Formação

São Cirilo de Jerusalém, doutor da Igreja

Conheça a história de São Cirilo de Jerusalém, um grande santo e Doutor da Igreja que lutou bravamente contra as ideias hereges do Arianismo.

São Cirilo de Jerusalém, doutor da Igreja
Formação

São Cirilo de Jerusalém, doutor da Igreja

Conheça a história de São Cirilo de Jerusalém, um grande santo e Doutor da Igreja que lutou bravamente contra as ideias hereges do Arianismo.

Data da Publicação: 22/02/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica
Data da Publicação: 22/02/2024
Tempo de leitura:
Autor: Redação Minha Biblioteca Católica

É nas épocas mais difíceis que Deus escolhe seus mais fervorosos guerreiros. Assim foi com São Cirilo de Jerusalém, um santo doutor da Igreja que pode ser desconhecido para muitos. Mas só de receber essas duas honras (santo e doutor), entendemos que teve um papel relevante na fé católica. 

São Cirilo foi um fervoroso combatente da heresia ariana, sendo também conhecido por seu zelo pastoral importante. É sobre esse grande homem dos primórdios do cristianismo que iremos meditar aqui! Vamos, lendo, entender como Deus protege e guia sua Igreja desde os primeiros séculos de sua existência. 

Quem foi São Cirilo de Jerusalém?

São Cirilo de Jerusalém nasceu por volta de 315, em Jerusalém ou em seus arredores. Sua vida e obra mostram como se portava como um verdadeiro pastor de suas ovelhas. Afinal, ao mesmo tempo que tinha carinho e preocupação com a condução das almas, não ficava calado diante das heresias que ameaçavam a verdadeira Igreja durante seu tempo de peregrinação terrestre. 

A vida de São Cirilo de Jerusalém

Temos informações advindas de biografias dos santos, mostrando o caminho de São Cirilo desde seu nascimento até sua morte. Aqui vamos destacar os principais eventos. 

Origens

Cirilo recebeu uma educação excepcional, sendo particularmente dedicado ao estudo da literatura. Isso foi muito importante para sua obra, uma vez que ela se tornou a base de sua cultura eclesiástica, centrada no estudo profundo das Sagradas Escrituras e nas sua propagação pelos fieis da época. 

Ordenação sacerdotal e episcopal

Ordenado Presbítero pelo Bispo Máximo, quando este faleceu ou foi deposto, em 348 foi ordenado Bispo por Acácio, simpatizante do arianismo. Inclusive isso foi motivo de desconfiança por alguns, que acreditavam que o santo teria cedido na santa doutrina para conseguir o cargo. Isso rapidamente não se mostrou verdadeiro, uma vez que em mais de uma oportunidade o santo apresentou embates com aquele que o considerava um aliado. 

São Cirilo, Bispo de Jerusalém

Uma vez Bispo de Jerusalém, seguiu os caminhos de um verdadeiro imitador de Cristo, a exemplo de seu predecessor e também santo: Máximo de Jerusalém. E isso rendeu a ele muitos problemas, principalmente devido à sua ortodoxia impecável.  

Milagre da cruz em Jerusalém

Um dos eventos mais extraordinários de sua vida ocorreu logo no início de seu episcopado. Uma cruz enorme foi vista nos céus, indo do Monte Calvário ao Monte das Oliveiras, tão brilhante que irradiava ao meio-dia. São Cirilo comunicou o evento ao imperador e isso foi considerado por todos como um presságio de que a cruz triunfaria sobre os hereges arianos.  

Perseguição e exílio

Sabemos bem que, desde sempre, quem defende a fé colhe ódio e perseguição dos súditos do mundo. E assim foi também com São Cirilo. Como impassível guardião da fé, o santo “lucrou” três exílios: o primeiro em 357, com prévia disposição por parte de um Sínodo de Jerusalém, seguido em 360, por obra de Acácio, e por fim um terceiro, em 367 (esse durou 12 anos!) por iniciativa do imperador filoariano Valente. Apenas após a morte do imperador foi possível se estabelecer definitivamente em sua função. 

