orgulhou, mas rebaixou-se e fez-se escrava de Deus e de Sua vontade.

    Ao contrário de Eva que desejou desafiar Deus e ser maior do que Ele, Maria obedeceu a Deus e quis submeter-se inteiramente aos Seus planos. Eis que as palavras e os atos tão pequenos e humildes de Maria abriram portas para a Salvação e a elevaram à maior e mais perfeita de todas as criaturas. Maria deve ser nossa inspiração e nosso maior exemplo de como agradar a Deus através da obediência e total submissão.

    Neste vídeo do nosso canal no YouTube, entenda porque dizemos que Nossa Senhora é a nova Eva:

    Referências

    1. São Lucas 1, 28[]
    2. São Lucas 1, 31[]
    3. São Lucas 1, 34[]
    4. São Lucas 1, 38[]
    5. Glórias de Maria, Santo Afonso Maria de Ligório[][][]

    Redação Minha Biblioteca Católica

    O maior clube de leitores católicos do Brasil.

    Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

      Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.