Morte

Após uma vida dedicada ao serviço da Igreja e à defesa da ortodoxia, São Cirilo faleceu em paz em 387, deixando um legado duradouro para a comunidade cristã.

O legado de São Cirilo de Jerusalém

Catequeses

Uma das maiores contribuições de São Cirilo foi sua série de vinte e quatro célebres catequeses, apresentadas por volta de 350. O mais interessante é que elas abordam vários assuntos que foram, são e serão relevantes até o fim dos tempos: Batismo, conversão dos costumes pagãos, verdades contidas no Credo, Crisma, Eucaristia.

O santo, inclusive, versa sobre um caminho de início na vida de oração se baseando nos sacramentos de iniciação cristã. Agora reflitam: isso não é fundamental para nós até hoje?  

Saiba mais sobre o que são os Sacramentos.

Controvérsia ariana

São Cirilo desempenhou um papel crucial na controvérsia ariana, defendendo a ortodoxia contra as heresias propagadas por Ário e seus seguidores. Sua influência foi particularmente significativa durante o segundo Concílio Ecumênico de Constantinopla, em 381, no qual ele participou ativamente. Em suas catequeses, pelo menos 12 foram feitas em clara doutrina antiariana. Por isso reforçamos: São Cirilo era um ardente defensor da fé!

Você sabe o que é uma heresia?

São Cirilo de Jerusalém, doutor da Igreja

São Cirilo de Jerusalém foi canonizado pela tradição e veneração popular após sua morte, mesmo motivo pelo qual foi declarado Doutor da Igreja. Antigamente os processos que hoje conhecemos não eram bem estabelecidos. Porém, vendo a grandiosidade da fé e das virtudes de Cirilo, temos segurança em afirmar e louvar sua santidade e seu exemplo como um verdadeiro pastor.  

Neste artigo, entenda melhor quem são os Doutores da Igreja.

Quando é o dia de São Cirilo de Jerusalém?

O dia de São Cirilo de Jerusalém é celebrado em 18 de março em muitas tradições cristãs, lembrando e honrando sua vida e contribuições para a Igreja. Data essa propícia para relembrar suas virtudes heróicas e aplicá-las ao nosso caminho de heroísmo no cotidiano. 

Redação Minha Biblioteca Católica

O maior clube de leitores católicos do Brasil.

É nas épocas mais difíceis que Deus escolhe seus mais fervorosos guerreiros. Assim foi com São Cirilo de Jerusalém, um santo doutor da Igreja que pode ser desconhecido para muitos. Mas só de receber essas duas honras (santo e doutor), entendemos que teve um papel relevante na fé católica. 

São Cirilo foi um fervoroso combatente da heresia ariana, sendo também conhecido por seu zelo pastoral importante. É sobre esse grande homem dos primórdios do cristianismo que iremos meditar aqui! Vamos, lendo, entender como Deus protege e guia sua Igreja desde os primeiros séculos de sua existência. 

Quem foi São Cirilo de Jerusalém?

São Cirilo de Jerusalém nasceu por volta de 315, em Jerusalém ou em seus arredores. Sua vida e obra mostram como se portava como um verdadeiro pastor de suas ovelhas. Afinal, ao mesmo tempo que tinha carinho e preocupação com a condução das almas, não ficava calado diante das heresias que ameaçavam a verdadeira Igreja durante seu tempo de peregrinação terrestre. 

A vida de São Cirilo de Jerusalém

Temos informações advindas de biografias dos santos, mostrando o caminho de São Cirilo desde seu nascimento até sua morte. Aqui vamos destacar os principais eventos. 

Origens

Cirilo recebeu uma educação excepcional, sendo particularmente dedicado ao estudo da literatura. Isso foi muito importante para sua obra, uma vez que ela se tornou a base de sua cultura eclesiástica, centrada no estudo profundo das Sagradas Escrituras e nas sua propagação pelos fieis da época. 

Ordenação sacerdotal e episcopal

Ordenado Presbítero pelo Bispo Máximo, quando este faleceu ou foi deposto, em 348 foi ordenado Bispo por Acácio, simpatizante do arianismo. Inclusive isso foi motivo de desconfiança por alguns, que acreditavam que o santo teria cedido na santa doutrina para conseguir o cargo. Isso rapidamente não se mostrou verdadeiro, uma vez que em mais de uma oportunidade o santo apresentou embates com aquele que o considerava um aliado. 

São Cirilo, Bispo de Jerusalém

Uma vez Bispo de Jerusalém, seguiu os caminhos de um verdadeiro imitador de Cristo, a exemplo de seu predecessor e também santo: Máximo de Jerusalém. E isso rendeu a ele muitos problemas, principalmente devido à sua ortodoxia impecável.  

Milagre da cruz em Jerusalém

Um dos eventos mais extraordinários de sua vida ocorreu logo no início de seu episcopado. Uma cruz enorme foi vista nos céus, indo do Monte Calvário ao Monte das Oliveiras, tão brilhante que irradiava ao meio-dia. São Cirilo comunicou o evento ao imperador e isso foi considerado por todos como um presságio de que a cruz triunfaria sobre os hereges arianos.  

Perseguição e exílio

Sabemos bem que, desde sempre, quem defende a fé colhe ódio e perseguição dos súditos do mundo. E assim foi também com São Cirilo. Como impassível guardião da fé, o santo “lucrou” três exílios: o primeiro em 357, com prévia disposição por parte de um Sínodo de Jerusalém, seguido em 360, por obra de Acácio, e por fim um terceiro, em 367 (esse durou 12 anos!) por iniciativa do imperador filoariano Valente. Apenas após a morte do imperador foi possível se estabelecer definitivamente em sua função. 

Morte

Após uma vida dedicada ao serviço da Igreja e à defesa da ortodoxia, São Cirilo faleceu em paz em 387, deixando um legado duradouro para a comunidade cristã.

O legado de São Cirilo de Jerusalém

Catequeses

Uma das maiores contribuições de São Cirilo foi sua série de vinte e quatro célebres catequeses, apresentadas por volta de 350. O mais interessante é que elas abordam vários assuntos que foram, são e serão relevantes até o fim dos tempos: Batismo, conversão dos costumes pagãos, verdades contidas no Credo, Crisma, Eucaristia.

O santo, inclusive, versa sobre um caminho de início na vida de oração se baseando nos sacramentos de iniciação cristã. Agora reflitam: isso não é fundamental para nós até hoje?  

Saiba mais sobre o que são os Sacramentos.

Controvérsia ariana

São Cirilo desempenhou um papel crucial na controvérsia ariana, defendendo a ortodoxia contra as heresias propagadas por Ário e seus seguidores. Sua influência foi particularmente significativa durante o segundo Concílio Ecumênico de Constantinopla, em 381, no qual ele participou ativamente. Em suas catequeses, pelo menos 12 foram feitas em clara doutrina antiariana. Por isso reforçamos: São Cirilo era um ardente defensor da fé!

Você sabe o que é uma heresia?

São Cirilo de Jerusalém, doutor da Igreja

São Cirilo de Jerusalém foi canonizado pela tradição e veneração popular após sua morte, mesmo motivo pelo qual foi declarado Doutor da Igreja. Antigamente os processos que hoje conhecemos não eram bem estabelecidos. Porém, vendo a grandiosidade da fé e das virtudes de Cirilo, temos segurança em afirmar e louvar sua santidade e seu exemplo como um verdadeiro pastor.  

Neste artigo, entenda melhor quem são os Doutores da Igreja.

Quando é o dia de São Cirilo de Jerusalém?

O dia de São Cirilo de Jerusalém é celebrado em 18 de março em muitas tradições cristãs, lembrando e honrando sua vida e contribuições para a Igreja. Data essa propícia para relembrar suas virtudes heróicas e aplicá-las ao nosso caminho de heroísmo no cotidiano. 

Redação Minha Biblioteca Católica

O maior clube de leitores católicos do Brasil.

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos

    Ao clicar em quero assinar você declara aceita receber conteúdos em seu email e concorda com a nossa política de privacidade.